Colheita da soja 2020: confira as perspectivas da produção, previsões climáticas, além do preço de venda. 

Mesmo com atrasos na semeadura, as colheitas da oleaginosa brasileira devem surpreender e bater recordes de produtividade em 2020.

A cultura é o principal produto do agronegócio brasileiro e as exportações prometem ser uma boa opção para o destino final desse grão. Sendo que a alta do dólar auxilia nas exportações da oleaginosa e a colheita já chega a 15% da área plantada.

Já as chuvas de janeiro e fevereiro podem atrapalhar a colheita em alguns estados brasileiros, porém auxiliam no desenvolvimento das lavouras.

Quer saber mais sobre a colheita da soja 2020? Veja a seguir!

Colheita da Soja no Brasil

Os números para a colheita desta safra de soja são promissores. Como já era de se esperar, os agricultores brasileiros estão dando show novamente.

Agregando novas tecnologias em suas lavouras, associadas com manejos adequados e clima favorável, os agricultores devem colher mais de 122 milhões de toneladas de soja nesta safra.

Como resultado, esse volume total a ser colhido é 6% maior do que o volume colhido na safra passada.

Os Estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e Mapitoba já começaram a colher parte de suas lavouras, segundo relatório apresentado pela AgRural.

Entretanto, as chuvas volumosas deste início de ano podem acarretar em dificuldades na colheita em algumas regiões brasileiras.

As chuvas nos últimos dias de janeiro e primeiros dias de fevereiro prejudicam o avanço da colheita da soja brasileira, mas por outro lado, essas chuvas auxiliam no enchimento dos grãos no final do ciclo, garantindo boas produtividades.

Devido a atrasos na semeadura por problemas climáticos, as colheitas devem avançar mais rapidamente a partir de fevereiro e, mesmo assim, os produtores seguem aproveitando os intervalos curtos sem chuvas, como forma de otimizar a retirada de seus grãos do campo.

Colheita da Soja 2020: Mato Grosso

O estado do Mato Grosso é o maior produtor de soja brasileira.

As colheitas das fazendas da região já estão a todo vapor, sendo que em muitas delas, as máquinas estão trabalhando 24h por dia.

A área plantada no estado Mato-grossense cresceu cerca de 10 milhões de hectares, segundo dados do Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), o que representa um acréscimo de quase 2% em relação à safra de 2018/19.

Frente a este aumento da área plantada e de boas condições climáticas, as expectativas de produção também são otimistas.

Apesar das intensas chuvas que chegam em fevereiro na região, os produtores mato-grossenses seguem firmes na colheita de suas áreas.

Desta forma, o estado do Mato Grosso é o mais adiantado na colheita, chegando a cerca de 45% da área colhida até a primeira semana de fevereiro.

colheita da soja 2020

Comparativo do ritmo de colheita da soja – até 7 de fevereiro de 2020
(Fonte: Canal Rural)

Segundo a AgRural, ainda não há queixas da qualidade da soja colhida e os produtores continuam aproveitando os intervalos de tempo aberto para colher sua safra no campo.

Com uma produtividade média estimada de 57,71 sacas por hectare, segundo o Imea, um aumento de 2,97% em relação à safra 2018/19.

Assim, espera-se que nesta safra 2019/2020 sejam colhidas mais de 34,01 milhões de toneladas da oleaginosa somente neste estado, uma alta de 4,6% frente à safra anterior.

Colheita da Soja 2020: Sul

Se nos estados do Centro Oeste brasileiro o cenário é positivo frente às chuvas e incidência luminosa que chegam no final do ciclo da soja, no Rio Grande do Sul a oleaginosa sofre com déficits hídricos.

A pouca chuva prevista para o Rio Grande do Sul preocupa os agricultores no florescimento e enchimento dos grãos das vagens.

As primeiras previsões indicavam que o estado gaúcho poderia competir com o Paraná entre os maiores produtores de soja nesta safra 2019/20, porém estas estimativas já não se confirmam mais.

Assim, as previsões de chuvas fortes podem acontecer em um ou outro episódio, segundo os meteorologistas, mas as chuvas não serão frequentes e podem prejudicar a produtividade nesta região.

Exportações de Soja no Brasil

As exportações podem ser o carro-chefe dessa cultura no Brasil.

Uma vez que as cotações da moeda americana se mantêm em patamares elevados, a exportação e os contratos futuros são ótimas opções para o destino da produção agrícola do empresário rural.

O Brasil se consolida como maior exportador de soja, podendo se consolidar também nesta safra, como maior produtor da cultura, superando nossos vizinhos norte-americanos.

Preços da Soja

As comercializações da oleaginosa seguem uma tendência média de negociação entre R$ 65 e 70, frente ao alto valor da cotação do câmbio.

Assim, os agricultores brasileiros se mostram cada dia mais competentes nas negociações e comercializações dos produtos agrícolas.

Para esta safra de soja, cerca de 60% da produção já foi vendida antes do início da colheita.

Aqueles produtores que possuem um gerenciamento agrícola eficiente e conhecem seus custos de produção, conseguem facilmente travar negociações futuras com bons preços.

Ainda para a safra do ano seguinte de 2020/21, já temos 6% da safra vendida ou travada em negociações de mercado futuro ou de troca por insumos.

Esse volume de negócios reflete no cenário atual de que alguns produtores já estão se antecipando e tentando diminuir possíveis riscos para a safra de 2021.

Conclusão

As chuvas que se intensificaram em janeiro e fevereiro estão auxiliando no florescimento e enchimento dos grãos da soja na grande maioria das regiões produtoras brasileiras.

Desta forma, as negociações futuras representam cerca de 60% do destino final da soja brasileira.

Aqueles produtores que ainda não comercializaram sua safra, podem optar pela exportação da produção, uma vez que o cenário está favorável por conta da alta do dólar e isso auxilia nas negociações.

Ainda existe a possibilidade de armazenar essa soja e comercializar posteriormente, buscando melhores preços pagos na entressafra da oleaginosa. 

>> Leia Mais: 

Seguro Rural 2020: Entenda melhor e veja as novidades
Quais serão as novidades de máquinas e implementos agrícolas 2020

Como está sua colheita da soja 2020? Você já pensou no destino final da sua produção? Restou alguma dúvida? Adoraria ver seu comentário abaixo.