Condições climáticas para o 1º trimestre de 2020: Tendências para cada região e alternativas para minimizar riscos de perdas da produção.

Apenas 2% da área cultivada no Brasil é irrigada. Se você está dentro dos 98% que não conseguem “fazer chover” nas lavouras, saber como serão as condições climáticas é essencial.

Especialmente nesta safra 2019/20, em que as chuvas estão bem irregulares, com excesso ou  falta dela nas diversas regiões do Brasil.

O zoneamento climático e históricos de chuvas da área podem auxiliar no manejo das lavouras.

Confira neste artigo as principais tendências climáticas para o 1° trimestre de 2020!

Como será o clima nos primeiros meses de 2020?

Durante boa parte de 2019, o fenômeno El Niño atuou moderadamente nas regiões brasileiras.

Isso afetou o regime de chuvas em áreas significativas do nordeste, centro-sul, centro-oeste e nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Já as previsões para o início de 2020, segundo os modelos matemáticos, apontam clima de neutralidade sobre as regiões do nosso país, o que quer dizer chuvas se normalizando de acordo com as médias históricas.

O El Niño é a fase quente do fenômeno Enos, regido pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico Equatorial. Já a fase fria (resfriamento das águas) é conhecida como La Niña.

Uma vez que o El Niño não estará influenciando o clima brasileiro, as temperaturas não ficarão tão acima das normais, como ocorreu no início de 2019.

condições climáticas

Para o próximo trimestre, previsão é de neutralidade em relação aos fenômenos El Niño e La Niña
(Fonte: O Presente Rural)

Condições climáticas para o 1º trimestre de 2020 nas diferentes regiões brasileiras

Com este cenário de neutralidade do El Niño, espera-se chuvas mais distribuídas nos primeiros meses de 2020 para a regiões norte e nordeste.

Esse cenário de neutralidade é mais favorável para a agricultura, não acarretando em maiores problemas com chuvas ou secas em regiões específicas decorrentes de fenômenos como El Niño ou La Niña.

A região central brasileira pode registrar chuvas mais regulares e presentes durante os primeiros meses de 2020.

Em algumas regiões do Brasil central, no entanto, os produtores devem se atentar a possíveis chuvas na colheita da primeira safra.

Já no MATOPIBA, esse início de 2020 será de instabilidade climática, pois as poucas frentes frias que estão chegando até essas regiões conseguem adentrar com umidade, levando chuvas

Mais ao norte dos estados do Mato Grosso e Goiás, as regiões devem estar dentro das médias históricas de chuvas. O estado do Mato Grosso do Sul, porém, pode sofrer com menos precipitações no início do ano.

Na região sudeste são esperadas chuvas bem distribuídas nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Já em São Paulo podemos ter locais com menos chuvas e até períodos de veranico.

Uma boa construção do perfil do solo, com raízes profundas e utilização do Sistema de Plantio Direto pode auxiliar as culturas a suportar períodos mais longos sem chuva.

Se no norte e nordeste teremos épocas mais úmidas, o cenário e as previsões para a região sul do Brasil são totalmente diferentes.

Nesta última devemos ter chuvas irregulares e até possíveis produtividades abaixo da média.

Previsão de chuvas

Previsão de chuvas para cada região no período de dezembro/2019 a fevereiro/20
(Fonte: Inmet)

Zoneamento Agrícola de Risco Climático

As condições climáticas possuem ciclos que se repetem de acordo com a localidade, datas e períodos do ano.

Desenvolvido pela Embrapa e alguns parceiros, o Zarc (Zoneamento Agrícola de Risco Climático) auxilia os produtores no momento ideal de plantio ou semeadura por cultura e município.

O pacote tecnológico leva em consideração características do clima, tipo de solo e ciclo de cultivares, de maneira que as adversidades climáticas sejam minimizadas durante a condução das lavouras, reduzindo as perdas agrícolas.

Essa tecnologia já é utilizada e auxilia nas tomadas de decisões para o planejamento e execução das atividades agrícolas, políticas públicas, seguros agrícolas e até mesmo em alguns programas de crédito rural.

O Zarc orienta onde e quando plantar cada variedade de acordo com a localidade, conforme banco de dados históricos.

Média histórica de precipitações no período dez/jan/fev em cada região do país
(Fonte: Inmet)

Aplicativos que auxiliam a produção considerando as condições climáticas

O aplicativo da Embrapa que facilita a visualização do Zarc é o Plantio Certo, em que você pode acessar e verificar as melhores datas de semeadura e plantio de 43 culturas no Brasil.

Ele ainda mostra essas informações de acordo com as variáveis: município, tipo de solo, cultura e ciclo da planta.

Segundo os desenvolvedores, o sistema apresenta a época do ano mais indicada para a semeadura associadas às perdas de até 20%, 30% e 40% da produção.

O aplicativo também apresenta análises de armazenamento de água no solo de acordo com a data de plantio; dados de precipitação; temperaturas máximas e mínimas por decêndios.

Plantio Certo - Embrapa

(Fonte: Flávia Bussaglia Fiorini)

Agora também é possível ter acesso a diversas informações sobre as condições climáticas e o planejamento de atividades da sua propriedade pelo Aegro.

O aplicativo de gestão agrícola possui integração com o Climatempo, em que o usuário pode utilizar gratuitamente durante 15 dias e depois, se for do seu interesse, seguir com a assinatura.

Dessa forma, é possível ter acesso a diversos dados meteorológicos, como velocidade e direção do vento, janela de pulverização, umidade e evapotranspiração e outros.

Através disso, o usuário consegue gerar uma série de relatórios, como o exemplo abaixo:

aegro

Você pode assinar o Climatempo pelo Aegro e assim, conseguir um planejamento de atividades agrícolas e manejo da lavoura ainda melhor.

Teste por você mesmo o sistema de gestão agrícola Aegro. Temos algumas opções grátis para você começar agora:

Para a versão completa, fale com um de nossos consultores aqui!

Conclusão

As condições climáticas para o 1º trimestre de 2020 indicam um clima de neutralidade quanto a El Niño/La Niña na maior parte do país, segundo os modelos matemáticos.

Nas regiões norte e nordeste, a previsão climática é de mais chuvas.

Tecnologias, como os aplicativos Plantio Certo e Aegro, podem te auxiliar a determinar os melhores momentos para a semeadura e outras operações agrícolas, minimizando riscos de perdas de produção.

Com isso, fique atento aos prognósticos climáticos de sua região e mantenha um bom planejamento agrícola para alcançar maior produtividade em suas culturas!

>> Leia mais:

Perspectivas do agronegócio brasileiro para 2020
Quais serão as novidades de máquinas e implementos agrícolas 2020
Brasil será destaque no aumento da produção agrícola até 2027

Expectativas do Mercado do Milho 2020

Restou alguma dúvida sobre as condições climáticas para o 1º trimestre de 2020? Como você têm se preparado? Adoraria ver seu comentário abaixo!