As orientações de distanciamento social estão provocando mudanças no setor, como a necessidade de aderir ao modelo de trabalho remoto. Veja estas dicas para otimizar a função na fazenda.

Adaptar a rotina de trabalho nas fazendas para reduzir situações de contato humano pode ser um verdadeiro desafio.

Mas o cenário da pandemia não deixa muita escolha para o agronegócio. As propriedades precisam gerar alimentos para a população e, ao mesmo tempo, garantir a segurança das suas equipes.

Por isso, é tão importante que os profissionais envolvidos na atividade rural vençam os obstáculos do distanciamento social.

Se você, produtor ou consultor agrícola, está com dificuldade de se adaptar a esta nova realidade, continue lendo!

Vamos te mostrar como ajustar operações no seu cotidiano para continuar produzindo a todo o vapor, sem arriscar a sua saúde e a de seus funcionários.

A chegada do trabalho remoto nas fazendas

Você já parou para pensar em quantas pessoas participam, direta e indiretamente, da sua cadeia produtiva? 

Conforme o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), o agro é responsável por gerar cerca de 20% dos empregos no Brasil.

Empregos gerados em cada segmento do agronegócio
(Fonte: Portal DBO)

E sabemos que grande parte dessas atividades demandam mão de obra intensiva na lavoura. Ou seja, trabalho presencial.

Ainda assim, o surto do novo coronavírus tem provocado transformações nas relações que permeiam o setor.

De fato, a necessidade de aderir ao modelo de trabalho remoto já chegou para algumas funções.

Profissionais terceirizados, como agrônomos e contadores, se veem obrigados a atenderem seus clientes a distância. 

As recomendações para reduzir o contato físico também impactam o dia a dia de manejo, pois é preciso minimizar o número de operadores atuando juntos no campo.

A partir dessas mudanças, começam a surgir novos desafios tanto para os proprietários das fazendas quanto para prestadores de serviços e funcionários.

Na sequência, falaremos sobre as principais dificuldades que estão se apresentando nesse contexto e como você pode superá-las.

Superando os principais desafios do trabalho remoto

Sem dúvida, as características da atividade agrícola tornam o trabalho remoto ainda mais complicado.

Mesmo nas funções administrativas, há tarefas que costumam ser realizadas presencialmente, como conferência de estoque e tratativas com fornecedores.

De qualquer forma, existem algumas estratégias para contornar os principais desafios do distanciamento social. Veja:

Comunicação assertiva durante o trabalho remoto

Entendemos que a comunicação “olho no olho” é insubstituível e contribui para a geração de vínculos em torno do campo.

Entretanto, tempos de isolamento social requerem criatividade para diversificar os nossos métodos de interação.

Considere o uso de aplicativos de videoconferência como FaceTime e Google Meet. Eles simulam um ambiente de conversação muito próximo da realidade.

Reuniões de trabalho por videoconferência 
(Fonte: B9)

Você pode agendar reuniões diárias ou semanais para bater um papo com quem está distante e se manter atualizado. 

Uma frequência menor de contato direto exige maior clareza e qualidade na comunicação. Caso contrário, os objetivos começam a ficar incertos para o grupo e o trabalho perde facilmente o ritmo.

Neste sentido, ter um planejamento de atividades bem alinhado com a equipe também se mostra essencial no momento atual.

Mais do que nunca, as pessoas precisam estar cientes de suas tarefas e responsabilidades individuais.

>> Aproveite e assista nosso webinar: “Os desafios da integração campo escritório”

Acompanhamento da lavoura no trabalho remoto

Com o trabalho remoto e as orientações de distanciamento, é inevitável que ocorram menos visitas à lavoura.

As medições realizadas diretamente no campo passam a ser mais espaçadas, o que acaba gerando incertezas sobre a evolução da safra.

Para superar os desafios do trabalho remoto e evitar que algum problema passe despercebido e ocasione perda de produtividade, vale a pena apostar em tecnologias de sensoriamento remoto.

Através de drones e satélites é possível obter imagens atualizadas da plantação para acompanhá-la a distância.

Desta maneira, você consegue ficar atento ao crescimento dos cultivares e ao aparecimento de anomalias sem estar fisicamente presente.

Sensoriamento remoto da lavoura por drones e satélite
(Fonte: Senar)

Equipamentos de aviação agrícola também são capazes de realizar pulverizações por conta própria – e com um alto nível de precisão.

O investimento inicial pode ser elevado, mas isso reduzirá a presença de operadores no campo e aumentará a sua eficiência operacional.

Trabalho remoto e a disponibilidade das informações

Apesar do progresso tecnológico nas fazendas, muitos dados da atividade agrícola ainda ficam somente na cabeça ou no caderno do produtor.

Como efeito, a dificuldade de acesso às informações se torna um grande empecilho para o trabalho remoto.

Para superar esse desafio, as propriedades rurais devem digitalizar suas rotinas de maneira sistemática

Encare este momento de mudanças como uma oportunidade para refinar os processos de manejo e de gestão por aí. 

Desde o tratamento do solo até o fluxo de caixa, tudo precisa ser oficialmente documentado com transparência, garantindo a existência de um histórico de operações.

Porém, não basta utilizar planilhas de controle e deixá-las guardadas em uma pasta do computador. É importante que os registros da fazenda estejam armazenados na nuvem.

desafios do trabalho remoto

Os benefícios da computação na nuvem
(Fonte: oHub)

Só assim um funcionário ou prestador de serviços será capaz de acessar facilmente as informações do seu trabalho enquanto estiver em casa.

Otimize seu trabalho remoto com um software de gestão

É possível superar os principais desafios do trabalho remoto nas fazendas com uma gestão informatizada.

Por isso, um software agrícola como o Aegro tem potencial para ser o seu braço direito durante o isolamento social e na crise econômica que vai se estender pelos próximos anos.

O Aegro une as áreas operacional e financeira da fazenda, centralizando os seus dados em um sistema fácil de usar. Com ele você planeja, registra e acompanha todas as etapas do processo produtivo.

Outra vantagem do software é que ele funciona na nuvem, o que garante que você acesse suas informações pelo computador ou celular, de onde estiver.

Além do mais, o sistema pode ser operado simultaneamente pelos proprietários, consultores e funcionários da propriedade. Isso faz com que a equipe trabalhe mais integrada.

Conheça algumas funcionalidades do Aegro que serão extremamente úteis durante a pandemia:

Cronograma de atividades

Monitorar o progresso das atividades de manejo no Aegro é muito simples. O responsável pelo planejamento agrícola define as datas em que as operações devem ocorrer e os operadores marcam a sua realização.

Pelo quadro de atividades, você fiscaliza quais atividades estão atrasadas, em progresso ou concluídas.

Cronograma de atividades de manejo no Aegro

Cronograma de atividades de manejo no Aegro

Observações georreferenciadas

Uma ótima alternativa para encurtar a distância entre você e a lavoura é utilizando observações georreferenciadas. Essa funcionalidade permite que o operador de campo faça registros detalhados pelo celular, mesmo sem internet.

Ele pode, por exemplo, anexar fotos de uma praga e adicionar a localização exata em que a encontrou. Você acompanha tudo pelo seu Aegro em tempo real.

Controle de estoque

O Aegro mostra uma listagem atualizada do inventário físico da propriedade. Os produtos são adicionados no estoque por notas de compra e são descontados do estoque a partir da realização de atividades.

Assim, você não precisa fazer essas checagens presencialmente. Basta acompanhar as quantidades de insumos e o seu local de armazenamento pelo software.

Movimentações financeiras

A rotina financeira da fazenda, composta por papeladas e informações sensíveis, se torna muito mais prática e segura com o Aegro.

Você lança contas a pagar e a receber, confere seu extrato bancário e extrai relatórios de contabilidade através do aplicativo. O fluxo de caixa fica organizado e pode ser visualizado a qualquer momento pelos responsáveis da propriedade.

desafios do trabalho remoto

Gestão de contas a pagar e a receber no Aegro

Imagens de satélite e NDVI

Dentro do Aegro, você pode contratar imagens de satélite para a sua lavoura. Essa tecnologia te ajuda a monitorar a saúde da vegetação remotamente, por meio do NDVI (Índice de Vegetação da Diferença Normalizada).

Você verifica quais áreas do plantio apresentam maior e menor vigor e identifica potenciais problemas com agilidade.

Relatórios de safra

O Aegro cruza todas as informações que são inseridas no sistema para te oferecer análises detalhadas.

Com os relatórios e indicadores de evolução da safra, por exemplo, é possível checar qual foi o percentual de área realizada para um determinado tipo de atividade ao longo do tempo.

Desta maneira, você obtém uma visão ampla sobre os resultados da fazenda e pode tomar melhores decisões.


Indicadores de evolução da safra no Aegro

Ficou interessado? Assista a uma demonstração gratuita do software com os nossos especialistas e descubra todos os benefícios que a ferramenta tem para te oferecer.

Conclusão

Em resumo, as medidas de segurança contra a Covid-19 estão se refletindo nas relações de trabalho entre proprietários, funcionários e prestadores de serviços das fazendas.

Consultores já começaram a prestar atendimento remoto aos produtores rurais. Também há indicações para que o número de operadores de campo seja reduzido, a fim de minimizar o contato interpessoal na lavoura.

Como vimos, os maiores desafios do trabalho remoto no setor incluem a comunicação interpessoal, o monitoramento da lavoura e o acesso a informações.

Para superar essas dificuldades, é preciso adotar uma gestão mais informatizada dos processos da propriedade, garantindo o compartilhamento de dados e resultados em tempo real.

>> Leia mais:

Impactos e perspectivas do novo coronavírus no agronegócio

Nuvem de gafanhotos no Brasil: devemos nos preocupar e o que podemos aprender

Compartilhe suas dúvidas e quais desafios do trabalho remoto você está enfrentando. E não deixe de testar as soluções deste post!