Drenagem do solo na agricultura: imagem de um canteiro de escoamento de água em solo

Saiba como a drenagem do solo na agricultura melhora as condições da sua lavoura

- 25 de outubro de 2021

Drenagem do solo na agricultura: entenda o que é, formas de realizar, efeitos do excesso de água nas plantas, benefícios da drenagem do solo e muito mais

A drenagem artificial do solo é uma técnica que remove o excesso de água da área. Essa remoção possibilita a exploração econômica a longo prazo de diversas culturas.

A drenagem é recomendada para áreas em que a capacidade de drenagem natural seja insuficiente para a tolerância hídrica das plantas.

Essa prática favorece as condições de aeração, umidade, atividade microbiana e estruturação do solo.

Confira a seguir um pouco mais sobre essa técnica de manejo tão importante para a agricultura.

Formas de drenar a água do solo

O processo de drenagem na agricultura pode ser realizado de duas formas: superficial e subterrânea. Somente um profissional habilitado consegue determinar qual a melhor forma de drenar a água da área.

A drenagem superficial retira o excesso de água acumulado na superfície do solo. Nesse caso, o excesso de água pode ser provocado por chuvas intensas, aliadas à baixa taxa de infiltração de água no solo. 

Essa técnica consiste na abertura de valas ou canais para escoamento do excesso de água.

Imagem de canais escavados para drenagem da água presente na superfície do solo.  O primeiro canal é reto, e o segundo é curvilíneo.

Canais escavados para drenagem da água presente na superfície do solo

(Fonte: Drenagem – Materiais e Instalação)

A drenagem subterrânea controla o nível do lençol freático a uma profundidade que não prejudica o desenvolvimento das plantas. 

Esquema que mostra tubos de drenagem subterrânea em solos mal drenados.

Tubos de drenagem subterrânea colocados em solos mal drenados

(Fonte: Traduzido de University of Minnesota Extension)

Como fazer a drenagem do solo na agricultura

A técnica de drenagem do solo é complexa. Ela deve ser feita por profissionais habilitados

Não existe receita para esse processo. Cada caso deve ser avaliado individualmente, considerando fatores como:

  • origem do excesso de água;
  • condições climáticas;
  • estudos hidrológicos;
  • topografia do terreno;
  • propriedades do solo;
  • fisiologia das plantas;
  • planejamento do uso da terra;
  • recursos financeiros disponíveis.

A partir dessas informações, é possível elaborar um projeto bem dimensionado e viável tecnicamente.

Na drenagem agrícola, é possível utilizar bombas para acelerar o processo. No entanto, o uso de motores para retirada da água pode encarecer a drenagem.

É importante lembrar que o projeto também precisa ser viável economicamente. Como os custos do processo de drenagem são altos, todo o cenário precisa ser avaliado com cuidado para o melhor direcionamento dos recursos. 

Além disso, o projeto precisa ser elaborado para minimizar os impactos ambientais.

Problemas da drenagem ineficiente e do excesso de água para as plantas

A água é indispensável para o desenvolvimento da agricultura. No entanto, o excesso dela pode prejudicar e inviabilizar a produção.

Quando realizada de forma ineficiente, a drenagem pode não retirar todo o excesso de água. Dessa forma, o solo não irá apresentar condições favoráveis ao desenvolvimento das plantas.

A seguir, você pode conferir os efeitos que o excesso de água pode causar à sua lavoura: 

  • redução do crescimento do sistema radicular;
  • redução do tamanho das plantas;
  • redução das trocas gasosas do solo;
  • redução da fixação de nitrogênio;
  • amarelecimento das folhas, em função da deficiência de nitrogênio;
  • queda das folhas e de estruturas reprodutivas;
  • favorecimento do aparecimento de doenças;
  • morte das plantas;
  • queda de produtividade.
Comparação do lençol freático e desenvolvimento radicular em condição não drenada e drenada

Comparação do lençol freático e desenvolvimento radicular em condição não drenada e drenada

(Fonte: Traduzido de Manitoba Government)

Salinidade do solo

A salinização é resultado do aumento da concentração de sais na solução do solo. Em níveis elevados, ela compromete o desenvolvimento das plantas e a produtividade.

No Brasil, esse processo tem maior ocorrência nas regiões áridas e semi-áridas do Nordeste

Alguns fatores que colaboram para o processo de salinização do solo nessas regiões são:

  • solos rasos ou com drenagem ineficiente;
  • lençol freático pouco profundo e salino;
  • baixo índice pluviométrico;
  • alto déficit hídrico.

A baixa qualidade da água e a baixa eficiência do sistema de irrigação também contribuem para acumular sais na região do solo onde está o sistema radicular das plantas.

A irrigação e a drenagem subterrânea atuam juntas no controle dos níveis de sais presentes no perfil do solo.

A água da irrigação deve ser aplicada em quantidade que possibilite a infiltração por toda a profundidade do sistema radicular. Assim, ela promove a lixiviação dos sais. 

Enquanto isso, a drenagem subterrânea controla a profundidade do lençol freático, a um nível abaixo da zona radicular das plantas.

É importante ressaltar que irrigação e drenagem são técnicas complementares, e de grande importância para a agricultura. 

Benefícios da drenagem agrícola

Confira a seguir os benefícios da drenagem do solo na agricultura:

  • viabiliza a produção agrícola em solos encharcados ou alagados;
  • melhora as condições do solo para o desenvolvimento das plantas;
  • saneamento de áreas inundadas;
  • aumento da produtividade;
  • controle da salinidade do solo;
  • recuperação de áreas com problemas de salinidade.
curso manejo de solo Aegro

Conclusão

A drenagem do solo remove o excesso de água e melhora as condições para o desenvolvimento das plantas.

A técnica pode ser realizada de duas formas: superficial e subterrânea.

Existem muitos benefícios na drenagem do solo. Novas áreas para a agricultura podem ser incorporadas e a salinidade do solo pode ser controlada.

Além disso, as condições do solo para o desenvolvimento das plantas melhoram e há  aumento da produtividade

Procure um profissional habilitado para o planejamento desse processo. Assim, a água será retirada de forma eficiente, e os impactos ambientais serão reduzidos.

>> Leia mais:

Como a irrigação de precisão pode otimizar o uso da água e gerar economia na fazenda

DNA do Solo: Como analisar e fazer um manejo mais efetivo da lavoura

Você já conhecia a técnica de drenagem do solo na agricultura? Conte sua experiência nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *