Logística de transportes: Quanto deve valer seu frete, como ele afeta seu custo de produção e as dicas para diminuir seus impactos.

Você se planeja para altas produtividades e a colheita é farta. Mas falhas na hora de escoar a produção podem trazer prejuízos e colocar sua lucratividade em risco.

A logística de transportes é uma atividade cara e que requer planejamento.

Segundo a NTC, o custo do frete para médias distâncias (800 km) era de R$ 204,38 por tonelada em 2017/2018.

E esse custo impacta não só o transporte dos seus itens agrícolas, mas também o recebimento dos insumos na fazenda. Ou seja, seu custo de produção está vinculado ao valor do frete.

Neste artigo, vamos explicar o funcionamento dessa logística de transportes e quanto deve valer seu frete. Confira a seguir!


Logística de transportes: Entenda o frete

A logística de transportes nada mais é que fazer com que o produto chegue de forma mais rápida, dentro do prazo e com custos mais baixos ao consumidor.

Esse tipo de transporte, conhecido como frete, é o intermediador entre o produtor e o consumidor. Para que isso ocorra é necessário que conheçamos como é o funcionamento do frete.

Conhecendo as etapas que quantificam o frete

No planejamento da logística de transportes, é fundamental conhecer os pilares no qual o frete deve ser embasado. Veja na tabela abaixo:

logística de transportes
(Fonte: Anuário NTC&Logística)

Vou explicar melhor cada pilar dessa logística de transportes:

1 e 2. Tabela de frete peso

É nesta fase que o transporte de mercadorias consegue elencar o preço de acordo com a distância  percorrida.

Em alguns casos, a entrega da carga acontece de forma fracionada, por isso, normalmente, é adicionada uma taxa a esse valor.

3. Frete valor

Nesta etapa conseguimos estimar os riscos que poderão ocorrer com a carga. Com isso, conseguimos estimar valores que consigam cobrir esses riscos.

Normalmente esse valor é calculado relacionando distância e também o tipo de carga. Se é mais frágil, por exemplo, se tem embalagens apropriadas para o produto e qual a condição da mercadoria que será transportada.

4. GRIS (Gerenciamento de risco)

Quando, em caso de roubo, o pessoal responsável pela logística de transportes deve providenciar algumas estratégias para driblar essa situação.

Com isso, dentro do frete existe o valor GRIS, que é uma porcentagem de toda a mercadoria. Não se leva em consideração a distância.

5- Generalidades

Nesta etapa, as taxas cobradas são para serviços do transporte que raramente são feitos, mas que são adicionados ao valor final do frete como respaldo.

logística de transportes
Aumento do frete em 2018 trouxe impacto bilionário no transporte da soja
(Fonte: Valor Econômico)

Frete faz parte do custo de produção?

Sim, o frete faz parte do custo de produção. E você sabe o motivo disso?

O produtor, ao ter toda sua safra colhida, necessita fazer a armazenagem dessa mercadoria. Desta maneira, esse custo entra na cadeia de suprimentos, ou seja, é um custo logístico.

Assim, é importante se atentar para alguns pontos que podem diminuir esses custos, como, por exemplo:

  • A distância da mercadoria até o centro de comercialização, pois a distância é o principal vilão no valor do frete;
  • As condições das estradas rurais, porque elas normalmente não são pavimentadas, o que onera a atividade;
  • Rodagem em pistas que apresentam um certo grau de periculosidade;
  • Transporte de cargas em rodovias que apresentam grande quantidade de pedágios com preços altos, pois também encarecem o frete.

Por isso, é importante que você considere esse custo no seu planejamento, além de possuir um controle de perto da sua produção agrícola.

logística de transportes
Com o Aegro você tem todos os indicadores da sua colheita em alguns cliques, sendo muito mais fácil e simples o planejamento do escoamento da produção.

Logística de transportes: Diferentes tipos

Antes de calcularmos o preço do frete, vou explicar um pouco como ele vem sendo realizado segundo os modais de transporte.

A operação logística de transportes pode ser feitas nos modais ferroviários, aviários, rodoviários e aquaviários.

No Brasil a principal forma de escoar nossos produtos agrícolas é pelo modal rodoviário. De acordo com a CNT (Confederação Nacional do Transporte), esse modal representa 61% de todos os tipos de transporte atualmente.

logística de transportes
Gráfico diz respeito à matriz de transporte brasileira
(Fonte: CNT/ANTT/Esalq-Log)

Ele se sobressai em relação aos outros por sua distribuição abranger maiores áreas e por estar mais estruturado se comparado ao modal ferroviário, por exemplo. Este é sempre motivo de reclamação por suas condições precárias.

Sabendo disso, é possível discutirmos sobre quanto o frete deve custar para que você não corra o risco de pagar mais caro nesses serviços logísticos.

Quanto deve custar o frete na logística de transportes?

Cada vez mais produtores se preocupam com os valores gastos e como será esse  processo logístico.

Isso porque sempre há oscilação de preços em época de safra e às vezes os caminhões não conseguem suprir a demanda para escoar as mercadorias.

Atualmente, o preço do frete é regrado por uma tabela com os pisos mínimos estabelecida pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestre). Confira os valores vigentes desde de 24 de abril de 2019 aqui.  Abaixo você pode ver a tabela de frete mínimo para caminhões de 3 e 5 eixos:

logística de transportes

logística de transportes

Esse piso segue estimativa de valor no qual o caminhoneiro consegue trabalhar em condições adequadas e prestando um bom serviço. A base para o cálculo é feita sob o custo fixo e o variável.

O custo fixo são os que envolvem a manutenção do caminhão, sem levar em consideração a quilometragem percorrida, como depreciação e salário do motorista.

Já os custos variáveis são aqueles que variam de acordo com a distância que, nessa operação logística, é o combustível.

Além do preço mínimo de frete, você também deve estar atento aos pedágios que deverão ser pagos no percurso do frete.

É preciso saber ainda qual a distância do trecho da viagem. Assim, pode ser adicionada alimentação do trabalhador neste somatório final do frete.

A ANTT, através da Resolução n°5820/2018, publica as tabelas de preço mínimo do frete correlacionando eixo e quilometragem percorrida.

Além disso, a agência tem responsabilidade de atualizar a tabela toda vez que o diesel oscilar 10% comparado à última tabela publicada. A atualização mais recente é de abril de 2019.

Conclusão  

Neste artigo, explicamos como funciona a logística de transportes e por que o frete é tão importante.

Esclarecemos como ele é subdividido e discriminamos como funcionam essas categorias. Discutimos ainda qual é o preço do frete no custo de produção.

Você também viu algumas dicas que podem te ajudar a reduzir esses custos.

Espero que, assim, você possa melhorar o planejamento e logística de transportes da sua empresa rural!

>> Leia Mais: “Como fazer o controle de frota da fazenda

O transporte de carga da sua propriedade rural anda bem? Como você tem planejado sua logística de transportes? Deixe seu comentário!