Blog da Aegro sobre gestão no campo e tecnologias agrícolas

regulador de crescimento no algodão

5 passos para acertar a aplicação do regulador de crescimento no algodão

- 6 de janeiro de 2021

Regulador de crescimento no algodão: vantagens do uso, época mais adequada de aplicação, dosagem e parcelamento ideal para a lavoura

O algodoeiro é uma planta perene e de ciclo indeterminado, por isso, podemos notar a importância do manejo do equilíbrio entre o crescimento vegetativo e reprodutivo.

No momento da colheita, é fundamental que a planta tenha no máximo 1,30 m de altura, condição que facilita e traz praticidade nas operações de manejo. 

Por isso, o uso de reguladores de crescimento pode trazer ganhos produtivos e também no que se refere à qualidade da fibra.

Para entender como tirar o melhor proveito deles, confira a seguir! 

O que é regulador de crescimento?

Regulador de crescimento é uma substância produzida que interfere no balanço hormonal da planta. Assim, afetam diretamente a forma como elas crescem e se desenvolvem. 

Na planta de algodão, o regulador é utilizado com enfoque nas máximas produções, estabelecendo um equilíbrio entre a fase vegetativa e reprodutiva. 

O crescimento e o desenvolvimento do algodoeiro pode ser controlado por fatores exógenos (luz, temperatura, água, dentre outros) e endógenos(hormônios). 

Solos com excesso de nitrogênio (N), solos úmidos e com temperaturas superiores a 32 ºC, por exemplo, favorecem o crescimento vegetativo da planta, o que diminui o índice de colheita. 

Desta forma, a utilização do regulador de crescimento no algodão é de grande valia, tendo em vista que permite ter controle sobre a fase vegetativa, possibilitando incrementos quanto à produtividade.

Reguladores de crescimento como o cloreto de mepiquat e o cloreto de clormequat atuam sob a síntese de ácido giberélico. Isso permite um certo controle sob o elongamento celular (diminuindo os entrenós), diminuindo, consequentemente, o porte das plantas. 

Esses reguladores conseguem reduzir a altura das plantas e o tamanho do dossel. Assim, há melhor interceptação de luz e de produtos nas partes baixeiras da planta, propiciando sanidade e qualidade das fibras.

planilha de produtividade do algodão Aegro

Vantagens do uso dos reguladores de crescimento no algodão 

Quanto às principais vantagens do uso desse produto, podemos destacar as seguintes:

  • controle do crescimento excessivo do algodoeiro, possibilitando um controle entre o desenvolvimento de parte vegetativas e reprodutivas;
  • redução da altura e o comprimento dos ramos, facilitando as operações de manejo e colheita;
  • proporciona um microclima impróprio para os patógenos (dossel mais arejado), além de facilitar a deposição de caldas de aplicação no terço inferior da planta;
  • redução da abscisão e do apodrecimento das estruturas reprodutivas, possibilitando ganhos produtivos;
  • redução o ciclo por diminuir o excesso de número de nós; 
  • melhora na qualidade da fibra (pureza), pois reduz a formação excessiva de galhos, folhas e casca de ramos. 
fotos de controle eficiente (A) e controle ineficiente (B) de altura por meio do uso de regulador de crescimento

Controle eficiente (A) e controle ineficiente (B) de altura por meio do uso de regulador de crescimento
(Fonte: Alexandre Cunha de Barcellos Ferreira em Embrapa)

5 dicas para fazer uma aplicação adequada 

1ª – Análise da taxa de crescimento

Para saber se há condição de aplicação dos reguladores, é importante se atentar a dois critérios: 

  • a correspondência do número de nós da haste principal com a altura da planta (como você pode ver na imagem abaixo); 
  • comprimento médio dos últimos 5 nós do ponteiro. 
gráfico de crescimento ideal de plantas de algodão em relação à altura da planta e ao número de nós na haste principal

Crescimento ideal de plantas de algodão em relação à altura da planta e ao número de nós na haste principal
(Fonte: Manual de boas práticas do algodoeiro em MT)

Quanto ao comprimento médio dos ponteiros, você avalia os 5 nós do ponteiro e, em seguida, divide a medida total por 5. 

Lembre-se que o primeiro nó só é considerado passível de contagem quando alocado a 1,2 cm do segundo, no mínimo.  

Depois dessa medição e já obtida a média da taxa de crescimento, faça a comparação com os dados padrões já estabelecidos. 

tabela com valor médio e tipo de crescimento - regulador de crescimento no algodão

(Fonte: Manual de boas práticas do algodoeiro em MT)

2ª – Dosagem

A dose recomendada do regulador de crescimento no algodão é baseada no porte da cultivar e na condição de desenvolvimento da cultura.

A seguir apresento duas sugestões de cálculo de dosagem:

tabela de sugestão de doses de reguladores de crescimento em diferentes condições de crescimento

(Fonte: Manual de boas práticas do algodoeiro em MT)

tabela com sugestão de doses de reguladores de crescimento em diferentes condições de crescimento

Sugestão de doses de reguladores de crescimento em diferentes condições de crescimento
(Fonte: Embrapa)

3ª – Primeira aplicação

Relata-se que a primeira aplicação deve ser feita entre o aparecimento dos primeiros botões florais até o pleno florescimento

Isso é justificado pelo fato da taxa de crescimento ser bem reduzida a partir da formação das maçãs, momento em que ocorre muita redistribuição para o desenvolvimento dessas estruturas reprodutivas. 

Em média, a primeira aplicação será quando as plantas atingirem:

  • de 30 cm a 35 cm de altura em cultivares de porte alto;
  • entre 35 cm e 40 cm nas cultivares de porte médio; 
  • de 40 cm a 45 cm de altura nas cultivares mais baixas. 
tabela com porte, ciclo e necessidade de regulador de crescimento, de cultivares de algodoeiro da Embrapa, recomendadas para o cerrado brasileiro

Porte, ciclo e necessidade de regulador de crescimento, de cultivares de algodoeiro da Embrapa, recomendadas para o cerrado brasileiro
(Fonte: Embrapa)

4ª – Parcelamento da aplicação

Sabe-se que doses muito baixas de reguladores de crescimento podem não apresentar efeito sobre o crescimento do algodoeiro. As doses muito elevadas, por sua vez, também podem provocar o travamento da planta, tendo como consequência a perda de produção. 

Desta maneira, recomenda-se o parcelamento da aplicação deste produto. 

Em geral, é recomendado que a aplicação seja parcelada em 4 vezes, sendo:

  • 10% da dosagem recomendada na primeira aplicação;
  • 20% na segunda;
  • 30% na terceira;
  • restante na quarta aplicação. 

Mas, e quando fazer a próxima aplicação? Deve-se sempre fazer um monitoramento da taxa de crescimento da planta. 

Esse monitoramento é feito 5 a 8 dias após a última aplicação e, se a altura atual menos a altura anterior dividida pelo número de dias transcorridos for maior que 1,5 cm/dia, deve-se proceder a próxima aplicação. 

Equação: (altura atual-altura anterior)/dias após a aplicação 

Para facilitar nesse controle das aplicações, existe atualmente um aplicativo chamado “Regula”, que permite esse controle de uma maneira dinâmica. 

5ª – Cautelas na aplicação

Para não afetar a eficácia dos reguladores de crescimento é recomendada a pulverização do produto no período da manhã, desde que não esteja com muito orvalho. 

Além disso, para assegurar a eficiência, é aconselhável que fique sem chover por pelo menos 4 horas após a aplicação. Caso chova, é provável que seja necessária a reaplicação. 

Também não é aconselhável fazer a aplicação de reguladores quando a planta passa por um momento de estresse hídrico. 

E, por fim, não é recomendada a aplicação junto com outros produtos como, por exemplo, herbicidas

Conclusão 

A utilização dos reguladores de crescimento é uma realidade nas propriedades algodoeiras.

Isso se deve, principalmente, às suas vantagens, destacando aqui a facilidade de colheita e melhora na qualidade da fibra. 

Neste artigo, mostramos como chegar à dosagem e parcelamento ideais. Assim, com a aplicação no momento correto, os resultados produtivos deverão ser mais satisfatórios.

>> Leia mais:

Como fazer um manejo efetivo de pragas do algodão

“O que é a mancha alvo do algodoeiro e como ela pode afetar a sua lavoura

Você utiliza regulador de crescimento no algodão? Consegue fazer o planejamento certinhos das aplicações? Comenta aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Banner de teste grátis do Aegro na cor verde com uma imagem no meio de uma máquina trabalhando no campo