Blog da Aegro sobre gestão no campo e tecnologias agrícolas

ácaros na soja

Como proteger sua lavoura dos ácaros na soja

- 27 de janeiro de 2021

Ácaros na soja: saiba como identificar as principais espécies, os danos causados e os métodos de manejo mais eficientes

Apesar de serem considerados pragas secundárias em soja, os ácaros vêm ganhando importância em algumas regiões do país. 

Isso exige atenção quanto ao monitoramento e ações de controle para evitar as perdas de produtividade na lavoura.

Mas você sabe como identificar as principais espécies de ácaros na soja e os danos que causam? Sabe quais os manejos mais eficientes?

Confira essas e outras informações a seguir!

Danos causados pelos ácaros na soja

Os ataques de ácaros em lavouras de soja podem ocorrer em diferentes momentos do desenvolvimento da cultura.

Inúmeros estudos indicam que boa parte das espécies é comumente encontrada na fase vegetativa e de enchimento de grãos, sendo favorecidos principalmente pelas condições climáticas.

Nas fases vegetativas, os ácaros prejudicam a atividade fotossintética da folha por causarem minúsculas pontuações que evoluem rapidamente para manchas contínuas. Isso que influencia no crescimento e desenvolvimento das plantas.

A intensidade de ataque sofre variação de acordo com a espécie presente na lavoura.

Em áreas com a presença de ácaro-verde, por exemplo, as folhas de diferentes posições na planta podem apresentar intensidade de ataque semelhante entre si.

Já para áreas com ácaro-rajado, as folhas de uma mesma planta podem apresentar intensidades de ataques muito diferentes entre si. 

Este pode ser um detalhe importante para auxiliar a diferenciar os ácaros no campo, apesar de ambas as espécies ocorrerem em reboleiras.

Apesar de não serem consideradas pragas primárias na cultura da soja, a presença de  ácaros na lavoura pode refletir em perdas na produtividade.

Por isso, realize o monitoramento de sua lavoura constantemente.

O manejo preventivo sempre é a melhor saída, por isso utilize sementes de qualidade e realize o MIP (Manejo Integrado de Pragas).

Principais espécies de ácaros na soja 

Ácaro-verde

Os ácaros-verdes apresentam o corpo com coloração verde e pernas de cor amarelo-ouro.

Os ovos são depositados pela fêmea na superfície da folha, normalmente próximo às nervuras e possuem coloração variada de translúcida a branca.

O ataque dessa espécie ocorre em épocas de estiagem, na fase de enchimento de grãos. Normalmente, se concentra nas proximidades das nervuras e se distribui de acordo com a intensidade do ataque por toda a folha.

Ácaro-verde (Mononychellus planki) - ácaros na soja

Ácaro-verde (Mononychellus planki)
(Fonte: Agrolink)

Ácaro-rajado

O ácaro-rajado apresenta manchas dorsolaterais típicas em seu corpo, o que sugere o nome da espécie. 

Apresenta ainda setas dorsais mais longas e finas que as do ácaro-verde. 

Seus ovos são depositados pela fêmea na superfície da folha, normalmente próximo às nervuras, e tem coloração que varia de translúcida a branca. 

Essa espécie vive em colônias abrigadas sob sua teia em todas as fases de desenvolvimento.

O ataque dessa espécie também ocorre em épocas de estiagem e é bastante sensível à chuva.

Diferente do ácaro-verde, o ácaro-rajado se aloja nas plantas de forma concentrada, formando pequenas manchas.

fotos de Ácaro-rajado (Tetranychus urticae)

Ácaro-rajado (Tetranychus urticae)
(Fonte: Philippe Auger)

Ácaro-vermelho 

Os ácaros-vermelhos apresentam o corpo com coloração vermelho-carmim que, com o passar da vida, pode se tornar vermelho-escuro.

Suas características morfológicas e hábitos se assemelham muito com o ácaro-rajado.

Ácaro-vermelho ( Tetranychus ludeni)

Ácaro-vermelho ( Tetranychus ludeni)
(Fonte: Yourlevyatwork)

Ácaro-branco

Favorecidos pela presença de chuva, o ácaro-branco possui coloração creme-brilhante em todas as fases.

São pequenos e difíceis de serem vistos a olho nu.

O principal diferencial entre esta espécie e as demais é a não produção de teias.

Atacam normalmente a face inferior de folhas novas em processo de expansão, contudo, são bem pouco comuns no Brasil.

Ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus) - ácaros na soja

Ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus)
(Fonte: Embrapa)

Como fazer o manejo de ácaros na soja 

Apesar dos ácaros serem consideradas pragas secundárias na soja, atualmente vêm ganhando importância em muitas regiões devido à instabilidade climáticas e uso intensivo de pesticidas. 

Períodos prolongados de estiagem são muito favoráveis ao crescimento e desenvolvimento desta praga, o que vem sendo muito comum em algumas regiões do país nos últimos anos.

Além disso, a ausência de inimigos naturais, como ácaros benéficos (ácaros que predam ácaros-praga) e fungos (Neozygites floridana), são determinantes para a ocorrência de surtos de ácaros em sua lavoura. 

Por isso, a maneira mais efetiva de controlar os ácaros na soja é utilizar um manejo integrado de pragas e doenças, diminuindo o uso de pesticidas e utilizando manejos alternativos como controle biológico e cultural. 

Assim, você terá uma maior incidência de predadores naturais em sua lavoura, o que dificulta que os ácaros atinjam níveis de dano econômico. 

planilha de manejo integrado de pragas Aegro, baixe grátis

Controle químico

Existem alguns produtos disponíveis para o controle químico dos ácaros na cultura da soja.

Você pode consultar o registro dos acaricidas no Agrofit.

tabela de produtos recomendados para controle de ácaros na cultura da soja

Produtos recomendados para controle de ácaros na cultura da soja
(Fonte: Agrofit)

Controle biológico

O controle biológico de ácaros com espécies como Phytoseiulus persimilis e Neoseiulus californicus é muito utilizado em outros países. 

Apesar de diversas instituições pesquisarem espécies naturais do Brasil para esse controle, essa não é uma prática que vem sendo utilizada no país. 

Controle cultural

Para evitar problemas com essa praga é preciso eliminar possíveis plantas hospedeiras e utilizar a rotação de culturas.

Conclusão

Apesar de não serem pragas primárias na cultura da soja, os ácaros podem causar danos consideráveis na lavoura, ocasionando menor produtividade.

Neste artigo, você pôde conferir as características dos principais tipos de ácaros, assim como os problemas que podem causar.

Viu também as dicas para realizar um controle eficiente dessas pragas.

Espero que, com essas informações, você consiga realizar um bom manejo em sua propriedade!

>>Leia mais:

“Como identificar e realizar o controle de tripes em soja”

“Saiba tudo sobre o ácaro azul das pastagens, uma praga emergente no Brasil”

Você tem problemas com ácaros na soja? Quais medidas de prevenção realiza para evitar essa praga? Adoraria ver seu comentário abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Banner de teste grátis do Aegro na cor verde com uma imagem no meio de uma máquina trabalhando no campo