Blog Aegro Logo
Blog da Aegro para negócios rurais
Foto da palha de café: várias cascas de café juntas em uma superfície

Potencialize a adubação do cafezal com palha de café (+ planilha grátis)

- 23 de fevereiro de 2022

Palha de café: veja como obter, quais os nutrientes presentes, como utilizar na adubação e todos os benefícios

O Brasil é o maior produtor e exportador de café no mundo.

A produção dos grãos gera, na mesma proporção, a palha do café.

Este subproduto pode ser um grande aliado na produção de café para os produtores. Afinal, ele é rico em nutrientes que podem ser devolvidos para a lavoura.

Neste artigo, entenda mais sobre como a palha pode te ajudar a economizar e trazer benefícios para seu solo. Confira!

O que fazer com a palha de café? 

A palha do café é a casca dos grãos. Ela é retirada durante o beneficiamento do café.

Após a colheita, os grãos são levados para os terreiros. Ali eles permanecem até estarem secos e prontos para serem beneficiados.

Em alguns lugares, o beneficiamento é feito na própria fazenda, com máquinas móveis que descascam e ensacam os grãos. 

Isso também pode ser realizado em beneficiadoras. Mas, para isso, é necessário levar o café em casca até o local.

Fotos do momento de beneficiamento do café. Na primeira foto, há uma grande máquina amarela e muitas sacas brancas de café no chão. Há alguns trabalhadores presentes na foto. Na seguida, apenas uma máquina amarela dentro de um silo.
Beneficiamento de café (A) móvel e (B) fixo
(Fonte: Civarc e Rolnews)

Após obter a casca, seu uso pode ser imediato ou utilizado após um tempo. Pra isso, é importante armazená-la. Afinal, a chuva pode causar a lixiviação dos nutrientes.

Se a palha estiver em local aberto, como terreirões, basta cobrir com lona. O importante é evitar a entrada de água.

Outro modo de utilizar a casca do café é fazer compostagem com esterco de gado ou de galinha, por exemplo.

Quais nutrientes são encontrados na casca de café?

Geralmente, o teor médio dos macronutrientes na casca é:

  • de 1,5% a 2,5% de nitrogênio;
  • de 0,08% a 0,09% de fósforo;
  • de 2,7% a 2,75% de potássio.

A composição mineral dos grãos e da casca muda em função dos tratos culturais realizados na lavoura. Adubação química, matéria orgânica do solo e outros fatores influenciam.

Em toda atividade agrícola, como a produção de grãos, ocorre a exportação de nutrientes.

Esta exportação é a quantidade de nutrientes retirados da área através dos grãos produzidos. 

No caso do café, a exportação é a combinação dos nutrientes contidos nos grãos e na casca

Usar a casca do café é importante justamente para devolver alguns nutrientes necessários para as plantas.

Faça a análise da palha do café, ao menos uma vez, para saber quais nutrientes estão presentes e a quantidade de cada. Assim será possível balancear corretamente a adubação no cafezal.

Uso da palha como adubação orgânica

Com a composição mineral definida, a aplicação da palha é uma boa opção complementar de adubação do café. Afinal, ela é um adubo orgânico rico em nutrientes.

O custo da sua utilização é extremamente baixo, se comparado com a adubação química.

Seu uso não anula a aplicação de adubo químico nas plantas. 

É interessante fazer uma análise de nutrientes da palha do café antes de adubar. Assim, você pode tentar diminuir o uso do adubo químico.

Também é sempre válido controlar de perto a adubação que você faz no seu cafezal. Por isso, separamos uma planilha grátis para te ajudar nesse processo.

Clique na imagem abaixo para baixar!

banner-adubacao-cafe

Como adubar o café com a palha

A recomendação de adubação com a palha varia entre 5 a 10 t ha-1.

Faça uma cobertura dos dois lados da saia do café, com faixa de 50 cm a 80 cm. É importante fazer uma camada fina de 2 cm.

A aplicação é recomendada em cobertura, com distância de 10 cm do tronco

Afinal, a concentração alta de potássio e a liberação de calor podem causar a queima do tronco e a  morte da muda.

Na utilização da casca de café, fique de olho na quantidade de potássio a ser aplicada.

Como a palha tem elevada concentração do nutriente, o excesso pode prejudicar as raízes das plantas novas. Ele também pode desequilibrar a quantidade de outros nutrientes.

Vale lembrar que casca do café é um adubo orgânico com decomposição lenta

A associação com adubo químico é uma forma de acelerar o processo de decomposição e liberação dos nutrientes.

Estudos conduzidos por Fernandes e colaboradores, em 2013, verificaram esta associação de palha com adubação química reduzida. 

Eles mostraram que a produção foi maior com a combinação destes dois tipos de adubos.

Tabela que mostra resultados de diferentes tratamentos de café.
Produção de 3 safras em sacas 60 kg ha-1 de café beneficiado em função dos diferentes tratamentos utilizados
(Fonte: Fernandes e colaboradores)

Benefícios do uso da casca de café na lavoura 

Além da economia, o uso da casca do café apresenta uma série de outros benefícios. Por exemplo:

  • Proteção do solo;
  • Retenção da umidade do solo;
  • Diminuição da temperatura do solo;
  • Liberação lenta dos nutrientes;
  • Controle de plantas invasoras, seja pela barreira física ou pelo efeito alelopático.
  • Melhor desenvolvimento dos microrganismos do solo, que trazem vários benefícios estruturais do solo e consequentemente para as plantas.
  • Efeito alelopático: liberação de substâncias que interferem na germinação e/ou desenvolvimento de outras plantas daninhas do café, como picão-preto e mata-pasto.
banner-de-implantacao-e-renovacao-do-cafezal

Conclusão

A palha de café é um adubo orgânico, rico em nutriente.

A associação da adubação química com a casca de café traz benefícios. Maior produção e economia são apenas alguns exemplos.

Fique de olho na quantidade de casca que deve ser aplicada por hectare. Assim, você evita o desequilíbrio de nutrientes no solo.

Você utiliza a palha de café na sua lavoura? Já pensou em todos os benefícios que esse subproduto pode te fornecer? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.