Blog da Aegro sobre gestão no campo e tecnologias agrícolas

Economia no custo total da safra: veja como o produtor Fernando Ishikawa melhorou a gestão da fazenda e como você também pode fazer isso!

O agronegócio tem margens de lucro muito apertadas. As perdas e ajustes que podem parecer pequenos à primeira vista, somados, tendem a ser muito representativos ao final de uma safra.

Mas como começar a identificar esses gargalos para fazer as mudanças necessárias? Será que as tomadas de decisão na fazenda estão sendo tão estratégicas quanto poderiam ser?

O produtor de soja Fernando Ishikawa conseguiu identificar pontos fundamentais de melhoria na propriedade a partir da gestão integrada dos dados com o software de gestão agrícola Aegro.

O resultado foi uma economia em torno de 5% nos custos totais da safra e outros pontos positivos que você vai conhecer a seguir. Confira!

Organizando a gestão da fazenda

O engenheiro-agrônomo Fernando Ishikawa é um dos responsáveis pela administração e operação da fazenda São Jorge, em João Pinheiro, Minas Gerais. A propriedade produz soja, milho e feijão em uma área de aproximadamente 250 hectares.

A família sempre mexeu com roça, mas a fazenda atual foi adquirida há cerca de quatro anos, quando a gestão também começou a ser passada do pai para seus dois filhos.

Começar a gerenciar toda a parte operacional e administrativa da propriedade rural era um desafio e tanto para Fernando e o irmão. Além de todos os esforços da rotina agrícola, as informações da fazenda estavam muito na memória e em poucas anotações do pai.

“Compramos a fazenda em 2016 e a primeira safra foi realizada em 2019, com o uso do Aegro para ter essa mudança na própria sucessão familiar. Eu via que tudo antes era meio bagunçado e que, começando na nova fazenda, precisava ser algo mais organizado para a gente poder ir vendo de fato o que estava dando certo”, conta o produtor.

E foi a partir dos primeiros registros efetuados no software de gestão agrícola Aegro que Fernando começou a visualizar melhor as situações que a fazenda poderia enfrentar e o que deveria ser feito para contorná-las.

O produtor rural Fernando Ishikawa, de boné, camisa lilás e calça jeans, agachado na lavoura de soja em desenvolvimento na fazenda São Jorge

O produtor rural Fernando Ishikawa na fazenda São Jorge
(Foto: arquivo pessoal)

Acertando desde o planejamento

O primeiro passo na gestão da fazenda foi começar a registrar no software todos os dados que antes ficavam somente na memória do pai e em poucas anotações espalhadas em cadernos ou planilhas.

O controle das atividades financeiras então passou a ser feito com o Aegro. O mesmo ocorreu na parte operacional, que pode ser acompanhada até pelo celular.

“Antes a gente anotava a aplicação de um fungicida no papel e esquecia. Hoje eu administro a parte da carência de um produto pelo celular: se tem uma janela de aplicação de 15 dias, chegando perto dessa data eu já sei se posso aplicar ou esperar para não perder por causa de uma chuva, por exemplo”, conta o produtor.

Toda a gestão operacional da fazenda, desde o planejamento da safra, compra de insumos, entradas de produtos até a colheita está registrada no software rural hoje. 

Além das informações precisas da safra atual, fica fácil o acesso a todo histórico de dados da fazenda, permitindo que as tomadas de decisões sejam mais assertivas. 

“Uma lavoura bonita é fruto das decisões certas na hora de entrar com um produto, de fazer a aplicação, de corrigir algo, e tudo isso está diretamente ligado ao Aegro hoje”, diz Ishikawa.

Com toda essa base bem feita, Fernando passou a notar ganhos de tempo, ganhos operacionais e também financeiros.

produtor rural Fernando Ishikawa virado de costas com um chapéu de palha, no meio da lavoura de soja, segurando um celular que mostra o monitoramento da área pelo sistema de gestão rural Aegro

(Foto: arquivo pessoal)

Diminuição nos custos da safra

O registro das atividades da fazenda São Jorge permitiu à família ter um controle preciso de tudo o que se passa na propriedade.

Basta abrir o sistema para acompanhar qual atividade está programada para a data, quais produtos serão utilizados, quais as entradas e saídas financeiras do mês, entre tantas outras consultas possíveis pelo sistema de gestão.

“Hoje eu tenho certeza do quanto gastamos por hectare. Antes, era tudo ‘de cabeça’”, ressalta.

Com todos esses registros, acabou a compra de produtos aos poucos, o que encarecia os custos da safra. As aquisições de insumos são feitas de forma mais planejada e a compra de última hora virou uma eventualidade. 

O acesso facilitado aos dados do estoque também trouxe ganhos financeiros para a fazenda. “Às vezes você compra 20 litros a mais de um insumo porque não tinha certeza se tinha estoque, mas tem produto que é mais de R$ 1 mil o litro. Não é pouca economia”, cita.

animação de acesso do sistema de gestão rural Aegro pelo celular na aba de controle de estoque, redução custos safra

Com uso do Aegro, controle de estoque pode ser visualizado facilmente pelo celular, a qualquer hora e de qualquer lugar (dados ilustrativos)

O uso desses insumos também passou a ser melhor mensurado. “Hoje consigo saber exatamente quanto adubo vamos gastar, enquanto antes a gente tinha esse cálculo ‘por cima’. Às vezes sobrava, às vezes faltava, era tudo ‘de cabeça’. Agora eu sei a área exata do talhão que precisou de mais ou menos adubo, olhando pela análise de solo também. Temos um controle muito mais preciso dos gastos, temos um custo por hectare mais bem aferido”, reforça Fernando.

Ele cita que a economia com os custos totais da safra caíram entre 4% e 5% a partir do momento em que o controle passou a ser feito com o Aegro.

calculadora de custos por saca ferramenta Aegro, calcule agora

Facilidade na visualização dos dados

Para Fernando, um dos maiores ganhos com o uso do software de gestão agrícola é a facilidade no acesso e visualização dos dados da fazenda.

“O que eu tento é trazer praticidade para o meu dia a dia e isso o Aegro traz. Eu estou no operacional da fazenda e, se tem uma urgência, consigo acessar os dados da fazenda pelo celular, está tudo à mão, com fácil alcance e acesso. Esse é um dos pontos fortes do Aegro para mim”, reforça Fernando.

Ele cita que manter uma base de dados da fazenda permite entender tudo o que acontece na propriedade e tomar decisões cada vez mais estratégicas.

“Hoje, a gente não pode mais se ligar ao título só de produtor rural. Qualquer fazendeiro hoje é empresário. A fazenda deixou de ser produção para ser negócio. Ao longo do tempo, esse conhecimento (dos dados da fazenda) fará muita diferença para o sucesso da propriedade.”

Experimente hoje mesmo o Aegro gratuitamente!

  • Computador (teste grátis por 7 dias – clique aqui)
  • Celular Android (aplicativo gratuito – clique aqui)
  • Celular iOS (aplicativo gratuito – clique aqui)
  • Utilize seus Pontos Bayer para contratar a versão completa do Aegro (clique aqui)

Para a versão completa, fale com um de nossos especialistas aqui!

Conclusão

Uma fazenda saudável operacional e financeiramente falando depende, em grande parte, de decisões tomadas no momento certo

E esse acerto está muito ligado ao conhecimento que se tem da propriedade – da real situação atual e de onde se pretende chegar. 

Ao registrar e acompanhar tudo que se passa na fazenda, fica mais fácil saber o que é preciso corrigir e onde investir mais esforços.

Foi assim, registrando e monitorando de perto a fazenda com apoio do Aegro que o Fernando conseguiu contornar problemas, ganhar tempo e reduzir os custos da safra na fazenda São Jorge!

>> Leia mais:

“Como sistema de gestão rural trouxe agilidade e economia para fazenda no MS”

Você tem controle dos seus custos de safra? Quer economizar, mas não sabe por onde começar? Peça agora mesmo uma demonstração gratuita do Aegro!