Entenda agora como você pode melhorar seus custos da produção agrícola e ter de uma vez por todas o comando da sua fazenda.

O Brasil fechou o ano de 2017 com uma supersafra de grãos: 238 milhões de toneladas.

Segundo dados da Conab, a produção total do Brasil na safra 2016/17 foi de 114.075,3 mil toneladas de soja, e de 97.712,1 mil toneladas de milho.

Estes dados mostram toda a capacidade dos agricultores brasileiros para atingir estes ótimos índices.

Mas por que, apesar da grande produção, muitos agricultores passam por dificuldades financeiras? Ou ainda muitos sequer tem a real noção de sua situação financeira?

produção agrícola brasileira

(Fonte: Farm Futures)

A resposta não é simples, mas alguns aspectos básicos muitas vezes não são levados em consideração, pontos estes que podem nos ajudar a responder essas e outras questões.

Afinal o que é custo de produção agrícola?

O custo de produção é um conceito econômico que se aplica a quase todos os negócios.

As pequenas margens de lucro e os altos riscos da atividade agrícola exigem que você entenda os custos e a receita associada da propriedade, e é nesse ponto que entra o custo de produção.

O custo de produção é o custo médio de produção de uma unidade de uma commodity (por exemplo, R$ 35 por saca de 60 Kg de milho).

Esse valor é calculado totalizando todos os custos associados a atividade agrícola e dividindo esse total pelo resultado (rendimento) produzido.

À primeira vista, isso parece ser simples, mas o custo total de uma empresa rural inclui uma complexidade de diferentes categorias de custos, o que gera alguma confusão. Especialmente se não for gerenciado corretamente.

E é por isso que a estimativa e a gestão dos custos de produção exigem uma grande quantidade de informações.

Veja aqui como você pode diminuir seus custos com planejamento agrícola.

Isso requer diferentes conhecimentos para permitir que você compreenda melhor suas necessidades, o que dará na base para o planejamento agrícola.

Fica claro que os custos de produção variam de fazenda para fazenda e de talhão a talhão. Por este motivo é tão importante conhecer sua propriedade:

Histórico da sua fazenda ajuda a entender seus custos de produção agrícola

É muito importante saber o histórico das culturas em cada talhão da fazenda, da ocorrência de pragas, plantas daninhas e nematóides e como foi o manejo de cada um desses itens.

Estudo da Embrapa diz que custos de produção da soja podem subir até 222% devido às plantas daninhas resistentes a glifosato.

Sobre resistência a defensivos leia estes dois conteúdos:

>> Tudo o que você precisa saber sobre resistências a defensivos agrícolas

>> 5 pragas agrícolas resistentes a defensivos agrícolas e como combatê-las

Mas não pode parar por aí, é preciso saber mais! É preciso ter o histórico dos preços por exemplo. Dos preços dos insumos assim como dos produtos a serem vendidos.

Assim é possível ao longo dos anos, identificar em quais situações essa ou aquela cultura foi mais rentável e qual a estimativa correta do orçamento de insumos.

>> Veja também: 7 Dicas para acertar na rentabilidade com planejamento agrícola

Custos e insumos: Como controlar os Custos variáveis?

É importante você entender que seus custos podem ser divididos em custos fixos e custos variáveis.

Os custos que não variam com a produção são conhecidos como custos fixos. Eles incluem despesas como depreciação, impostos, mão de obra e seguro rural.

Os custos fixos são importantes a considerar ao tomar decisões de médio a longo prazo sobre quais empresas devem investir.

Por sua vez, os custos variáveis variam com o nível de produção de uma fazenda, como sementes, alimentos, fertilizantes, pesticidas, combustível, reparos e despesas trabalhistas horárias ou sazonais.

Custos variáveis ​​influenciam as decisões de curto prazo, especialmente em relação à próxima safra.

A soma dos custos fixos com os custos variáveis resulta nos custos totais da produção agrícola.

Este documento da Conab traz informações detalhadas sobre os custos de produção agrícola.

custos-conab

(Fonte: Conab)

Assim, novamente, conhecer o histórico do preço dos insumos também é fundamental. Além disso, também é importante fazer bons acordos com fornecedores.

Neste texto você encontrará como fazer uma pesquisa da sua produção agrícola e entender seus custos.

E aqui você encontra um checklist que irá te ajudar a definir seu planejamento agrícola.

checklist planejamento agrícola Aegro

Fique atento aos valores de mercado

Por exemplo, fertilizantes, defensivos agrícolas podem apresentar baixas nos preços em períodos que não são comumente utilizados na lavoura, podendo esse ser o momento de repor os estoques e economizar.

Para ter ideia da importância do conhecimento dos custos, o Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás demonstrou que aumento de 0,21 R$ no litro do óleo diesel representaria um aumento de mais de 35 milhões de reais no custo de produção de soja no estado de Goiás na safra 2017/18.

Este estudo ainda aponta o impacto desse aumento para outras culturas de importância no estado.

faeg-custos

(Fonte: IFAG)

Por isso, faça o orçamento planejado de sua propriedade.

O orçamento nada mais é que a listagem de todos os custos e receitas estimadas durante um período específico de tempo, como uma safra ou um ano.

Os orçamentos formalizam o processo de planejamento, permitindo que os produtores tenham uma imagem clara de seus custos.

Com essa informação, você pode projetar a produtividade ou o preço de venda necessárias para gerar lucro.

Comparando o seu custo de produção agrícola

Sem dúvida, um custo de produção agrícola acima da média do mercado vai acabar prejudicando a competitividade da sua lavoura.

Portanto, é importante que você busque referências externas para entender como estão os seus seus números em relação aos seus vizinhos.

Para realizar esse estudo de mercado de forma rápida, sugiro que você utilize o Compara. Essa ferramenta gratuita reúne dados da Conab para te oferecer um comparativo geral de resultados por cultura e região.

Ferramenta para comprar custo de produção agrícola

Através de gráficos de fácil visualização, você confere se gastou mais ou menos que as fazendas das proximidades. Você também pode obter uma comparação mais detalhada, analisando cada categoria de gastos.

As informações do Compara vão te ajudar a identificar oportunidades de economia e ter uma próxima safra mais rentável.

Como a tecnologia pode te ajudar a melhorar sua gestão

De nada adianta fazer acordos de compra e venda, saber o histórico de flutuação dos preços e acompanhar a concorrência se você continuar anotando tudo apenas no papel.

Cadernos, e até mesmo planilhas, podem ser perdidos. Além disso, essas formas de controle dificultam um diagnóstico preciso da saúde do seu negócio.

Por isso, gerenciar a sua fazenda com um software rural é a melhor opção. Você garante que o seu histórico financeiro esteja seguro para futuras análises.

Com o Aegro, por exemplo, você realiza e armazena todo o seu planejamento agrícola em um só lugar. É possível montar um orçamento para a safra e estabelecer metas de produtividade.

Gestão de custos no Aegro

O sistema também te auxilia a manter um fluxo de caixa organizado. Você registra com facilidade as despesas e receitas da fazenda, categorizando cada parcela e ficando em dia com os pagamentos.

No final do ciclo produtivo, o Aegro cruza essas informações para te oferecer indicadores e relatórios de custo de produção e rentabilidade, talhão por talhão.

Além de aproveitar todas essas funcionalidades no computador, você também pode instalar o app Aegro no seu celular para ter acesso rápido aos principais indicadores financeiros da fazenda.

Gestão operacional e financeira da fazenda com o aplicativo Aegro

Conclusão

O custo da produção agrícola é parte essencial para a gestão da propriedade rural, envolvendo o conhecimento de custos fixos e variáveis em cada fase da lavoura.

Aqui você aprendeu o que é realmente custo de produção agrícola, entendeu o que é custo fixo e variável e como a tecnologia pode ajudar nisso tudo.

Como aquela famosa frase diz: conhecimento é poder. Agora que você já conhece mais sobre os custos de produção agrícola, pode fazer um ótimo trabalho e ter ainda mais sucesso!

Quer aprender mais sobre uso de tecnologia no campo? Então veja esses 3 artigos:

>> Como fazer administração rural com essas 3 ferramentas mesmo não sabendo nada de tecnologia

>> Como a tecnologia está ajudando a evoluir o agronegócio brasileiro

>> 3 maneiras de lucrar mais com um software de gestão agrícola

Gostou do texto? Tem mais dicas para controlar os custos de produção agrícola? Tem alguma dúvida? Adoraria ver seu comentário abaixo.