O Blog da Aegro sobre gestão no campo e tecnologias agrícolas

O Blog da Logo da Aegro
custos de produção agrícola

Entenda os custos de produção agrícola e esteja no comando de sua fazenda

- 26 de janeiro de 2018

Atualizado em 08 de junho de 2022.

Custos de produção agrícola: saiba o que são, como calcular, quais são os tipos de custo, como diretos, indiretos, fixos, variáveis e muito mais!

O Brasil fechou o ano de 2021 com uma safra de 252 milhões de toneladas. Segundo dados da Conab, a produção total do Brasil na safra 2020/21 foi de 137.321,4 mil toneladas de soja, e de 86.998,3 mil toneladas de milho.

Esses dados demonstram uma enorme produção. Para garantir uma lucratividade tão alta quanto esses números, conhecer os custos de produção agrícola é essencial.

Neste artigo, saiba como calcular o custo de produção agrícola e como o mercado impacta esse cálculo. Boa leitura!

Afinal o que é custo de produção agrícola?

O custo de produção é um conceito econômico que se aplica a quase todos os negócios.

As pequenas margens de lucro e os altos riscos da atividade agrícola exigem que você entenda os custos e a receita associada da propriedade, e é nesse ponto que entra o custo de produção.

O custo de produção é o custo médio de produção de uma unidade de uma commodity (por exemplo, R$ 35 por saca de 60 Kg de milho).

Esse valor é calculado totalizando todos os custos associados à atividade agrícola e dividindo esse total pelo resultado (rendimento) produzido.

À primeira vista, isso parece ser simples, mas o custo total de uma empresa rural inclui uma complexidade de diferentes categorias de custos, o que gera alguma confusão. Especialmente se não for gerenciado corretamente.

E é por isso que a estimativa e a gestão dos custos de produção exigem uma grande quantidade de informações. Veja aqui como você pode diminuir seus custos com planejamento agrícola.

Isso requer diferentes conhecimentos para permitir que você compreenda melhor suas necessidades, o que dará na base para o planejamento agrícola.

Fica claro que os custos de produção variam de fazenda para fazenda e de talhão a talhão. Por este motivo é tão importante conhecer sua propriedade.

Entenda os custos de produção

Para calcular os custos de produção, você precisa considerar no cálculo os custos fixos e custos variáveis. Alguns exemplos de custo de produção são: gastos administrativos, transporte, insumos, impostos, salários, aluguel, entre outros.

Agora, veja um pouco mais a fundo sobre os custos fixos, variáveis e custo médio de produção.

Custos fixos

Os custos fixos são aqueles que não variam com a produção, como salários, volume de vendas, seguro, depreciação, impostos e aluguel. 

Os custos fixos fazem parte da estrutura do negócio. Por isso, são importantes para a tomada de decisões de médio a longo prazo sobre quais empresas devem investir.

Custos variáveis

Os custos variáveis mudam com o nível de produção da fazenda, e incluem insumos, fertilizantes, combustível, reparos, etc.

Custos variáveis ​​influenciam nas decisões de curto prazo, especialmente em relação à próxima safra. A soma dos custos fixos com os custos variáveis resulta nos custos totais da produção agrícola.

Custo médio de produção

Também é possível calcular o custo médio de produção. O custo médio de produção de um produto é o valor de cada unidade produzida. Para esse cálculo, você pode somar o valor da média dos custos variáveis e fixos. 

O que considerar no cálculo do custo de produção da fazenda

Veja abaixo quais são os principais tipos de custos que devem servir como base de cálculo e como as informações devem ser utilizadas.

Mão de Obra

Os custos com mão de obra incluem os salários de todos os colaboradores. Entretanto, para o cálculo do custo, considere não só os salários, mas todo valor destinado ao pagamento da força de trabalho. 

Nesta conta estão incluídos também os gastos com benefícios, encargos sociais e trabalhistas.

Sementes

Para ter maior controle, você deve separar os custos das sementes comuns das cultivares

Dessa forma, você saberá que nas partes A e B do terreno, o custo de produção foi maior ou menor porque utilizou os cultivares específicos (sementes com mais tecnologia, com resistência a insetos e herbicidas).

Depois da colheita, é possível identificar se o custo com essas sementes compensou.

Fertilizantes e defensivos

Ao fazer um planejamento correto, é possível identificar quanto de fertilizantes e defensivos serão aplicados por hectare e qual foi o custo disso.

Este controle também evita que sobre ou falte muito fertilizante ou defensivo no seu estoque. 

Maquinário

Dentro do custo com máquinas, considere gastos com:

Desse modo, é possível identificar qual item mais impacta nos custos com maquinário.

Por exemplo, se existem muitos gastos com manutenção, isso pode indicar um mau uso dessa máquina ou que a máquina precisa ser trocada.

Outros custos de produção

Uma empresa agrícola tem diversas outras despesas que são próprias da atividade. Todas elas devem ser consideradas para o custo de produção final. 

Energia elétrica, água, frete, gastos administrativos e encargos devem ser calculados no momento do uso e proporcionalmente. Dessa forma, o custo de produção demonstrará a realidade econômica da empresa rural.

Portanto, conhecer o histórico do preço dos insumos também é fundamental. 

Além disso, também é importante fazer bons acordos com fornecedores. Assim você consegue preços e condições de pagamento melhores, reduzindo o custo de produção do seu negócio.

checklist planejamento agrícola Aegro

Como calcular os custos de produção agrícola 

De forma resumida, para calcular os custos de produção é necessário somar o preço da matéria prima, da mão de obra e os custos indiretos de produção. Em outras palavras, custo de produção = matéria prima + mão de obra + custos indiretos.

Existem três tipos de custos de produção agrícola que podem ser calculados.

A estrutura original do custo de produção é separada por três itens. 

Esses são os três tipos básicos de custos envolvidos na produção: COE (Custo Operacional Efetivo), o COT (Custo Operacional Total) e o CT (Custo Total). 

Agora, veja como calcular o COE, COT e CT da sua fazenda:

Custo Operacional Efetivo (COE)

O COE inclui todos os itens considerados variáveis ou custos diretos com dispêndio de dinheiro no ano agrícola.  São considerados no COE:

Os componentes do COE são renovados a cada ciclo produtivo.

Custo Operacional Total (COT)

O COT é formado pela soma do COE com os custos indiretos representados pela depreciação de máquinas, implementos e benfeitorias e taxas associadas ao processo de produção.

O COT indica a possibilidade de reposição da capacidade produtiva do negócio no longo prazo, além da remuneração do responsável pelo gerenciamento da atividade.

Custo Total (CT)

O CT é a soma do COT com o custo de oportunidade de uso do capital e da terra.

Este custo indica a situação econômica do empreendimento considerando todos os custos implícitos.

Demonstração de custos operacionais totais e totais

Escala dos custos em relação à receita bruta

(Fonte: CNA)

Fatores que interferem nos custos de produção agrícola

Fertilizantes e defensivos agrícolas podem apresentar baixas nos preços em períodos em que não são muito utilizados na lavoura. Esse é o momento de repor os estoques e economizar.

Para ter ideia da importância do conhecimento dos custos, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou um estudo indicando que as altas recentes do diesel podem aumentar os custos de produção de grãos em 93% em 2022. 

Este estudo ainda aponta o impacto desse aumento para outras culturas de importância no país. Por isso, faça o orçamento planejado de sua propriedade.

O orçamento nada mais é que a listagem de todos os custos e receitas estimadas durante um período específico de tempo, como uma safra ou um ano. 

Os orçamentos formalizam o processo de planejamento, permitindo que os produtores tenham uma imagem clara de seus custos. Com essa informação, você pode projetar a produtividade ou o preço de venda necessários para gerar lucro.

Planilha custo de produção agrícola

É muito importante saber o histórico das culturas em cada talhão da fazenda. A ocorrência de pragas, plantas daninhas e nematoides e como foi o manejo de cada um desses itens devem ser considerados.

Por exemplo, os custos de produção da soja podem aumentar entre 42% e 222% devido à resistência de plantas daninhas ao glifosato. Esses dados são de um estudo da Embrapa 

Além disso, é preciso ter o histórico tanto dos preços dos insumos quanto dos produtos vendidos. Assim é possível identificar, ao longo dos anos, em quais situações essa ou aquela cultura foi mais rentável. 

Essa é a melhor forma de fazer a estimativa correta do orçamento de insumos.

Fazer esses cálculos pode parecer um pouco complicado. Para te ajudar nesse momento, separamos uma planilha de custo de produção gratuita que fará o processo para você. 

Basta clicar na imagem a seguir para baixar:

Banner para baixar o kit comparativo de custos de safra e custos de produção agrícola

Como a tecnologia pode ajudar a melhorar sua gestão

De nada adianta fazer acordos de compra e venda, saber o histórico de flutuação dos preços e acompanhar a concorrência se você continuar anotando tudo apenas no papel.

Cadernos, e até mesmo planilhas, podem ser perdidos. Além disso, essas formas de controle dificultam um diagnóstico preciso da saúde do seu negócio.

Por isso, gerenciar a sua fazenda com um software de gestão rural é a melhor opção. Você garante que o seu histórico financeiro esteja seguro para futuras análises.

Com o Aegro, por exemplo, você realiza e armazena todo o seu planejamento agrícola em um só lugar. É possível montar um orçamento para a safra e estabelecer metas de produtividade.

Calcular os custos de produção agríco;a é possível com o Aegro

O Aegro também te auxilia a manter um fluxo de caixa organizado. Você registra com facilidade as despesas e receitas da fazenda, categorizando cada parcela e ficando em dia com os pagamentos.

No final do ciclo produtivo, o Aegro cruza essas informações para te oferecer indicadores e relatórios de custo de produção e rentabilidade, talhão por talhão.

Além de aproveitar todas essas funcionalidades no computador, você também pode instalar o app Aegro no seu celular para ter acesso rápido aos principais indicadores financeiros da fazenda.

banner gestão financeira

Conclusão

O custo da produção agrícola é parte essencial para a gestão da propriedade rural. Ele envolve o conhecimento de custos fixos e  custos variáveis em cada fase da lavoura.

Com essas informações, você pode calcular o custo operacional efetivo, operacional total e total da sua fazenda. 

Esse é o passo fundamental para garantir uma boa saúde financeira do seu negócio.

>> Leia mais:

5 passos para calcular o custo de produção de feijão por hectare

Como estimar o custo de produção do café (+ calculadora rápida)

Saiba como calcular o custo de produção de arroz por hectare

Calcule seu custo de produção de milho por hectare

Gostou do texto? Tem mais dicas para controlar os custos de produção agrícola? Tem alguma dúvida? Adoraria ver seu comentário abaixo.

Foto da autora Mariana, sorrindo com uma parede vermelha no fundo

Atualizado em 08 de junho de 2022 por Mariana Rezende.

Mariana é formada em economia e mestre em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Juiz de Fora. É doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Economia e graduanda de Ciências Contábeis na mesma instituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.