Blog Aegro Logo
Blog da Aegro para negócios rurais
Foto de mãos de homem retirando de um punhado de terra preta uma pilha de moeda. Sobre a pilha de moedas, há um broto algumas raízes.

Conheça os diferentes tipos de crédito rural e saiba como eles funcionam

- 9 de fevereiro de 2022

Tipos de crédito rural: veja como acessar, as principais modalidades e os valores de todos os programas!

No momento de buscar financiamento para sua fazenda, você deve saber tudo sobre os tipos de crédito rural

Com esse conhecimento, você ganha tempo ao direcionar sua necessidade para a linha de crédito que te atenda. Ao fazer isso, você já terá uma ideia do que precisa para acessar o crédito

Neste artigo, você conhecerá todas as modalidades e tudo o que precisa saber para solicitar. Boa leitura!

Quais são os tipos de crédito rural?

Há quatro tipos de crédito rural: custeio, investimento, comercialização e industrialização.

Agora, você saberá detalhes sobre cada um deles:

1. Crédito custeio

O crédito custeio é voltado para custear diversas atividades rurais. Ele pode ser agrícola e pecuário.  O crédito é acessado de maneira individual ou coletiva, por meio das cooperativas.

A finalidade pode ser: 

  • o pagamento de serviços realizados por tratores;
  • compra de adubos e fertilizantes
  • tratos culturais diversos; 
  • processos de beneficiamento da produção;
  • armazenamento e industrialização, dentre outros.

Até novembro de 2021, já foram contratados R$ 66,2 milhões em crédito custeio.

2. Crédito investimento

O crédito investimento financia investimentos fixos ou semifixos em bens e serviços. Esses investimentos são voltados para o crescimento da produção e da competitividade.

Tais investimentos incluem: 

  • reformas;
  • construções;
  • benfeitorias e instalações;
  • compra de maquinários e equipamentos;
  • obras de irrigação e drenagem;
  • construção de açudes.

A contratação desse tipo de crédito chegou a R$ 39,1 milhões. Isso apenas entre os meses de julho e outubro de 2021.

3. Crédito comercialização   

O crédito comercialização auxilia em uma das principais necessidades de quem trabalha no campo: a venda dos produtos no mercado.

O crédito comercialização compreende a pré-comercialização, o desconto de duplicata rural e de nota promissória rural.

Uma das vantagens para cooperativas é que ele pode ser utilizado para adiantar valores aos cooperados. Esses valores são referentes aos produtos entregues para venda.

Esse tipo de crédito pode ser utilizado para: 

  • financiar a estocagem;
  • financiar a proteção de preços e prêmios de risco
  • a equalização de preços;
  • a garantia de preços ao produtor.

4. Crédito Industrialização

O crédito industrialização é voltado para  industrialização de produtos agropecuários. Isso desde que ao menos 50% da produção a ser beneficiada seja da própria fazenda.

Essa regra vale tanto para produtores individuais quanto para cooperativas.

Assim, podem ser financiadas:

  • ações de limpeza;
  • secagem;
  • pasteurização;
  • refrigeração;
  • descascamento e padronização;
  • compra de insumos;
  • despesas com mão de obra;
  • manutenção de equipamentos, etc.
Banner de chamada para o download do kit de crédito rural

Como acessar o crédito rural

Para acessar o crédito rural, você precisa atender a alguns requisitos. Eles variam conforme a modalidade de crédito que você deseja obter.

Primeiro, você precisa saber que tipo de produtor rural você é: pessoa física ou jurídica?

Há três classificações de produtor rural. Elas seguem a RBA (Receita Bruta Agropecuária Anual):

  • Pequeno produtor: R$ 500 mil;
  • Médio produtor: de R$ 500 mil até R$ 2,4 milhões;
  • Grande produtor: acima de R$ 2,4 milhões.

Após entender a sua classificação, busque no banco (público ou privado) as linhas de crédito disponíveis conforme a classificação. 

A classificação é realizada pela instituição financeira durante o preenchimento da ficha cadastral.

Você precisará apresentar ao banco os documentos da pessoa física ou jurídica. Além disso, precisará elaborar o seu projeto de crédito rural.

Esse processo fica mais fácil para quem conta com um software de gestão rural como o Aegro.

Com ele, você tem sempre em mãos o histórico agrícola e os indicadores financeiros atualizados e organizados, aproximando seu negócio do melhor crédito rural.

Em poucos minutos, é possível puxar demonstrativos financeiros das safras passadas e apresentar uma projeção de gastos para os próximos meses.

Foto de uma tela inicial do Aegro em um computador e em um celular

Centralize no Aegro todas as informações necessárias para pegar um empréstimo

Principais modalidades de crédito rural 

Há diversos programas voltados para aquisição de crédito rural. Veja:

  • Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). O Pronaf se subdivide em: Pronaf Indústria; Pronaf Mulher; Pronaf Agroecologia; Pronaf Bioeconomia; Pronaf Mais Alimentos; Pronaf Jovem; Pronaf Microcrédito; e Pronaf Cotas-partes;
  • Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural);
  • Moderfrota (Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados a Colhedeiras);
  • Inovagro (sobre inovações tecnológicas);
  • PCA (Programa de Construção e Ampliação de Armazéns)

Cada programa possui um valor específico. Esse valor é disponibilizado anualmente pelo Governo Federal, por meio do Plano Safra. Veja:

Esquema que concentra e  mostra todos os dados de crédito rural no Brasil.

Dados do crédito rural no Brasil

(Fonte: Mapa)

Fique de olho nas mudanças no Manual de Crédito Rural

Ano passado, o Banco Central simplificou as regras do MCR (Manual de Crédito Rural). As 1.692 normas anteriores foram reduzidas à 779. 

Você deve conhecer essas mudanças para se atualizar. Elas estão divididas em:

  • Microtema 1: princípios, conceitos básicos e operações aplicáveis ao crédito rural;
  • Microtema 2: financiamentos do Pronaf, Pronamp, Funcafé e programas com recursos dos BNDES;
  • Microtema 3: voltado para finalidades específicas;
  • Microtema 4: versa sobre taxas de juros e limites do crédito rural, dentre outros temas, e é dividido em duas resoluções, a de nº 4.899 e a de nº 4.901;
  • Microtema 5: versa sobre as regras do Proagro.

É recomendável que você esteja na companhia de um especialista. Esse profissional irá verificar corretamente essas mudanças.

O crédito rural pode ser acessado de diversas formas: através de bancos públicos e privados, além de cooperativas de crédito e agfintechs. 

Essas instituições também podem auxiliar nisso.  

Valores dos programas de crédito rural

Os valores financiados anualmente por meio do Plano Safra variam conforme o programa.

Pronaf

No caso do Pronaf investimento, o valor disponibilizado em 2021/2022 foi de R$ 17,6 bilhões (R$ 200 mil por beneficiário).

A carência é de 3 anos e até 8 anos para pagamento, com juros entre 3% e 4,5% ao ano.

Para o custeio e comercialização, o Pronaf disponibilizou R$ 21,74 bilhões, e 12 meses de prazo para pagamento. 

Os juros também variam de 3% a 4,5% ao ano.

Pronamp

Para investimento, o Pronamp teve disponibilizados R$ 4,88 bilhões, com limite de R$ 430 mil por beneficiário. 

A carência é de 3 anos e o prazo de pagamento de 8 anos, com juros de 6,5% ao ano.  

Já para custeio e comercialização, o Pronamp programou R$ 29,18 bilhões. O prazo é de até 12 anos para pagamento e juros de 5,5% ao ano.

Inovagro

Esse programa tem disponibilizado R$ 2,6 bilhões (entre R$ 1,3 milhão e R$ 3,9 milhões por beneficiário). 

Os juros são de 7% ao ano, com carência de 3 anos e 10 anos para pagar. 

Moderfrota

A Moderfrota tem recursos de R$ 7,53 bilhões, com prazo de pagamento de 7 anos e carência de 1 ano e dois meses. 

A taxa de juros é de 8,5% ao ano.

PCA

Com R$ 4,12 bilhões (limite de R$ 25 milhões por beneficiário), o PCA tem carência de 3 anos e prazo de 12 anos para pagar. 

Os juros variam entre 5,5% e 7% por ano.

Crédito de Custeio Agrícola com Aegro

O aplicativo Aegro une a gestão da fazenda ao crédito certo, ajudando o produtor a investir em seu negócio e alavancar sua rentabilidade. 

Uma dessas soluções é o crédito de custeio agrícola com acesso simples, rápido e digital, uma modalidade exclusiva para clientes.

Quanto mais você usa o sistema e evolui a gestão do seu fluxo financeiro, mais chances de ter acesso a uma proposta personalizada.

Com alguns cliques, simule seu empréstimo dentro do próprio aplicativo e solicite até R$ 1,1 milhão de crédito sem sequer sair da fazenda

Diferente das instituições tradicionais, a análise de crédito da Aegro é ágil e desburocratizada, garantindo o dinheiro na conta dentro de 5 dias úteis.

Além disso, a oferta é transparente e livre de taxas embutidas, IOF ou custos com projeto técnico. 

Quer saber mais sobre os benefícios do software de gestão rural e suas soluções financeiras exclusivas? Agende uma demonstração gratuita e sem compromisso conosco!

Banner de crédito da Aegro. Ao fundo, um homem utiliza celular em uma lavoura

Conclusão

Entender os tipos de crédito rural é essencial para o planejamento do que você quer fazer em sua fazenda. Isso também colabora para uma boa gestão.

Busque ajuda de um especialista para dar orientações. Assim, você evita que o processo de obtenção do crédito seja demorado.

Quanto maior for sua segurança do que quer para sua fazenda, maior a possibilidade de avançar com o pedido do crédito rural.

>> Leia mais:

Financiamento rural para aquisição de terra: saiba como conseguir o seu

Bureau verde do crédito rural: como vai funcionar e afetar financiamentos

Você já conhecia todos os tipos de crédito rural? Se já teve alguma experiência com eles, deixe aqui nos comentários! 

Comentários

  1. PAULO DE TARSO XAVIER SOUSA disse:

    Boas informações, gostei.

    1. Olá, Paulo, grato pelo seu comentário, fico muito feliz que tenha gostado. Felicidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de um respiro nas finanças da fazenda?

Conheça o nosso SuperApp agro!

✓ Gestão financeira descomplicada
✓ Crédito rural sem burocracia

gestao-do-agronegocio-verde