Produtividade de milho por hectare: Você já sabe quanto irá colher neste ano? Aprenda o passo a passo para estimar sua produção antes mesmo da colheita.

Estima-se que mais de 95 milhões de toneladas de milho sejam colhidas esse ano no Brasil.

Mas essa projeção é ampla.

Dentro da porteira, todo produtor se pergunta sobre a sua estimativa: Quanto será que vou colher esse ano?

Será que tudo o que eu investi vai ter retorno e “pagar as contas”?

Pode soar estranho, mas existem vários métodos para você estimar a sua produtividade.

E, cá entre nós, ter a sensação de superação das expectativas nos faz dormir muito mais tranquilos e aliviados.

Acompanhe e veja em passos simples como estimar sua produtividade de milho por hectare mesmo antes da colheita e ainda baixe uma planilha grátis para automatizar essa estimativa!

Cálculo de produtividade de milho por hectare antes da colheita

À medida em que o tempo passou e as tecnologias avançaram, muitos produtores também mudaram sua maneira de pensar, agir e atuar.

Atualmente, e na maioria dos casos, estamos ansiosos em saber qual será a produtividade da cultura que está no campo bem antes do momento da colheita.

Isso tudo é para se ter uma “ideia” do que será o rendimento em nível de campo.

Assim podemos nos organizar com investimentos futuros, transporte, armazenagem e possíveis ações da colheita e pós-colheita.

Apesar das limitações, as estimativas podem ser valiosas, se não para a determinação exata da produção, ao menos para se fazer comparações relativas.

E como são feitas as estimativas de produtividade de milho por hectare?

Nós sempre coletamos amostras representativas da lavoura para a previsão da produtividade de milho.

Por isso, a seleção dos locais para a amostragem representativa é muito decisiva.

Características individuais de um determinado híbrido de milho ou qualquer condição diferente do meio ambiente ou fatores de manejo podem afetar a precisão das estimativas.

Desse modo, escolha sempre plantas que são o mais parecidas possível com o restante da lavoura.

Além disso, existem 3 diferentes métodos de estimar a produtividade média na cultura do milho. Alguns mais simples e outros nem tanto.

Abaixo, veremos os 3 métodos para você escolher qual se encaixa mais à sua realidade. Confira:

produtividade de milho por hectare

(Fonte: Corn+Soybean Digest)

Método 1: Estimativa da produtividade de milho por hectare – simples e objetivo

Para te ajudar, neste método fizemos uma planilha para automatizar a estimativa de produtividade de milho. Você pode baixá-la gratuitamente aqui:

produtividade-de-milho-por-hectare

Agora vamos entender o passo a passo desse método.

Passo 1: Colete algumas espigas de sua lavoura

Recomendamos pelo menos 1 planta a cada 2-6 hectares, sempre lembrando de manchas de solo.

Se você possuir mapa de produtividade, melhor ainda.

Aproveite as manchas desse mapa para direcionar sua coleta de plantas e estimar sua produtividade nessas diferentes partes de sua propriedade.

Desse modo, a cada mancha de solo, de produtividade ou mesmo a cada talhão, você vai utilizar a fórmula que apresentaremos a seguir.

Por isso, é importante que você identifique as plantas coletadas em cada uma dessas diferentes partes da fazenda.

Achou trabalhoso?

Lembre-se que você pode pedir e explicar para sua equipe coletar essas espigas ao realizar um monitoramento de pragas, aplicação de defensivos, entre outros.

Passo 2: Calcule o peso médio de grãos de cada uma delas

Retire os grãos de milho da espiga e saiba o peso por espiga.

Anote os resultados.

Passo 3: Saiba a população de plantas da área

Se você não tem esse dado em seu planejamento agrícola, também temos como descobrir:

  • Conte quantas plantas existem em 10 metros de linha da lavoura em uma parte homogênea da área;
  • Divida esse número por 10 e você terá o número de plantas por metro linear;
  • Divida 10.000 (valor de m² correspondentes a 1 hectare) pelo espaçamento da sua lavoura (em metros);
  • O resultado dessa divisão deve ser multiplicado pelo n° de plantas por metro linear – e você terá a população de plantas por hectare.

Ficou confuso? Vamos para um exemplo a fim de esclarecer:

Número de plantas em 10 metros da minha lavoura foi de 50 plantas

50/10 = 5 plantas por metro linear

Espaçamento da minha lavoura é de 90 centímetros (0,90 m)

10 000/0,9 = 11 111,11

Multiplicando o n° de plantas por metro linear (5) pelo resultado da divisão acima:

5 x 11 111,11 = 55 555,55

Assim, a população da minha lavoura de milho é de 55 555,55 plantas por hectare.

Passo 4: Utilize a fórmula de estimativa da produtividade de milho por hectare

Após ter o peso médio de grãos de cada espiga, basta multiplicar pelo número total de plantas encontradas no talhão. Exemplo:

produtividade-milho-hectare-metodo-1

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Lembre-se que temos ainda o fator umidade, já que a comercialização é feita com grãos que estejam o mais próximo de 13% de umidade.

Se a umidade estiver muito maior que isso, será necessário descontar a umidade da produtividade.

>> Não erre mais: tudo o que você precisa saber para a compra de sementes de milho

Método 2: Baseado na regra de cálculo “Corn Yield Calculator” da Universidade de Illinois nos Estados Unidos

Passo 1: Conte o número de espigas em 4 m²

Dependendo do espaçamento da sua lavoura, você deve medir o comprimento para resultar em 4 m² e contar as espigas das plantas presentes em duas linhas.

espaçamento-milho-4-m-metodo-2

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Guarde esse dado de quantidade de espigas, pois usaremos mais tarde.

Passo 2: Conte as fileiras das espigas

Escolha três espigas dessas que você coletou e que considere representativas da área. Conte o número de fileiras de grãos e o número de grãos por fileira para cada uma dessas 3 espigas.

Mas, atenção! Desconsidere os grãos da extremidade que sejam menores que a metade do tamanho de um grão normal.

Passo 3: Utilize a fórmula de produtividade de milho

Com todos esses dados em mãos, utilize a fórmula para cada uma das 3 espigas:

produtividade-milho-hectare-metodo-2

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Feito isso, calcule a média de produção estimada das três espigas.

Assim, você terá a estimativa da produtividade para aquela região da propriedade que você coletou as espigas.

Passo 4: Repita as etapas em vários pontos do talhão

Para ter uma estimativa melhor da produtividade de milho por hectare, o ideal é que se repita esses passos em vários pontos.

Novamente, mapas de solo e de produtividade podem te ajudar a direcionar esses pontos de coleta.

Calcule a média dos resultados para estimar a produtividade final da área.

Método 3: Recomendado pela Emater

Passo 1: Conte o número de espigas em 10 m

Escolha um ponto representativo da área, faça a medição de 10 m de linha e conte as espigas.

Guarde esse dado para utilizarmos posteriormente.

Passo 2: Tenha o peso de grãos de 3 espigas

Naqueles 10 m que você contou as espigas, escolhas 3 representativas da área e pese seus grãos.

Não esqueça de corrigir a umidade para 15,5%.

Passo 3: Utilize a fórmula

A produtividade de milho por hectare estimada é obtida pela seguinte fórmula:

produtividade-milho-hectare-metodo-3

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Para melhorar nossa estimativa, é interessante que você faça repetições desses passos em vários pontos da área.

Agora que você já sabe como prever a sua produtividade de milho por hectare, é preciso saber seus custos por hectare.

É necessário ter um equilíbrio entre o que foi produzido e o que foi gasto, resultando no lucro bruto da colheita.

Custo de produção de milho por hectare

Segundo o Imea, no Mato Grosso, o custo total de produção de milho é de R$ 2.789,65 por hectare na safra 2018/19.

O ponto de equilíbrio necessário para cobrir o custo variável está em torno de R$ 20 por saca, segundo o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), considerando-se a produtividade do milho de alta tecnologia de 121,49 sc/ha. Essa é uma média da região de Mato Grosso.

O interessante é você saber na sua propriedade qual é o custo da produtividade de milho por hectare.

Desse modo você vai saber por qual preço compensa realmente vender sua produção, sempre se mantendo atento aos preços de mercado.

Na safra 2015/16, por exemplo, muitos produtores anteciparam a venda de até 70% da produção do milho visando cobrir seus custo.

Mas as condições climáticas daquele ano não ajudaram e a produção acabou não sendo aquela estimada.

Assim, o preço aumentou e muitos produtores não tinham milho para aproveitar esse momento.

É para esses momentos que você precisa ter seus custos de forma fácil e simples de serem visualizados.

Importância de conhecer a produtividade de milho por talhão

Talhão nada mais é do que a unidade mínima de cultivo de uma propriedade, que é construído com base em relevo e planejamento de mecanização.

Conhecer todos os desníveis de sua propriedade…

Saber qual talhão é mais produtivo….

Se possui histórico de mancha de solo ou de alguma doença…

Se costuma ter infestação de alguma praga…

Existe variabilidade em toda a área, o que leva a níveis diferentes de produção em cada talhão.

Devido a essas diferenças, a produtividade de uma cultura pode ser bem mais baixa ou mais alta do que esperado.

produtividade de milho por hectare

Com Aegro, você sabe sua rentabilidade por talhão de modo simples e fácil

Ter todas as informações da sua área na palma da sua mão, de maneira precisa, te previne uma série de problemas com pragas, custos, imprevistos …

Desse modo, saber com antecedência o que você vai produzir pode ser o diferencial para sair na frente da concorrência.

Além disso, para conhecer mais sobre a variabilidade natural do seu campo que aqui citei, você terá que trabalhar com a Agricultura de Precisão!

Saiba mais sobre o tema no artigo “Guia para iniciantes sobre Agricultura de Precisão (AP)”.

Conclusão

A previsão da produção te possibilita saber quais as necessidades futuras de transporte e armazenamento do produto, bem como prováveis ganhos na sua comercialização.

Existem diferentes métodos de estimar a produtividade de milho por hectare, sendo alguns mais simples, e outros nem tanto. Cabe a você escolher qual se adequa mais em sua realidade.

Para um controle real do lucro é preciso saber também seu custo de produção por hectare

A tecnologia representada pelos softwares fornecem informações como essas na palma da sua mão, de maneira precisa, baseada em dados.

Aproveite todas as dicas e os métodos que vimos aqui para melhorar ainda mais o seu negócio! Boa colheita!

>>Leia mais: “Plantação de milho: 5 passos para maior produção e lucro
>>Leia mais: “Plantio de milho: Como garantir a alta produção

Artigo atualizado em 8 de maio de 2019

Gostou do texto? Usa algum outro método de estimativa de produtividade de milho por hectare que não citei aqui? Deixe seu comentário abaixo!