O Blog da Logo da Aegro

Foto de uma lavoura de milho

Entenda como interpretar as informações do Zarc (Zoneamento Agrícola de Risco Climático)

- 21 de fevereiro de 2022

Zoneamento Agrícola: aprenda o que é, qual o objetivo, como funciona, onde e como consultar todos os dados

O Zarc (Zoneamento Agrícola de Risco Climático) é essencial para o planejamento e execução das atividades agrícolas.

Ele identifica os municípios com condições favoráveis para o cultivo de determinada espécie vegetal. Os períodos de semeadura com menor risco climático também são identificados. 

Neste artigo, você verá um pouco mais sobre como consultar o Zarc e sua importância.

O que é o Zarc (Zoneamento Agrícola de Risco Climático)?

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) é uma ferramenta de gestão implementada no Brasil desde 1996. 

Os resultados do Zarc consideram diversos aspectos, como solo, ciclo da cultura e semeadura. 

Conhecer essas variáveis é essencial para realizar a consulta com precisão. Veja um pouco mais sobre os aspectos analisados pela ferramenta:

1. Textura do solo

No Zarc, os solos são agrupados em três categorias:

  • Tipo 1: textura arenosa, com teor de argila maior que 10% e menor ou igual a 15%;
  • Tipo 2: textura média, com teor de argila entre 15% e 35%, e menos de 70% de areia;
  • Tipo 3: textura argilosa, com teor de argila maior que 35%.

2. Ciclo fenológico

As cultivares são classificadas em diferentes grupos. Essa classificação depende da duração média do ciclo e das fases fenológicas.

Para culturas como milho, feijão e soja, o ciclo fenológico é dividido em 4 fases:

  • Fase 1 — Germinação/emergência;
  • Fase 2 — Crescimento/desenvolvimento;
  • Fase 3 — Florescimento/enchimento de grãos;
  • Fase 4 — Maturação fisiológica.

3. Período de semeadura

No Zarc, o calendário é apresentado em intervalos de 10 dias. O período 1 representa os 10 primeiros dias do ano, de 1 a 10 de janeiro. 

O período 2 representa o intervalo entre os dias 11 e 20 de janeiro, e assim em seguida. Contando dessa forma, um ano tem 36 períodos de 10 dias.

Para entender melhor, confira a tabela abaixo.

Tabela com os períodos, datas e meses de semeadura. A tabela é dividia em decênios.

Tabela de período de semeadura

(Fonte: Portaria nº 128, de 18 de maio de 2021)

Como o Zarc funciona?

Através de pesquisas, as exigências fisiológicas das culturas são descobertas. Com informações sobre solo e clima, é possível dizer a quem produz os períodos de plantio mais indicados.

No fim das pesquisas e de cruzamentos de dados de 30 anos passados com essas exigências das culturas, um calendário é definido.

Esse calendário é específico para cada município, tipo de solo e cultivar. Confira agora onde o calendário fica disponível.

Onde consultar o Zarc?

As informações do Zarc podem ser acessadas através de três portais:

  • Painel de Indicação de Riscos;
  • Aplicativo Zarc — Plantio Certo;
  • Portarias de Zarc por Estado.

Agora, veja um passo a passo de como consultar o zoneamento em cada um desses sites.

1. Painel de Indicação de Riscos

A consulta do Zarc pelo Painel de Indicação de Riscos é feita seguindo as etapas a seguir:

  1. Acessar a plataforma Painel de Indicação de Riscos;
  2. Selecionar a aba “Tábua de Risco — 20% 30% 40%”;
  3. Selecionar a safra;
  4. Selecionar a cultura;
  5. Selecionar a sua UF (unidade federativa);
  6. Selecionar o grupo da cultivar;
  7. Selecionar o tipo de solo;
  8. Selecionar o município.

É possível selecionar mais de um município do mesmo estado.

Após selecionar os filtros, um mapa da região é gerado e o período de semeadura é fornecido. Como referência, há três níveis de risco climático: 20%, 30% e 40%.

O calendário é dividido em intervalos de 10 dias

A partir da legenda nos níveis de risco, é possível interpretar as informações e determinar o melhor período para realizar o plantio.

Veja o exemplo a seguir!

Foto do aplicativo Painel de Indicação de Riscos, mostrando através de quadrados a época correta de semeadura. Há quadrados vermelhos, azuis, amarelos e verdes.

Tábua de risco por decêndio para o cultivo de soja no estado da Bahia

(Fonte: Painel de Indicação de Riscos)

2. Aplicativo Zarc — Plantio Certo

Na consulta pelo aplicativo Zarc — Plantio Certo, é necessário indicar o município e depois a cultura de interesse.

A recomendação do período de semeadura é apresentada em períodos de 10 dias. 

Além disso, ela é fornecida em função do tipo de solo, da cultivar e do nível de risco (20%, 30% e 40%).

O aplicativo também fornece informações como:

  • precipitação acumulada;
  • balanço hídrico;
  • temperaturas mínima e máxima de cada decêndio. 

Observe no exemplo abaixo como as informações são apresentadas no aplicativo.

Foto do aplicativo Plantio Certo, mostrando safra, data de semeadura, riscos e grupos de cultivares.

Período de semeadura indicado para a cultura do feijão (2º safra) no município de Jataí (GO), safra 2021/2022 

(Fonte: App Zarc — Plantio Certo)

Portarias de Zarc por Estado

As Portarias de Zarc são divulgadas anualmente no Diário Oficial da União. Elas podem ser acessadas no site do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Para acessar os dados do Zarc é preciso indicar o Estado e a cultura.

Nas Portarias, são publicadas informações técnicas sobre:

  • cultura;
  • ciclo fenológico da espécie;
  • grupo das cultivares;
  • relação dos municípios com condições favoráveis para o cultivo;
  • calendário de plantio;
  • cultivares adaptadas à região.

Os dados são apresentados considerando três níveis de risco de perda (20%, 30% e 40%). Também são considerados os três tipos de solo e o grupo da cultivar.

Veja o exemplo abaixo:

Tabela com períodos de semeaduras para cultivares no município de Água Boa.

Relação de alguns municípios do Mato Grosso aptos ao cultivo de algodão e períodos de semeadura indicados

(Fonte: Portaria nº 128, de 18 de maio de 2021)

No município Água Boa (MT):

  • há solo de textura média (2);
  • foram consideradas as cultivares do grupo II;
  • há um risco de perda de 20%.

Assim, o período recomendado para o cultivo do algodão se estende do 34.º decêndio até o 3.º decêndio (dezembro e janeiro).

Proibições do Zarc

De acordo com as orientações técnicas do Zarc é proibido o plantio de qualquer cultura nas seguintes condições: 

  • áreas de preservação permanente;
  • solos com profundidade inferior a 50 cm;
  • solos com teor de argila inferior a 10% nos primeiros 50 cm de profundidade;
  • solos que se encontram em áreas com declividade superior a 45%;
  • solos muito pedregosos (calhaus e matacões — diâmetro superior a 2 mm — não devem ocupar mais de 15% da superfície do terreno).

Crédito e seguro agrícola

Algumas instituições financeiras exigem o cumprimento das recomendações do Zarc para enquadramento no:

  • Proagro (Programa de Garantia da Atividade Agropecuária);
  • PSR (Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural).

Os dois programas citados são políticas de seguro agrícola do governo federal.

Além disso, muitas vezes o acesso ao crédito de custeio está vinculado à adoção das recomendações do Zarc.  

Portanto, fique de olho: se você for recorrer ao crédito rural, deve estar com as recomendações do Zarc em dia.

Banner de chamada para o download do kit de crédito rural

Conclusão

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático é um importante instrumento de consulta que te orienta quanto à melhor época de plantio. 

A adoção das orientações do Zarc está relacionada à concessão de crédito e seguro agrícola

As informações do zoneamento podem ser acessadas através de três plataformas diferentes, todas com informações completas. 

Adote as recomendações do zoneamento para a redução dos riscos e o sucesso da atividade agrícola.

>> Leia mais: “Zoneamento agrícola para sorgo forrageiro: tudo o que você precisa saber

Você sabia como consultar o Zarc? Já se informou qual a melhor época para realizar o plantio no seu município? Adoraria ler seu comentário.

Comentários

  1. Anderlei de Souza costa disse:

    Olá bom dia , Moro na região de Rio Brilhante , gostei da publicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais proteção no dia a dia do produtor rural

Conheça nossas modalidades de seguros:

✓ Agrícola
✓ Máquinas e equipamentos
✓ Propriedade rural
✓ Vida
✓ Automóveis

Mecanização agrícola: foto de colheitadeira em lavoura