Agronegócio Brasileiro 2020: Veja quais são as estimativas para os principais mercados, previsões de demanda, preços e mais!

O agronegócio representa mais de 20% do PIB nacional e tende a crescer nos próximos anos.

Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Produto Interno Bruto do agro brasileiro deve aumentar 3% em 2020 se comparado a 2019. 

Parte disso se deve ao incremento da produção de soja, além da maior exportação de carne bovina.

Quer saber mais sobre as perspectivas do agronegócio 2020? Acompanhe a seguir os detalhes para cada mercado e os possíveis impactos para sua venda de produtos agrícolas!

Perspectivas gerais do agronegócio brasileiro 2020

Realizando um balanço de 2019, até o mês de agosto, observamos que o PIB do agronegócio registrou alta de 1,38%, puxado principalmente por pecuária, insumos e agroindústria.

E as perspectivas para o agronegócio brasileiro 2020 continuam boas! 

De acordo com o Ipea, a previsão de crescimento do PIB agro para o próximo ano é de 3%.

E, conforme a CNA, o faturamento da atividade agropecuária dentro da porteira (Valor Bruto da Produção – VBP) deve aumentar em 9,8% no mesmo período.

Em 2020, devemos ter também:

  • Aumento na demanda de milho no mercado doméstico para a produção de etanol e alimentação animal;
  • Altos índices de produtividade para a soja;
  • Aumento na produção de trigo;
  • Alta no preço da soja, milho e carne bovina (no caso da carne, ainda patamares menores do que os recordes que vimos neste ano de 2019);
  • Aumento na produção pecuária.

Apesar das boas expectativas, o agronegócio pode sofrer interferências do mercado em geral, por isso é preciso estar atento! 

Em 2019, por exemplo, tivemos muitos reflexos da guerra comercial entre China e Estados Unidos. E esses reflexos devem continuar, em maior ou menor grau, em 2020.

Para não ser pego de surpresa, fique de olho no mercado internacional. Além disso, tenha um bom planejamento e controle das atividades da empresa rural para tomar decisões estratégicas!

Isso vale desde o planejamento de sua semeadura até a comercialização de seus grãos!

Perspectivas do agronegócio brasileiro 2020: Mercado de grãos

A safra total de grãos do Brasil deve alcançar 246,6 milhões de toneladas em 2019/20, segundo a Conab.

Produção no Brasil - Conab

(Fonte: Conab)

Isso representa aumento de 1,9% quando comparado com a safra anterior. Confira a seguir as expectativas para o agronegócio brasileiro 2020 em milho e soja:

Milho

Considerando apenas a safra brasileira de milho 2019/20, devem ser colhidas 98,4 milhões de toneladas. Este volume está próximo ao recorde da safra de 2016/17.

A maior parte da safra – 70,93 milhões de toneladas – devem ser provenientes da safrinha do milho.

Já a expectativa de exportação é de 34 milhões de toneladas, superando 2019.

O preço da saca de milho pode variar de acordo com a região, atingindo faixas de R$ 38 a R$ 46.

Saiba mais em: Expectativas do Mercado do Milho 2020.

Soja

A safra 2019/20 de soja deve continuar a registrar crescimento, como nos últimos anos.

A estimativa é de que a área plantada seja 2,6% maior que na última safra, com produção de 121,1 milhões de toneladas.

Se a previsão se confirmar, será um novo recorde de safra, superando a de 2017/18 que atingiu 119,3 mi de toneladas.

Desta forma, o Brasil superará os Estados Unidos se tornando o maior produtor e exportador de soja mundial.

Apesar do atraso da semeadura em algumas regiões e do clima desfavorável, de acordo com a Conab, 86% da área cultivada com soja no país já havia sido semeada até novembro.

Quanto aos preços, a saca de soja pode variar de acordo com a região, atingindo faixas de R$ 80 a R$ 90.

E lembre-se: embora haja alta na estimativa de produção, o mercado sofre influências internas e externas.

Por isso, planeje sua safra e a melhor opção para sua empresa rural: vender ou armazenar seus grãos.

Perspectivas do agronegócio brasileiro 2020: Produção animal

A pecuária deverá crescer 14,1% no próximo ano, de acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Tudo indica que 2020 será o ano do setor!

A pecuária tem sido impulsionada principalmente pelas exportações de carne devido ao impacto da peste suína africana em diversos países.

De modo geral, são essas as perspectivas do agronegócio brasileiro 2020, considerando a produção animal:

exportações de carne - CNA
Agronegócio Brasileiro 2020

(Fonte: CNA)

Devido a isso, a produção animal no Brasil tende a aumentar, assim como o preço dos produtos no mercado interno.

O preço da arroba do boi gordo pode atingir faixas de R$ 170 a R$ 215. Já o preço de suínos pode variar de R$ 4 a R$ 7/kg.

Com relação à produção de ovos, o mercado tende a se manter estável. Para os lácteos, o custo no mercado nacional deve subir devido à instabilidade do mercado.

Produção e Exportação - CNA

(Fonte: CNA)

Conclusão

O agronegócio no Brasil apresenta um cenário positivo para o ano de 2020.

Contudo, devido às instabilidades do mercado, é fundamental que você esteja sempre informado para tomar as melhores decisões.

Realize sempre um bom planejamento e tenha à mão todos os seus custos.

Antes da tomada de qualquer decisão, observe bem o mercado e trace estratégias para sua maior rentabilidade. Cautela e planejamento são as palavras-chave para o sucesso de sua fazenda!

Espero que com essas dicas, você alcance ainda mais sucesso em sua empresa rural!

>> Leia mais:

Tendências para o preço de adubo de soja 2019/20
Tomada de decisão certeira: Expectativas do mercado para a safra 2019/20
Seguro Rural 2020: Entenda melhor e veja as novidades

O que você achou das perspectivas do agronegócio brasileiro 2020? Como você costuma acompanhar as expectativas do mercado? Adoraria ver seu comentário!