Gestão da propriedade rural, estratégia e passo a passo para o sucesso do seu negócio. Confira agora!

Ter conhecimento sobre tudo que vem ocorrendo na propriedade rural é uma estratégia certeira para tomar melhores decisões.

Porém, a importância de realizar um controle eficiente da fazenda muitas vezes passa despercebida pelos empresários rurais. 

Para atingir bons resultados é preciso analisar uma série de fatores que influenciam na produtividade e na rentabilidade do negócio.

Neste texto, vou te mostrar como melhorar a sua gestão da propriedade rural e obter uma ampla visão sobre o cenário do seu empreendimento.

Por que é preciso melhorar a gestão da propriedade rural?

Atualmente, o cenário agrário é atrativo devido à sua grande importância econômica. Entretanto, nem todos que entram nesse setor encaram a fazenda como uma empresa ou um negócio. 

É muito comum encontrar pessoas que realizam atividades da forma como os seus antecessores faziam, sem buscarem trabalhar de formas mais eficientes.

Para ser tratado como empresário rural, o produtor precisa utilizar recursos voltados ao gerenciamento, planejamento e execução do seu trabalho – sempre visando a melhoria de processos.

gestão da propriedade rural

(Fonte: Socicana)

Quando o produtor cumpre papel de gerente e supervisor, ele se torna mais independente, pois adquire o domínio da rotina básica de seu empreendimento rural.

Em posse de todas as informações do negócio, o produtor consegue estabelecer relações evolutivas com o mercado, pois começa a lidar com a profissionalização

É crucial, nesse processo de profissionalização, a coleta, o processamento e a análise de uma grande quantidade de dados. 

Por isso, é necessário ter em mãos ferramentas robustas e completas que permitam um estudo generalizado da fazenda, relacionando todos os seus pilares e permitindo resultados produtivos de sucesso. 

Vantagens do gerenciamento rural

Melhorar o seu gerenciamento rural lhe permite:

1. Assegurar que haja estabilidade nas entradas e saídas (fluxo de caixa) mensais de recursos financeiros na propriedade;

2. Equilibrar a combinação dos recursos produtivos ao longo do tempo, em termos de demandas de mão de obra, equipamentos e insumos, bem como as fontes de renda e formas de comercialização dos vários produtos; 

3. Minimizar os riscos do produtor ao selecionar bem as atividades e trabalhar com estudos futuros do mercado; 

4. Preparar o produtor rural para ajustar as atividades em função de diferentes períodos de crise, de preços de insumos e de produtos gerados na propriedade;

5. Viabilizar a adequação ambiental da propriedade rural, assegurando a manutenção dos recursos naturais fundamentais aos processos produtivos. 

Algo que jamais pode ser esquecido é que o processo de gestão deve ser contínuo e permanente.

Afinal, manter um histórico produtivo auxilia na tomada de decisões. 

Controle de custos inteligente

No processo de gerenciamento de um negócio rural, assim como no plantio, o controle de custos de produção também tem sua carga de importância. 

Conhecer todas as entradas e saídas da propriedade rural não é uma atividade tão complexa, mas requer o acompanhamento periódico das contas.

Esse acompanhamento pode ser feito de forma manual, com a inserção de dados em planilhas de Excel.

Todavia, para agilizar a sistematização dessas informações no dia a dia, os produtores rurais devem recorrer ao uso de um software (aplicativo). 

Esta ferramenta vem substituindo os métodos anteriores porque torna mais fácil a manutenção de um fluxo de caixa. 

Mas o principal benefício de um software é a forma como ele faz uma análise global da situação financeira da propriedade através do cruzamento de dados, permitindo tomadas de decisões mais assertivas. 

gestão da propriedade rural

Como fazer o fluxo de caixa

Os ajustes no âmbito agrícola devem ser feitos interligando planejamento e controle. Antes de tomar qualquer decisão, o produtor rural deve conhecer bem como está a situação financeira de sua propriedade. 

Esse controle é nomeado como fluxo de caixa, onde serão inseridas as receitas e despesas, ou seja, o cadastro do seu saldo atual, saldo de entrada, saldo de saída, e saldo final.

Neste tipo de controle, subdividir as categorias em grupos facilita a caracterização das despesas e das entradas, aliando ainda, ao período que estão ocorrendo essas movimentações.

Com isso, o produtor consegue identificar onde ocorrem gastos excessivos e tentar de alguma forma contornar a situação, para estabilizar os valores financeiros. 

Desta maneira, as decisões adotadas serão fundamentadas em dados numéricos, propiciando a sustentação da empresa rural. 

Análise de dados

Quando estamos falando de planejamento, logo temos em mente dados. E quanto mais, melhor!

Mas de que adianta uma grande quantidade de dados se quando buscamos respostas não sabemos interpretá-los?

Com isso, uma tendência é a utilização de big data, que consiste no armazenamento de um grande grupo de dados, chegando com rapidez a interpretações que garantem produtividade.

Com essa tecnologia conseguimos manter um negócio rural muito mais produtivo, pois temos um aproveitamento eficaz dos recursos.

Gestão de pessoas 

Em uma propriedade rural estamos enviesados com máquinas e ferramentas cada vez mais tecnificadas.  

Porém, algo que continua sendo ainda muito importante são as pessoas, estas que estão vinculadas ao processo produtivo e ao investimento de sua propriedade. 

No processo de gestão de pessoas é necessário definir cargos e tarefas, para que as demandas sejam atendidas

Além de elencar o que fazer a estas pessoas é fundamental o ensinamento de como fazer, isto é, treinamento. Visto que cada vez mais vêm ocorrendo mudanças e tecnificação no sistema de gerenciamento. 

O produtor que é bom gestor, também consegue identificar a necessidade de capacitações e consegue reconhecer habilidades e agrupamentos favoráveis de pessoas para a realização de atividades. 

Afinal, de nada adianta usar soluções tecnológicas e ferramentas de gestão se as pessoas não estão familiarizadas com a tecnologia e com a estrutura de gestão da empresa. 

Software para gestão da propriedade rural

A melhor maneira de agregar dados estratégicos para a boa gestão da propriedade rural é utilizando um software agrícola como o Aegro.

Essa ferramenta une as áreas operacional e financeira da fazenda, centralizando informações que costumam ficar espalhadas em diferentes sistemas ou planilhas.

Com o Aegro, você automatiza seu fluxo de caixa. É possível vincular diferentes contas bancárias ao sistema e ficar em dia com as parcelas a pagar e receber em cada uma delas. 

Além disso, o software permite que você planeje as atividades realizadas pela sua equipe, definindo quantas horas de trabalho devem ser gastas com cada operação.

No final do ciclo produtivo, o Aegro ainda te oferece uma análise detalhada de rentabilidade. Desta maneira, você pode entender o que deu certo ou errado e otimizar os processos da sua lavoura.

Tudo isso pode ser feito pelo computador ou celular! Confira as principais funcionalidades do software:

  • Gestão de patrimônio e de máquinas;
  • Operações agrícolas;
  • Gestão financeira e comercialização;
  • Monitoramento integrado de pragas;
  • Cotação de seguros agrícolas; 
  • Integração com o Climatempo, para verificar as previsões em tempo real;
  • Imagens de satélite e NDVI;
  • Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR). 
Gestão da propriedade rural com o Aegro

Confira algumas opções para começar a gerenciar sua propriedade com o Aegro agora mesmo:

  • Teste grátis do sistema completo por 7 dias (clique aqui);
  • Aplicativo gratuito para celular Android (clique aqui);
  • Aplicativo gratuito para celular iOS (clique aqui);
  • Utilize seus Pontos Bayer para contratar a versão completa do Aegro (clique aqui).

Conclusão

Como você conferiu ao longo do texto, as melhores práticas para gestão da propriedade rural ajudam o produtor a identificar pontos de melhoria no seu negócio e alcançar o sucesso.

É possível concluir que a agricultura cada vez mais será sustentada por ferramentas dinâmicas de gestão, como é o caso dos softwares, que possibilitam a associação de informações e rapidez nas interpretações. 

Com gestão, o negócio rural começa a ser mais eficiente e mais produtivo, podendo, então, ser caracterizado como profissional. 

Você faz a gestão da sua propriedade rural? A forma como vem trabalhando está surtindo efeito produtivo? Deixe seu comentário, vamos conversar mais sobre esse tema.