Governança corporativa: Entenda como ela pode facilitar a administração o processo de transição da empresa rural de pai para filhos e entre os sócios.

Você sabia que 95% das empresas do Brasil têm origens familiares – e que destas apenas 16% chegam na terceira geração?

Pois é! Essa situação se repete também na agricultura. Afinal de contas, quantas vezes os filhos ou netos não conseguem levar adiante a empresa rural…

Um dos caminhos para a transição da fazenda é justamente a governança corporativa.

Sua implantação ajuda a garantir a longevidade da empresa familiar, auxiliando na transição para outras gerações, na gestão, na agregação de valor e sucesso da empresa rural.

Com as ferramentas corretas é possível enfrentar os desafios e prevenir os altos riscos! Para te auxiliar neste processo, preparamos esse artigo. Confira a seguir:

Qual o principal objetivo da governança corporativa?

A governança corporativa pode ser definida como os processos, costumes, políticas e leis, usados na administração de uma empresa.

O principal objetivo da governança corporativa é garantir a confiabilidade.

Assim, a comunicação direta e assertiva é um dos caminhos a serem tomados. Deste modo, consegue-se uma maior confiança entre os sócios.

Os interesses precisam ser alinhados por meio de regras, funções e responsabilidades que precisam ser bem definidas.

Em empresas familiares rurais, um dos grandes problemas é a transição da empresa para as futuras gerações. Neste caso, a governança corporativa evita os conflitos que acabam fazendo com que todo o negócio seja perdido.

governança corporativa

O valor da governança corporativa
(Fonte: Exame)

Benefícios da governança corporativa

A prática de governança corporativa pode trazer inúmeros benefícios. Abaixo, listamos os principais:

  • Mais comunicação entre os proprietários;
  • Melhora na gestão da empresa rural;
  • Valorização da imagem;
  • Possível atração de investidores;
  • Aumento na longevidade da empresa;
  • Melhoria na administração dos conflitos;
  • Atração de novos talentos.

Nas empresas rurais familiares, a governança corporativa auxilia na criação de controles e rotinas administrativas, além de estabelecer a relação profissional entre pais e filhos e preparar para a sucessão do patrimônio em vida.

Como funciona a governança corporativa?

A governança corporativa visa profissionalizar a forma como é feita a gestão da empresa. E, com isso, assegura uma maior autonomia de cada membro.

Proporciona mais organização, agilidade e transparência aos processos da empresa, além de delimitar a estrutura, os processos gerenciais e as relações profissionais. 

Funcionamento de uma governança corporativa
(Fonte: Si Projetos)

Quais são as práticas de governança corporativa?

A governança corporativa é muito mais do que uma estratégia adotada pela empresa. É uma cultura que ela adota e, algumas práticas ajudam neste processo.

Vamos ver as 5 práticas que podem ser adotadas na governança corporativa:

  • Estabeleça uma hierarquia;
  • Monte políticas organizacionais;
  • Tenha um conselho consultivo;
  • Faça tudo em etapas;
  • Tenha um bom acompanhamento.
governança na prática

Governança na prática
(Fonte: Dinheiro Rural)

A hierarquia é necessária em toda empresa: todos devem saber a quem reportar os assuntos e a quem responder. Mas, lembre-se do princípio de equidade: tratamento justo sempre.

Com a hierarquia, consegue-se definir as atividades e a prioridade de cada uma delas. Portanto, estabeleça cargos e responsabilidades.

Cada membro da equipe precisa saber qual o seu papel e, para isso, é essencial montar políticas organizacionais. Assim, cada um saberá qual sua função na tomada de decisão.

No conselho consultivo, coloque pessoas capacitadas e de confiança para que possam passar uma orientação adequada e completa.

Se você ainda não implantou um sistema de governança corporativa na sua empresa, não tenha pressa. Faça tudo aos poucos, pois toda mudança na gestão empresarial exige tempo e dedicação.

Após estabelecida a cultura organizacional, os outros passos serão apenas consequências de um bom trabalho.

Após tudo estabelecido e em andamento, faça um bom acompanhamento. Isso pode ser feito por meio de reuniões ou até de auditorias independentes. Assim você saberá como está o projeto e a situação da empresa.

Quais são os quatro pilares da governança corporativa?

A governança corporativa possui 4 pilares essenciais que são: transparência, equidade, prestação de contas (accountability) e responsabilidade.

A transparência deve garantir que todos os envolvidos no processo (proprietário, filhos, sócios e demais partes interessadas) estejam informados sobre todas as tomadas de decisão.

A equidade faz referência à forma com que todos da empresa são tratados, ou seja, não importa qual a posição que cada um ocupa ou qual função desempenha, todos devem ser tratados de forma igualitária.

A prestação de contas não diz respeito apenas à parte financeira, mas todos devem prestar contas dos seus atos e decisões.

A responsabilidade corporativa é o pilar que mostra que não são apenas os fins lucrativos que garantem a longevidade daquele negócio, mas sim todo o seu papel perante a sociedade.

quatro pilares governança corporativa

Os quatro pilares da governança corporativa
(Fonte: GACS)

Pontos essenciais para empresas familiares rurais

  • Formalize a comunicação e os papéis entre os membros para manter as relações familiares e o negócio de forma saudável;
  • A implantação da governança é um processo que deve acontecer de forma gradual, pois as vezes é preciso construir novas regras e situações que não faziam parte do dia a dia daquela família;
  • Adote boas práticas de governança;
  • Defina os papéis de cada membro, principalmente em empresas rurais, nas quais é comum cada integrante acumular mais de uma função;
  • Crie estratégias, planeje as diretrizes estratégicas, defina os investimentos e a distribuição de lucros;
  • Faça um protocolo familiar no qual deve estar registrado o compromisso dos membros da família;
  • Tenha um conselho de administração (diretoria) e de sócios, aos quais devem ser prestados as contas e atos. No caso das empresas familiares, geralmente são os pais; o conselho ajudará a organização da sucessão;
  • Formalize as operações e remunerações.
governança corporativa em empresa familiar

Governança corporativa em empresas familiares 
(Fonte: SAFRAes)

O que deve ser evitado na governança corporativa

O sucesso da governança corporativa também depende de alguns fatores que devem ser evitados. Entre essas atitudes estão:

  • Usar informações para o seu benefício ou para causar conflitos;
  • Abuso de poder;
  • Falta de atenção aos erros.
governança corporativa

As tendências da governança corporativa 
(Fonte: Relações com Investidores)

Conclusão

Neste artigo vimos como implantar a governança corporativa na sua empresa, considerando as peculiaridades das empresas rurais e familiares.

Compreendemos os objetivos, benefícios e os pilares da governança corporativa.

Vimos que ela auxilia nos processos e até mesmo no desenvolvimento econômico da empresa rural, ajudando nos processos de sucessão familiar.

Agora que você entendeu mais sobre o tema, que tal começar a utilizar os princípios e pilares para uma boa governança corporativa na sua empresa rural?

>> Leia mais: “Como fazer fluxo de caixa sem complicação na sua fazenda

>> Leia mais: “Como eduzir o custo da safra com um fluxo de caixa efetivo

Gostou do texto? Tem mais dicas ou dúvidas sobre a governança corporativa? Adoraria ver o seu comentário abaixo!