Pesticidas prejudicam a biodiversidade? Uso de glifosato pode reduzir absorção de nutrientes? Brasil é o país que mais utiliza pesticidas? Tire essas e outras dúvidas agora! 

Após a revolução verde e o aumento das áreas agrícolas, ocorreu consequentemente o aumento do uso de pesticidas. 

Desde então, polêmicas vêm sendo geradas sobre o uso desses produtos em nosso país. 

Por um lado, muitos defendem que o Brasil é o país que mais consome pesticidas no mundo; que inúmeras doenças estão associadas a seu uso; e que a agricultura poderia alimentar o mundo sem utilizá-los. 

Do outro, estão os que pensam que pesticidas são inofensivos; que existe a extrema necessidade de novas moléculas; e que a agricultura não poderia alimentar o mundo sem utilizá-los. 

Neste artigo, vamos discutir alguns mitos e verdades propagados pelos dois extremos e trazer informações técnicas para melhor explicá-los. Confira!

1º Mito ou Verdade: O Brasil é o país que mais consome pesticidas no mundo (5 litros por habitante) 

Mito. Esta é uma maneira extremamente tendenciosa de mostrar os dados!

Nessa notícia, simplesmente houve uma divisão da quantidade total de pesticidas utilizados no país pelo número total de habitantes. 

Isso não é correto, pois nem todos os produtos serão aplicados em cultivos destinados à alimentação humana.

Devemos considerar inúmeros outros fatores como a área cultivada no país e a diversidade de culturas produzidas. 

Porém, a redução do uso de pesticidas é totalmente possível por meio de recomendações corretas para controle de pragas no momento correto. 

Além disso, utilização de outras técnicas de manejo como a rotação de culturas, adubação verde, controle biológico e indução de resistência têm apresentado ótimos resultados e devem ser mais utilizadas. 

2º Mito ou Verdade: A utilização de pesticidas prejudica a biodiversidade do meio ambiente 

Verdade. A utilização em larga escala de pesticidas vem afetando drasticamente a biodiversidade, diminuindo a existência de inimigos naturais de pragas, insetos polinizadores e microorganismos benéficos do solo. 

Mesmo se todos os produtores seguirem todas a recomendações de uso e posicionamento técnico, ainda assim ocorreriam alguns impactos ao meio ambiente. 

Porém, o problema é agravado quando a utilização destes produtos é feita de modo indiscriminado, em modalidades proibidas (ex: aplicações aéreas de produtos não autorizados) ou de pesticidas contrabandeados ou falsificados.

Um grande problema que vem sendo relatado é a diminuição da população de abelhas ao redor do mundo. Isso preocupa muito os pesquisadores devido à sua grande importância como polinizadoras de plantas.

pesticidas

(Fonte: DW)

3º Mito ou Verdade: Lavar frutas com bicarbonato de sódio elimina 100% dos resíduos de pesticidas

Mito. A boa higienização de frutas e verduras antes do consumo é essencial. Porém, a utilização de bicarbonato de sódio ou outras técnicas de limpeza não garante a retirada completa de qualquer produto aplicado durante o cultivo de frutas e verduras.

Se o produto for aplicado dentro das recomendações para a cultura, não se preocupe: a ocorrência de resíduos é insignificante ou nula!

Contudo, se aplicado fora da recomendação, pode ocasionar resíduos! Mas, a solução de bicarbonato não será eficiente, pois, como muitos produtos têm ação sistêmica ou fisiológica, esse resíduo estará presente não apenas na superfície externa.

O que realmente tem sido efetivo para impedir a contaminação de alimentos são campanhas de conscientização para uso correto de pesticidas e fiscalização de alimentos, como vem sendo feito pela Anvisa.

Um grande problema em nosso país é detecção de resíduos do uso de agrotóxicos em uma cultura que não tem registro para os mesmos. 

Por isso, é importante que o governo adote medidas para melhorar o suporte fitossanitário de culturas consideradas de suporte fitossanitário insuficiente.

Desta forma, produtores teriam opções disponíveis para controle de pragas em seus cultivos. Estes seriam corretamente recomendados por um agrônomo sem infringir a lei ou prejudicar o meio ambiente e consumidor final.

Fonte: Gazeta do Povo

4º Mito ou Verdade: O uso de glifosato pode influenciar negativamente na absorção de nutrientes e fixação biológica de nitrogênio da soja RR 

Verdade. Existem trabalhos que demonstraram que, nas primeiras gerações de soja RR, havia menor absorção de nutrientes e água e redução na fixação biológica de N em plantas tratadas com glifosato.

Porém, a empresa detentora desta tecnologia vem tentando contornar este problema nas últimas gerações lançadas

Além disso, vem sendo muito estudados os problemas ocasionados pelo uso intensivo e continuado deste produto ao longo dos anos e qual o impacto, por exemplo, do acúmulo dos composto provenientes de sua decomposição para o meio ambiente. 

Mas, até o momento, não foram detectados problemas tão graves a ponto de ser necessário tirar esta molécula do mercado.  

É importante que existam estudos que avaliem o risco ambiental de diferentes técnicas e produtos que vêm sendo utilizados na agricultura. O mesmo vale quanto à saúde humana, para impedir problemas maiores aconteçam no futuro! 

5º Mito ou Verdade: Alimentos orgânicos são mais saudáveis e devem ser consumidos sempre no lugar de alimentos convencionais 

Mito. Não é possível afirmar que os alimentos orgânicos são mais saudáveis ou de melhor qualidade em relação aos convencionais. Se produzidos de maneira correta, os dois terão a mesma qualidade. 

Muitas pessoas optam por comprar alimentos orgânicos sem se preocuparem quanto à sua procedência ou como realmente foram produzidos pelo simples fato de serem orgânicos.  Procure sempre pelo selos que asseguram que são orgânicos, como os abaixo:

(Fonte: IBD)

Fique atento, pois alimentos orgânicos mal produzidos podem estar contaminados com patógenos, insetos ou outras substâncias prejudiciais ao homem. 

Por isso quando adquirir um alimento, seja ele orgânico ou convencional, tenha certeza de sua procedência. E faça sempre uma boa higienização antes do consumo.    

6º Mito ou Verdade: A utilização de pesticidas pode contaminar águas subterrâneas 

Verdade. Alguns estudos recentes demonstraram que alguns pesticidas são comumentes encontrados em águas subterrâneas ou corpos de água. Alguns deles estão proibidos há anos no país, porém ainda persistem nestes locais.   

A contaminação de águas (lençóis freáticos) por pesticidas está diretamente ligada às normas de utilização desses produtos. Se estas não forem seguidas, associadas ao uso indiscriminado, podem ocasionar sérios problemas ao meio ambiente e à saúde humana. 

Um dos grandes avanços que o Brasil conseguiu foi o alto índice de devolução de embalagens de pesticidas. O percentual ultrapassa muitos países desenvolvidos inclusive, o que diminui o risco de contaminação ambiental.

Porém, muito ainda pode ser melhorado. Além disso, estudos contínuos sobre a contaminação ambiental e risco associado são de suma importância, inclusive para preservar os recursos naturais que são explorados através da agricultura.  

7º Mito ou Verdade: Culturas transgênicas transmitiram genes mutantes para plantas daninhas deixando-as resistentes a herbicidas 

Mito. As plantas transgênicas com resistência a herbicidas não têm a capacidade de transferir genes de resistência para outras espécies. 

Se houver possibilidade de uma cultura transgênica cruzar com uma espécie de planta daninha do mesmo gênero (ex: espécies com proximidade botânica podem cruzar), jamais seria aprovada pela CTNBio.  

O problema da resistência de plantas daninhas é explicado pelo uso indiscriminado de um mesmo herbicida em uma grande área, o que pode selecionar indivíduos resistentes.

E, devido ao uso contínuo deste produto, estas plantas se desenvolveram e produzem sementes dominando o ambiente em relação aos indivíduos sensíveis. 

Desta forma, pode-se afirmar que a resistência de plantas daninhas a herbicidas está ligada ao manejo incorreto de herbicidas e não à transferência de genes de cultivos transgênicos.   

pesticidas

Pesticida é substância química ou agente biológico com intuito de destruir, repelir ou mitigar qualquer praga; primeiro pesticida utilizado foi enxofre e depois compostos químicos como arsênio e mercúrio 

(Fonte: MAPA)

8º Mito ou Verdade: A compra de pesticidas via internet sem receituário agronômico é proibida 

Verdade. O Brasil possui um conjunto de leis que regulamenta a venda de pesticidas. Desta forma, a empresa deve cumprir uma série de normas para realizar a venda, incluindo a forma de armazenamento e transporte desses produtos. 

Além disso, somente é permitida a compra de pesticidas por produtores rurais cadastrados no CARD/PRO. É preciso ainda comprovar a necessidade de uso por meio de um receituário agronômico. 

Conclusão

Neste artigo vimos algumas notícias sobre pesticidas que são cada vez mais disseminadas pela internet, sobretudo nas redes sociais.  

Discutimos até que ponto essas informações poderiam ser verdadeiras e quais os pontos relevantes sobre o assunto. 

Sempre que ler uma notícia nas redes sociais, antes de compartilhá-la, verifique se a informação é verdadeira com um profissional da área ou com trabalhos científicos confiáveis. 

>> Leia mais: “Defensivos agrícolas: 8 curiosidades que você deveria saber

>> Leia mais: “O que você precisa saber sobre mistura de defensivos agrícolas

Você já recebeu alguma dessas notícias sobre os pesticidas? Ficou surpreso com alguma informação passada? Adoraria ver seu comentário abaixo!