Planejamento operacional: Aprenda os principais pontos para planejar suas atividades e tornar sua propriedade mais eficiente. 

Você já teve aquela sensação de que poderia estar extraindo mais de sua fazenda?

A falta de organização geralmente é uma das principais causas de ineficiência e altos custos nas propriedades agrícolas.

O planejamento operacional pode te ajudar a organizar melhor suas atividades e tornar sua fazenda mais eficiente e lucrativa.

Entenda no texto a seguir!

Os tipos de planejamento

Ao realizar o planejamento de uma empresa, temos várias esferas e níveis de detalhamento. Assim, tem-se os diferentes planejamentos: estratégico, tático e operacional.

planejamento operacional

(Fonte: Marcocontabilidade.com.br)

No planejamento estratégico, definimos os objetivos de nossa empresa, numa visão mais ampla e de longo prazo. É o “destino da nossa viagem”.

Já o planejamento tático são os meios que serão utilizados até o nosso objetivo. Seria o carro e as várias rotas até o nosso destino.

Mas então, o que é o tal planejamento operacional?

O planejamento operacional é o mais específico dos três, onde o nível de detalhamento é maior. Ele é o motor e as engrenagens que fazem nosso carro funcionar corretamente e nos levar ao nosso destino.

Em nossa empresa rural, o planejamento operacional corresponde ao detalhamento das diversas operações que compõem o dia a dia. 

Por que realizar o planejamento operacional?

Processos básicos como controle de estoque e das operações podem representar uma boa parte dos custos de uma empresa rural.

Como é extremamente detalhado, o planejamento operacional permite um controle fino da nossa propriedade. 

Além disso, proporciona maior eficiência em nossa gestão, minimizando custos e maximizando nosso lucro.

Começando os planos…

Enquanto o foco dos outros dois planos é no médio e longo prazos, o plano operacional foca no curto prazo. É mais ou menos assim: 

“O que nós podemos fazer hoje (curto prazo) que permitirá atingir nossos objetivos no futuro (médio/longo prazo) da melhor maneira possível?”.

Essa pergunta tem todos os elementos que resumem a essência do planejamento operacional. Nós a usaremos como exemplo a seguir.

Quando realizamos o planejamento operacional, devemos ter algumas questões em mente. Respondê-las significa detalhar cada operação e tornar o nosso planejamento mais robusto e correto.

1. O que fazer?

É cada uma das operações de sua propriedade que precisam ser realizadas a fim de alcançar os objetivos e metas de nossa empresa.

Desde avaliar os recursos disponíveis, organizar as finanças e os estoques até planejar as operações de plantio e colheita da fazenda.

De um ponto de vista mais prático, e partindo do pressuposto a empresa rural já está organizada, nosso foco seria nas atividade do dia a dia da fazenda como o plantio, as adubações, controle de daninhas, etc.

Planejamento operacional da empresa é fundamental para atingir objetivos futuros

(Fonte: EESC Jr – USP)

2. Por que fazer o planejamento operacional?

É uma pergunta simples mas que nunca deve ser esquecida. Todas as operações devem ser direcionadas para atingir os objetivos definidos previamente e/ou adaptar-se a um novo planejamento.

3. Como fazer?

São os detalhes de cada operação propriamente dita, com os insumos e os meios utilizados. Suponhamos que iremos iniciar o plantio de uma área de milho, tudo deve ser especificado:

  • Qual será a área plantada
  • Qual semente e a quantidade utilizada.
  • Quanto de adubo será usado no plantio.
  • Qual trator e plantadeira iremos utilizar.
  • Qual a população de plantas.

A lista poderia continuar, mas já deu pra entender a ideia, não é?

Esses detalhes todos entram no planejamento e são avaliados após a realização de cada operação. 

Quanto mais detalhes, maior será seu controle sobre sua empresa. Mas sua dedicação terá que ser maior também.

4. Quem vai fazer?

Definidas as operações, devemos designar quem irá realizá-las.

No planejamento operacional, isso é muito importante. Cada operação está alinhada com os recursos humanos – um colaborador ou um grupo de colaboradores.

É importante que isso fique claro! Seja em um quadro onde todos possam ver as atividades que lhe cabem ou de uma maneira mais sofisticada, com uso de softwares.

planejamento operacional

Planejamento das atividades da fazenda pode ser facilmente visualizado com uso do Aegro

5. Quando faremos o planejamento operacional?

Há um momento certo para a realização das operações, obedecendo critérios técnicos e/ou econômicos.

Para que tudo siga o cronograma, é importante que se estabeleçam datas e prazos para as atividades.

Sabemos que imprevistos que atrasem as operações podem ocorrer (chuvas, por exemplo). Por isso, é importante darmos um prazo para a conclusão das atividades e avaliar o resultado depois desse prazo.

(Fonte: Ideal Marketing)

6. Quanto isso vai custar?

As diversas operações que compõe uma empresa rural têm sempre um custo associado.

Seja o gasto com insumos em si ou a própria depreciação do equipamento, tudo deve ser levado em conta na hora de calcular esses gastos.

O planejamento bem feito permite que façamos um orçamento prévio dos custos das operações, o qual podemos comparar com o custo atual da mesmas operações.

Assim, somos capazes de controlar melhor os recursos financeiros, avaliar a eficiência atual de nossa empresa e melhorar a cada planejamento.

Recapitulando as ideias

Lembra da nossa pergunta lá do início? 

“O que nós podemos fazer hoje (curto prazo) que permitirá atingir nossos objetivos no futuro (longo prazo) da melhor maneira possível?”.

Vamos agora respondê-la de maneira mais detalhada, para resumir a ideia do planejamento operacional.

“O plantio do milho (o que) será realizado na terça de manhã (quando) pela equipe do senhor José (quem) com o trator X e a plantadeira Y (como). Isso irá nos custar R$ (quanto) e nos permitirá seguir com os cronograma da empresa (o porquê)”.

De maneira simplificada, com o planejamento operacional é possível responder a essas perguntas.

Detalhes são a chave para o sucesso

Ao realizar o planejamento operacional, é fundamental que tenhamos nossa empresa “na palma da mão”. Devemos conhecer os recursos disponíveis e termos definição de metas de nossa empresa rural. 

Desse modo, cada operação é planejada dentro do orçamento e da maneira que melhor atenda nossos objetivos.

Um bom planejamento pode e deve ser atualizado! O mercado é dinâmico e sua empresa deve estar sempre pronta para se adaptar a eventuais mudanças.

Por isso, é necessário que constantemente façamos a reavaliação dos nossos projetos, fazendo os ajustes necessários.

Para correta avaliação e controle das operações, é muito importante que sejam feitos relatórios de cada atividade. 

Assim, garantimos que o resultado de cada operação seja o desejado. E, caso algo dê errado, sabemos exatamente o que ocorreu e dispomos das ferramentas para consertar o erro. Fique ligado!

A tecnologia é uma grande aliada do planejamento operacional

Como você pode perceber, são muitos detalhes que devemos controlar para que tenhamos sucesso no planejamento.

Tomar conta de tudo isso é trabalhoso e muitas vezes não conseguimos visualizar as informações facilmente. 

Softwares de gestão agrícola, como o Aegro, facilitam todo esse processo. Com ele é possível integrar todas as informações de sua propriedade, desde o estoque até a rentabilidade de cada área ou atividade.

O planejamento operacional fica muito mais fácil, pois é possível programar cada operação, designando o operador, a máquina e a área que será utilizada.

planejamento operacional

Com Aegro você consegue visualizar facilmente as operações e os custos de cada categoria em sua propriedade

Teste por você mesmo o software de gestão agrícola Aegro. Temos algumas opções grátis para você começar agora:

Para a versão completa, fale com um de nossos consultores aqui!

Conclusão

Neste artigo, vimos a importância do planejamento operacional e como ele pode trazer inúmeros benefícios à nossa fazenda, desde maior fluidez das atividades até maior lucratividade.

Para sua realização correta, é necessário que tenhamos nossa empresa organizada, desde o estoque até a parte financeira. 

Também é fundamental que conheçamos nosso planejamento e como cada atividade é realizada.

Assim, podemos traçar um planejamento operacional sob medida para nossas necessidades, sem elevar os custos e maximizando a eficiência de nossa propriedade.

>> Leia mais: “Você sabe onde está o gargalo do seu planejamento agrícola?

>> Leia mais: “5 aplicativos para planejamento agrícola que você deveria conhecer”

>> Leia mais: “6 passos para fazer o planejamento financeiro da sua fazenda com sucesso

Você já tentou melhorar o planejamento operacional da sua fazenda? Restou alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo! Grande abraço!