O Blog da Logo da Aegro

produtividade de milho por hectare

Saiba sua produção de milho por hectare através de 3 métodos (+planilha grátis)

- 8 de maio de 2019

Atualizado em 25 de abril de 2022.

Produção de milho por hectare: saiba como estimar, calcular seus custos e a produtividade da sua lavoura de milho

Estima-se que mais de 115,6 milhões de toneladas de milho sejam colhidas em 2022 no Brasil. Mas essa projeção é ampla.

Dentro da porteira, quem produz se pergunta sobre a sua estimativa e sobre o retorno financeiro para pagar as contas.

Se essa é uma preocupação para você, saiba que existem vários métodos para estimar a produtividade da sua plantação de milho.

Neste artigo, veja em passos simples como estimar sua produção de milho por hectare mesmo antes da colheita. Boa leitura!

Como fazer as estimativas de produção de milho por hectare?

Saber como será a produtividade do campo antes da colheita é uma forma de você organizar e planejar melhor atividades futuras. Investimentos, transporte, armazenagem e possíveis ações de colheita e pós-colheita são exemplos.

Você provavelmente coleta amostras representativas da lavoura para a previsão da produtividade de milho. A seleção dos locais para a amostragem é muito decisiva.

Características individuais de um determinado híbrido de milho, condições ambientais diferentes ou fatores de manejo podem afetar a precisão das estimativas.

Lembre-se de escolher sempre plantas que sejam o mais parecidas possível com o restante da lavoura.

Depois disso, é hora de estimar a produção de milho por hectare. Existem 3 diferentes métodos para isso, uns mais simples e outros nem tanto.

Agora, veja quais são esses métodos na cultura do milho e escolha o que mais se encaixa na sua realidade. 

Método 1: Estimativa da produtividade de milho por hectare de forma simples

Para te ajudar nesse método, fizemos uma planilha para automatizar a estimativa de produtividade de milho. Você pode baixá-la gratuitamente clicando na imagem abaixo:

Agora, veja o passo a passo desse método.

Passo 1: Colete algumas espigas de sua lavoura

Recomendamos pelo menos 1 planta a cada 2-6 hectares, sempre lembrando de manchas de solo.

Se você possuir um mapa de produtividade, melhor ainda.

Aproveite as manchas desse mapa para direcionar sua coleta de plantas. Assim você pode estimar sua produtividade nessas diferentes partes de sua propriedade.

Para cada mancha de solo, de produtividade ou talhão, você vai utilizar a fórmula a seguir.

Por isso, é importante que você identifique as plantas coletadas em cada uma dessas diferentes partes da fazenda.

Achou trabalhoso? Você pode pedir para sua equipe coletar essas espigas ao realizar qualquer atividade de rotina. Por exemplo, no monitoramento de pragas do milho, aplicação de defensivos, etc.

Passo 2: Calcule o peso médio de grãos de cada uma delas

Retire os grãos de milho da espiga e saiba o peso por espiga.

Anote os resultados e faça a média do peso. Para isso, some os valores e divida pela quantidade de espigas utilizadas. Exemplo:

  • Espiga 1= 175 g; 
  • espiga 2= 169 g; 
  • espiga 3= 162 g; 
  • espiga 4= 172 g; 
  • espiga 5= 180 g; 
  • espiga 6= 174 g; 
  • espiga 7= 183 g.

O peso médio dos grãos é a soma de todos os pesos dividido pela quantidade de amostras = (177 + 179 + 176 + 173 + 181+ 174 + 185) / 7

Ou seja, o peso médio dos grãos nesse exemplo é 178 g.

Passo 3: Saiba a população de plantas da área

Se você não tem esse dado em seu planejamento agrícola, também é possível descobrir:

  • Conte quantas plantas existem em 10 metros de linha da lavoura em uma parte homogênea da área;
  • Divida esse número por 10 e você terá o número de plantas por metro linear;
  • Divida 10.000 (valor de m², correspondentes a 1 hectare) pelo espaçamento da sua lavoura (em metros);
  • O resultado dessa divisão deve ser multiplicado pelo número de plantas por metro linear. Assim você terá a população de plantas por hectare.

Veja um exemplo para ilustrar:

O número de plantas em 10 metros da minha lavoura foi de 50 plantas. Então, divido 50/10. O resultado é 5 plantas por metro linear.

O espaçamento da minha lavoura é de 90 centímetros (0,9 m). Então, basta calcular 10.000 dividido por 0,9. O resultado é 11 111,11.

Agora, basta multiplicar o número de plantas por metro linear (5) pelo resultado da divisão acima. Ou seja, 5 x 11 111,11 = 55 555,55.

Assim, a população da minha lavoura de milho é de 55 555,55 plantas por hectare.

Passo 4: Utilize a fórmula de estimativa da produtividade de milho por hectare

Após ter o peso médio de grãos de cada espiga, basta multiplicar pelo número total de plantas encontradas no talhão. 

Veja o exemplo:

  • Peso médio dos grãos: 185 g = 0,175 kg
  • População de plantas: 55.555,55 plantas/ha
  • Produção estimada = 0,178 x 55.555,55
  • Produção estimada = 9.888,9 kg/ha

Lembre-se de considerar a umidade do milho. Afinal, a comercialização é feita com grãos que estejam o mais próximo de 13% de umidade.

Se a umidade estiver muito maior que isso, será necessário descontar a umidade. Isso é possível através da conta:

  • Umidade dos grãos em campo (Uc) = 23 %
  • Umidade desejada (Ud) = 13 %
    • Peso com umidade corrigida x peso de campo × [(100 – Uc) ÷ (100 – Ud)]
    • Pcu = 9888,9 × [(100 – 23) ÷ (100 – 13)]
    • Pcu = 8.752,2 kg/ha

>> Leia mais: “Não erre mais: tudo o que você precisa saber para a compra de sementes de milho

Método 2: Baseado no cálculo “Corn Yield Calculator” da Universidade de Illinois

Passo 1: Conte o número de espigas em 4 m²

Dependendo do espaçamento da sua lavoura, você deve medir o comprimento para resultar em 4 m². Depois, deve contar as espigas das plantas presentes em duas linhas.

tabela que mostra como calcular a quantidade de milho por hectare

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Guarde esse dado de quantidade de espigas, pois usaremos mais tarde.

Passo 2: Conte as fileiras das espigas

Escolha três destas plantas e colete as espigas que considere representativas da área. Conte o número de fileiras de grãos e o número de grãos por fileira de cada espiga.

Mas, atenção! Desconsidere os grãos da extremidade que sejam menores que a metade do tamanho de um grão normal.

Passo 3: Utilize a fórmula de produtividade de milho

Com todos esses dados em mãos, utilize a fórmula para cada uma das 3 espigas:

Cálculo de quantidade de milho por hectare

(Fonte: Tiago Hauagge em Pioneer Sementes)

Feito isso, calcule a média de produção estimada das três espigas.

Assim, você terá a estimativa da produtividade para aquela região da propriedade que você coletou as espigas.

Passo 4: Repita as etapas em vários pontos do talhão

Para ter uma estimativa melhor da produção de milho por hectare, o ideal é repetir esses passos em vários pontos.

Novamente, mapas de solo e de produtividade podem te ajudar a direcionar esses pontos de coleta. Calcule a média dos resultados para estimar a produtividade final da área.

Método 3: Recomendado pela Emater

Passo 1: Conte o número de espigas em 10 metros

Escolha um ponto representativo da área. Faça a medição de 10 m de linha e conte as espigas. Guarde esse dado para utilizar depois. 

Passo 2: Tenha o peso de grãos de 3 espigas

Naqueles 10 m, escolha 3 espigas representativas da área. Pese seus grãos e faça a média como apresentado anteriormente.

Passo 3: Utilize a fórmula

A produtividade de milho por hectare estimada é obtida pela seguinte fórmula:

  • Produtividade (toneladas/ha) = [(NE x P) / EM] / 1000
    • NE = número médio de espigas em 10 m lineares
    • P = Peso médio de grãos por espiga
    • EM= espaçamento entre linhas (m)

Lembre-se de verificar a umidade dos grãos e corrigir o peso!

Para melhorar a estimativa, é interessante repetir esses passos em vários pontos da área. 

Agora que você já sabe como prever a sua produção de milho por hectare, é preciso saber seus custos por hectare.

É necessário ter um equilíbrio entre o que foi produzido e o que foi gasto. Isso resulta no lucro bruto da colheita do milho.

Custo de produção de milho por hectare

De acordo com a Conab, a produtividade média de milho no Brasil foi de 4.366 kg/ha na safra 2020/2021. O Brasil é o terceiro maior produtor de milho do mundo, com estimativa média de produtividade do nosso país de 5.443 kg/ha

Isso nas três épocas de produção, com aumento crescente da produção.

produção de milho no Brasil de 2015 até 2022

Produção de milho brasileira

(Fonte: Conab)

A expectativa é que, mesmo que o custo tenha subido, ocorra um aumento de 6,5% da área plantada. Isso acontece devido a alta de preço de comercialização desse cereal.

Vários fatores interferem no custo de produção do milho. Entretanto, há grandes aumentos dos preços dos insumos, o que reflete diretamente no custo de produção.

Nos últimos anos o custo foi aumentando. Hoje, quem produz milho deve planejar corretamente seus gastos e prever sua produção. Assim é possível saber qual valor mínimo de venda.

Sabendo o custo correto de produção, você consegue saber por qual preço compensa realmente vender sua produção. 

Na safra 2015/16, por exemplo, muitos produtores anteciparam a venda de até 70% da produção do milho para cobrir seus custos.

Mas as condições climáticas daquele ano não ajudaram. A produção acabou não sendo a estimada.

Por isso, o preço aumentou e muitos produtores não tinham milho para aproveitar esse momento.

É daí que vem a importância de saber seu custo de produção, a margem de lucro esperada. 

Além disso, ter atenção constante ao preço é essencial para ter maior poder de negociação. E não esqueça de ficar de olho no clima. Condições como a geada no milho podem ter muito impacto nos seus resultados.

Importância de conhecer a produtividade de milho por talhão

Conhecer todos os desníveis de sua propriedade, o histórico de mancha de solo, pragas e doenças é essencial. Saber qual talhão é mais produtivo também.

Existe variabilidade em toda a área. Isso causa níveis diferentes de produção em cada talhão. Conhecer todos esses detalhes é fundamental para o planejamento, e exigirá de você o uso da agricultura de precisão.

Devido a essas diferenças, a produtividade de uma cultura pode ser bem mais baixa ou mais alta do que esperado.

Para essa tarefa, você pode contar com um aplicativo de gestão rural, como o Aegro. Assim, é muito mais fácil conhecer a sua lavoura e manter um histórico completo de cada talhão.

Rentabilidade por talhão com o Aegro

Com Aegro, você sabe sua rentabilidade por talhão de modo simples e fácil

Ter essas informações centralizadas em um só aplicativo pode facilitar muito o seu manejo e sua estimativa de produtividade.

Esse pode ser o seu diferencial para sair na frente da concorrência.

Da safra à safrinha de milho, alcance mais produtividade com Aegro. Ao lado do texto, duas mãos seguram grãos crus de milho.

Conclusão

A previsão da produção te possibilita saber quais as necessidades futuras de transporte e armazenamento do produto. O mesmo vale para prováveis ganhos na sua comercialização.

Existem diferentes métodos para estimar a produtividade de milho por hectare. Cabe a você escolher qual se adequa mais à sua realidade.

Para um controle real do lucro, é preciso saber também seu custo de produção por hectare. A tecnologia de aplicativos de gestão rural como o Aegro deixam essas informações mais acessíveis a você e à sua equipe.

Aproveite todas as dicas e os métodos do artigo para melhorar ainda mais o seu negócio! Boa colheita!

Gostou do texto? Usa algum outro método de estimativa de produção de milho por hectare que não citei aqui? Deixe seu comentário abaixo!

Foto da redatora Carina, no meio de uma plantação

Carina é engenheira-agrônoma formada pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), mestre em Sistemas de Produção (Unesp), e doutora em Fitotecnia pela Esalq-USP.

Comentários

  1. Celso bottcher disse:

    Muito bom…com toda certeza ajuda muito no dia dia.estas informações….aqui na fazenda já colhemos 150 hectares das 1450

    1. Obrigada Celso! Espero que tenhamos lhe ajudado! Boa colheita! Grande abraço!

  2. Luciano Rios dos Santos disse:

    Sou produtor de Flores, em Holambra, e comprei 15 hectares em Artur Nogueira, cidade vizinha..vou plantar 5 hectares de milho, meu primeiro plantio de milho..gostei muito da ajuda.. Obrigado.. abraços
    Luciano Rios dos Santos

    1. Jackellyne disse:

      Ola Luciano! Estamos na torcida para que sua lavoura gere bons lucros. Abraços!

  3. Jose Abdenes de Jesus disse:

    Muito eficaz posso esta passando esses métodos para muitos agricultores principalmente os agricultores familiares. Muito bom mesmo.
    Jose Abdenes de Jesus – Pininho

    1. Jackellyne disse:

      Ola José!
      É isso ai, espalhe pra todo mundo as dicas, isso ajuda muito a prever a produtividade e é acessível a todo o tamanho de propriedade.

  4. Cléber disse:

    Em que fase da cultura do milho calculo a produtividade.

    1. Jackellyne disse:

      Ola Cléber, o ideal é quando o milho atingir sua umidade ideal, em torno de 13%. E, na maioria dos casos isso é antecipado, basta fazer a secagem dos grãos, ou, fazer o cálculo quando o grão estiver no ponto de colheita (espiga se desprende com facilidade da planta, e na ponta do grão tem a coloração preta).

  5. Geraldo Santos disse:

    boa noite, gostaria de saber quantas toneladas de milho ou soja posso colher hectares e também o valor de cada ,
    se uma carreta carrega em media 55 toneladas quanto custa uma carreta fechada seja de milho ou soja

  6. Geraldo Santos disse:

    boa noite, gostaria de saber quantas toneladas de milho ou soja posso colher por hectares e também o valor de cada ,
    se uma carreta carrega em media 55 toneladas quanto custa uma carreta fechada seja de milho ou soja

  7. Bom dia, gostaria de saber se posso utilizar a planilha de estimativa de produção de milho para outras culturas, soja, trigo

    1. Raíssa Natasha Ciccheli disse:

      Bom dia, Cristiane
      Sou da comunicação da Aegro.
      Essa planilha é específica para a cultura do milho, mas temos uma para a cultura de soja também: https://conhecimento.aegro.com.br/planilha-produtividade-soja
      E outra para o controle de custos da safra: https://conhecimento.aegro.com.br/planilha-controle-custos-safra

      Obrigada por nos acompanhar,
      Abraço!

  8. Luciano Simões Lemos disse:

    Ola muito boa noite, incorporei-me recentemente a esta página e em realidade me está servindo de muita ajuda tudo quanto se tem ensinado aqui.

    Deus os abençõe…..

  9. Moacir Gomes de Lima disse:

    UGostei,foi muito bom obter essas informações estou ingressando na área agrícola estou certo que vai me ajudar muito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.