Atualizado em 23 de setembro de 2020.
Agricultura de precisão: saiba como aplicar os conceitos corretamente em sua lavoura e rentabilizar mais.

Você se lembra da primeira vez que ouviu falar em agricultura de precisão (AP)? Hoje, 84% dos produtores já utilizam tecnologias digitais no dia a dia do campo. 

No entanto, provavelmente você já ouviu falar de “comprar gato por lebre” dentro da agricultura de precisão.

Os conceitos de AP são relativamente novos aos agricultores e a cada dia surgem novas ferramentas e aplicativos que podem ser utilizados nas lavouras.

Por isso, hoje vou falar sobre tudo o que você precisa saber sobre agricultura de precisão:

O que é agricultura de precisão?

Agricultura de precisão é um conceito de manejo diferenciado das lavouras, que entende as desuniformidades presentes nas áreas e busca melhor explorá-las, visando retornos econômicos e sustentáveis.

Uma vez que você entende que as lavouras não são uniformes, são necessários ferramentas e sensores para identificar as causas e explorar melhor cada porção dos talhões.

demonstrativo de agricultura de precisão com uma ilustração da BullGreen

(Fonte: imagem do autor)

As desuniformidades podem ser ocasionadas por manchas de solo, fertilidade, fatores físicos ou químicos, água, pragas e doenças entre inúmeros outros.

Agricultura de precisão também significa trabalhar levando em conta a sustentabilidade do sistema. O que eu quero dizer com sustentabilidade é minimizar os impactos e desperdícios, maximizando os ganhos (de produção agrícola, de finanças e ambientais).

Uma vez que você aplica os insumos no lugar correto, no momento ideal e na dose correta, o manejo em campo é otimizado.

Se você quiser entender mais sobre o que é AP e como pode te ajudar, recomendo este artigo: “Guia absolutamente completo sobre agricultura de precisão na Pré-Safra”.

Manejo convencional x agricultura de precisão

A agricultura de precisão possui inúmeras vantagens em relação ao sistema convencional de manejo.

Na agricultura convencional, os fertilizantes e insumos são aplicados igualmente em toda a área, com base em uma amostragem média para os talhões ou até para toda a fazenda.

Já com agricultura de precisão, temos diversas informações que auxiliam na tomada de decisão, permitindo aplicar somente o necessário em cada pedaço da propriedade. Isso gera vários benefícios como:

Vantagens da agricultura de precisão

  • mais segurança na tomada de decisão;
  • economia de insumos;
  • visualização detalhada da propriedade;
  • economia financeira;
  • economia de recursos;
  • melhoria das atividades agrícolas;
  • maior controle da fazenda.
vantagens da agricultura de precisão em um infográfico.

Dificuldades em se praticar AP

Os conceitos de AP são relativamente novos aos usuário. Com o crescimento de aplicativos, empresas de consultoria e plataformas, muitas vezes acaba-se sem saber o que usar na fazenda.

Além disso, a falta de pessoas capacitadas e gestores com conhecimento do ciclo da AP acarreta em aplicações erradas e falta de aproveitamento das funcionalidades disponíveis. 

A dificuldade em processar os mapas ou interpretar as informações geradas e criar recomendações aplicáveis ainda faz com que muitas fazendas optem pelo sistema convencional.

Ferramentas da agricultura de precisão

Muita gente confunde agricultura de precisão com somente o GPS, piloto automático ou até mesmo drones. Todas estas tecnologias são ferramentas de AP nas fazendas.

Os conceitos de AP englobam todo uma mentalidade de melhorias nos manejos e em todas as operações da cadeia produtiva. 

Algumas das tecnologias para levantamento de dados e aplicações em campo envolvendo conceitos de AP são:

  • piloto automático;
  • semeadora a taxa variável;
  • distribuidores de fertilizantes, corretivos e defensivos agrícolas a taxa variável;
  • monitor de colheita;
  • drones para coleta de imagens;
  • sensores;
  • barra de luz, etc.
Ferramentas para Agricultura de Precisão em um infográfico

A cada dia surgem novas plataformas, tecnologias e sensores que auxiliam na coleta, interpretação e aplicação correta dos insumos no campo.

Por meio desses equipamentos são entendidas as variações da propriedade, fazendo aplicação de insumos onde eles são realmente necessários, evitando gastos desnecessários.

Falando em gastos desnecessários, aqui vão 5 dicas infalíveis para uma boa aplicação de defensivos agrícolas.

Agricultura de precisão é cara?

Agricultura de precisão é um conceito de manejar melhor as propriedades entendendo a variabilidade presente e pode ser feita até com ferramentas gratuitas como o QGIS ou imagens de satélites.

É evidente que existem muitas plataformas e aplicativos que são pagos, elevando os custos de produção. Mas, para saber se o seu custo compensa, você precisa analisar sua propriedade e suas finanças.

Se você não sabe nem por onde começar essa análise, recomendo fortemente a leitura dos dois artigos que mostram de forma fácil e simples como fazer isso:

Uma gestão eficiente te dará segurança para tomar a decisão de quando e quais ferramentas de AP usar.

O que a agricultura de precisão pode fazer

Considerando que a área não é uniforme, com as ferramentas da AP e uma dose de tecnologia, seguem alguns mapeamentos e levantamentos de informação que podem ser feitas na sua fazenda:

  • mapas de infestação de insetos para pulverização;
  • mapas de irrigação;
  • semeadura a taxa variável;
  • mapas de solo para aplicação de fertilizantes;
  • criação de unidades de gestão diferenciadas;
  • levantamento de áreas degradadas;
  • quantificação de biomassa das lavouras;
  • estimativas de produtividade;
  • automação de máquinas e processos, etc.
infográfico sobre agricultura de precisão

Com uso de sistemas de posicionamento global, como o GPS ou Glonass, Galileu, entre outros, você pode fazer aplicação de insumos a taxa variável utilizando AP.

Os insumos que podem ser aplicados em doses variadas podem ser:

  • sementes;
  • herbicidas;
  • princípio ativo;
  • macro e micronutrientes;
  • agentes biológicos;
  • água (irrigação), entre outros.
ilustração que mostra aplicação de Fertilizantes com uso do Aegro - agricultura de precisão

Mapas de colheita na agricultura de precisão

Os mapas de colheita, ou mapas de produtividade, são muito importantes para o entendimento das lavouras.

É considerado por muitos como o primeiro passo para começar a praticar AP nos talhões, uma vez que esses mapas fornecem informações sobre a variabilidade na produção.

Eles são basicamente arquivos de pontos coletados de acordo com a velocidade de deslocamento da máquina, a largura da plataforma e o tempo de aquisição de dados.

As colhedoras presentes no mercado vêm equipadas com sensores que medem indiretamente a produtividade dos talhões.

Para milho e soja, o sensor mais comum é uma placa de impacto alocada na parte superior do elevador das colhedoras. Essa placa de impacto é semelhante às nossas balanças convencionais.

foto do sensor com placa de impacto alocada na colhedora

(Fonte: John Deere)

À medida em que os grãos são arremessados contra ela, os valores são registrados.  

Junto a este sistema, existe um sensor de umidade com intuito de estimar a produtividade em forma de grãos secos.

Todas estas informações são armazenadas e georreferenciadas, possibilitando o posterior processamento e confecção dos mapas de colheita dessas culturas.

Um passo importante é a correta coleta dos dados para posteriores análises das informações. 

Todos os sistemas devem estar calibrados, como largura da plataforma, placa de impacto e sensores acessórios.

Como utilizar os mapas de colheita

Os mapas de colheita brutos devem passar por uma filtragem prévia. Ou seja, devem ser eliminados alguns dados errados que foram coletados pela falta de atenção dos operadores, calibração inadequada dos parâmetros ou outros fatores.

A limpeza dos dados pode ser feita em planilhas eletrônicas como o Excel, mapfilter, etc. Porém, hoje em dia, existem softwares dedicados a tal função.

O próximo passo é a ida ao campo para entender o porquê dessas variações.

São muitos os fatores que podem explicar locais com altas ou baixas produtividades. Desde fatores físicos, como textura do solo, a atributos químicos, como falta de fertilizantes ou manejo inadequado dos insumos aplicados na área.

Para conhecer os melhores softwares de AP (inclusive alguns gratuitos), leia nosso artigo: “Software para Agricultura de Precisão: O guia definitivo para escolher um”.

Drones na agricultura de precisão

Os drones são boas ferramentas para investigar causas e efeitos do manejo, mapeando e coletando informações da lavoura.

Alguns produtos obtidos por imageamento de drones são:

  • mapas de biomassa da vegetação;
  • mapas de pragas e doenças;
  • monitoramentos das lavouras;
  • contagem de plantas e animais;
  • criação de modelos digitais (MDT, MDE, MDS);
  • curvas de nível;
  • georreferenciamento de imóveis, etc.

Alguns serviços realizados com drones também podem ser realizados por meio de imagens de satélites.

Antes de comprar um drone, vale a pena terceirizar os mapeamentos em uma safra e avaliar se os benefícios obtidos compensam a aquisição de um equipamento.

banner do curso de NDVI na agricultura da Aegro

Eventos de agricultura de precisão que você pode participar

Estar a par dos eventos, congressos e simpósios sobre AP é essencial para aproveitar o máximo de cada tecnologia disponível no mercado.

9 Eventos de agricultura de precisão no Brasil

Anualmente diversos eventos acontecem no Brasil com foco em tecnologias de agricultura digital e conceitos de agricultura de precisão.

Segue alguns eventos nacionais que você pode conferir e ficar por dentro das tecnologias da área:

Eventos de Agricultura de Precisão no mundo

Eventos internacionais que merecem destaque:

  • ICPA, International Conference on Precision Agriculture
  • CLAP, Congresso Latino Americano de Agricultura de Precisão
  • InfoAg

Os eventos trazem palestras e apresentações sobre os mais variados temas da agricultura.  Além disso, proporcionam excelentes trocas de conhecimento e network àqueles que querem trabalhar ou buscar espaço em novos mercados.

Cursos de AP e treinamentos que você pode realizar

Ainda são poucos os cursos e treinamentos de AP disponíveis no mercado.

O curso da Agribase é um que recomendo, vale entrar em contato com o pessoal para buscar informação de novas turmas.

Veja mais cursos de agricultura de precisão neste artigo: “3 cursos de Agricultura de Precisão grátis (+ graduação e pós graduação que você pode fazer)“.

Grupos de estudos de AP

No Brasil, cada vez mais temos novos integrantes e estudiosos da área de Agricultura de Precisão.

Existem inúmeros grupos de pesquisadores, estudantes e associações de AP espalhados pelo país, podemos citar alguns deles como:

Nestes sites podem ser encontrados livros sobre AP gratuitos, teses, trabalhos e dissertações.

Você poderá ver também um vasto acervo sobre os mais diversos temas de Agricultura de Precisão estudados no Brasil e no mundo.

Agricultura de precisão e redes sociais

Além disso, outra ferramenta importante para se atualizar sobre AP são as redes sociais. As páginas e comunidades criam valor e compartilham conhecimento, sendo um jeito simples e fácil de saber mais sobre a AP.

Assim, convido você a curtir e “dar uma olhada” em algumas páginas que gosto muito.

A primeira delas são as minhas redes sociais pessoais – Facebook (Luis Gustavo Mendes) e instagram (@luisgustavooguia), onde publico e ensino diariamente conteúdo referente à agricultura de precisão aplicadas às fazendas e ao empreendedorismo.

Outra delas é a AAP – Agricultura de Alta Precisão (Sociedade/Comunidade). AAP nasceu com o intuito de conectar o setor, melhorar conhecimentos, e levantar a bandeira que o uso da tecnologia na agricultura dá certo quando se seguem critérios.

Outra página que indico muito é a Agricultura de Precisão Brasil, que você pode curtir e ficar por dentro de tudo o que está acontecendo na área.

Livros de AP que você não pode deixar de ler

Conclusão

A Agricultura de Precisão possui inúmeras ferramentas que podem auxiliar na hora da tomada de decisão.

Frente à necessidade de melhor aproveitamento e uso mais eficiente dos insumos, a AP ganha força no agronegócio.

Aqui você entendeu como tudo isso funciona, quais suas vantagens e desvantagens, além de saber sobre as ferramentas, cursos, eventos e até páginas do facebook sobre o assunto.

Cada dia temos mais adeptos aos conceitos da AP no Brasil e no mundo e, certamente, muitas fazendas otimizando seus manejos. É a tecnologia a serviço da agricultura brasileira!

Você utiliza alguma ferramenta de agricultura de precisão em sua fazenda? Restou alguma dúvida? Adoraria ver seu comentário abaixo!