O Blog da Aegro sobre gestão no campo e tecnologias agrícolas

O Blog da Logo da Aegro
Foto de plantação de milho, com milho maduro em foco

Aumente a produtividade da plantação de milho (+8 materiais gratuitos)

- 29 de março de 2019

Atualizado em 18 de abril de 2022.

Plantação de milho: conheça os sistemas de cultivo, densidade, manejo da lavoura e outros pontos importantes para maior rentabilidade

A safra de milho 2021/22 deve alcançar 116,2 milhões de toneladas, um recorde de produção estimado pela Conab, o que mantém o Brasil como um dos principais produtores do grão no mundo.

Enquanto isso, os gastos totais para a próxima safra de milho nas lavouras com alta tecnologia podem chegar a R$ 5.434 por hectare, segundo dados do Imea (Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária).

Alcançar uma boa produtividade é essencial para ‘diluir’ esses custos. Assim, você corre menores riscos de prejuízo, especialmente na safrinha.

A seguir, saiba como obter melhor produção na safra verão e safrinha. Confira!

O que considerar antes de começar a plantação de milho

Antes de começar o plantio, você precisa fazer um planejamento agrícola bem feito. Isso envolve tomar decisões importantes, como época e tipo de plantio.

Qual a melhor época para plantar milho?

O primeiro passo é definir se irá plantar safra e/ou safrinha.

A época do plantio do milho safra (ou safra de verão) depende do seu Estado:

  • Centro-Oeste: até outubro ou novembro;
  • Sudeste: até outubro ou novembro;
  • Sul: final de agosto;
  • Nordeste: janeiro.

A segunda safra é chamada de safrinha por não ser plantada em um período ideal para a cultura. A melhor época de plantio, para qualquer Estado, é sempre logo após a colheita do milho safra. Isso garante maior produtividade na safrinha.

Nesse período, pode ocorrer déficit hídrico. O ciclo do milho safrinha também pode ser prolongado por haver menor insolação em algumas regiões no país.

Normalmente, não existe diferença entre o ciclo do milho safra e safrinha. O que pode ocorrer é um prolongamento do ciclo devido às condições climáticas.

plantação de milho

Fases de desenvolvimento do milho 

(Fonte: Pioneer Sementes)

Processo de irrigação

Em seu planejamento, você precisa considerar se haverá necessidade de irrigação na lavoura de milho para sua região. Também vale verificar o custo que terá com essa atividade.

Faça isso através de uma boa análise das previsões climáticas durante o período do milho na lavoura. Isso evitará, por exemplo, que você planeje irrigações demais em períodos de muita chuva.

Métodos de plantio de milho: plantio convencional ou plantio direto?

O sistema de Plantio Direto visa um menor revolvimento do solo e mantém o máximo de resíduos das culturas anteriores.  Isso deixa o solo rico em matéria orgânica.

Com isso, o solo fica coberto, há menor erosão e maior fertilidade. Mas como definir qual sistema de plantio é mais vantajoso para sua lavoura?

Se optar pelo Plantio Direto, lembre-se que a área sempre necessita estar coberta. Você precisará de culturas de cobertura. Caso opte pelo plantio convencional, precisará planejar todas as atividades de preparo do solo e ainda pensar em sua conservação.

Por isso, a escolha de qual sistema utilizar na produção de milho depende muito de quem produz e da tecnologia empregada na lavoura.

plantação de milho

Sistema de plantio direto pode ser feito na cultura do milho

(Fonte: Cerrado Rural)

Agora que falamos sobre as épocas de plantio de milho e sistemas de cultivo, veja como ter maior produção e lucro na plantação de milho.

9 passos para ter uma plantação de milho de sucesso

Para garantir um milharal de sucesso, você precisa se atentar a vários detalhes:

1. Densidade populacional

No Brasil, a densidade de plantas varia de 30 mil a 90 mil plantas por hectare. Ao elevar essa densidade, você vai observar aumento da produtividade (Kg/ha) até certo ponto.

A partir deste ponto ótimo, as plantas de milho começam a competir entre si por espaço, luz, água e nutrientes. Isso resulta na diminuição da produtividade.

Vários fatores interferem nessa densidade populacional ótima, especialmente:

  • Características dos híbridos;
  • Condições ambientais;
  • Condições de manejo.

2. Espaçamento ideal

O espaçamento convencional varia de 80 cm a 90 cm. O espaçamento reduzido, de 45 cm a 50 cm. Esse é o mais utilizado atualmente.

3. Profundidade

A profundidade de plantio das sementes de milho varia em relação ao solo.

Em solos arenosos, é recomendável profundidade de 5 cm a 8 cm. Em solos argilosos o plantio é feito em profundidade de 3 cm a 5 cm.

4. Temperatura

As temperaturas ideais do solo para a germinação adequada do milho devem estar entre 25 °C e 30 °C. Temperaturas menores que 10 °C ou maiores que 40 °C são prejudiciais à germinação.

5. Velocidade da semeadura

A semeadura do milho também tem especificidades. A velocidade ideal de semeadura é de 10 km h-1 em semeadoras a vácuo. Em semeadoras de discos, a velocidade ídeal é 4 a 6 km h-1.

6. Condições climáticas

Dependendo da época de plantio, a cultura do milho estará exposta condições climáticas diferentes.

Por exemplo, o milho safrinha pode sofrer com déficit hídrico e com a menor luminosidade. Isso estende seu ciclo de cultivo, mesmo para milho verde.

Por isso, dependendo da época de plantio e das cultivares de milho, há um manejo diferente. Fique de olho nas condições meteorológicas da sua região.

Também defina se precisará fazer o plantio de milho irrigado na safrinha.

7. Análise de solo e adubação

Você precisa fazer a análise de solo para identificar a fertilidade e as necessidades do solo local.

Assim, com a interpretação dos dados da análise, é definido o que precisa ser feito na área. Por exemplo:

A adubação também depende da produtividade esperada. Ou seja, depende da exportação de cada nutriente retirado do solo para produzir o grão e do histórico das culturas anteriores.

Lembre-se que o nitrogênio é muito importante para a cultura do milho. Sua deficiência pode comprometer a produtividade.

8. Manejo fitossanitário

Monitore a sua lavoura frequentemente! Fique de olho em possíveis doenças, pragas e plantas daninhas. Isso te ajuda a definir o momento ideal de realizar o manejo fitossanitário na sua lavoura.

Várias doenças podem ocorrer na cultura do milho. Por exemplo:

Por isso, é essencial fazer o monitoramento da cultura. Fique sempre de olho nas condições ideais para a ocorrência das doenças.

Ferrugem do milho

Sintomas e condições ambientais favoráveis às principais doenças do milho

Também fique de olho nas pragas comuns na cultura do milho, como a lagarta-do-cartucho. Por isso, não deixe de considerar o Manejo Integrado de Pragas (MIP) na sua lavoura.

9. Sementes resistentes

Usar variedades resistentes pode evitar diversos problemas na lavoura. Uma estratégia válida é a utilização de híbridos de milho com a tecnologia VTPRO4. Essa variedade protege o milho contra:

  • Lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda);
  • Lagarta-da-espiga (Helicoverpa zea);
  • Lagarta-elasmo (Elasmopalpus lignosellus);
  • Larva alfinete (Diabrotica speciosa);
  • Lagarta-rosca (Agrotis ipsilon);
  • Broca-do-colmo (Diatraea saccharalis).

Além disso, variedades resistentes oferecem maior flexibilidade no controle de plantas daninhas. Lembre-se que as plantas daninhas interferem muito na produtividade do milho. 

Elas podem reduzir o rendimento da cultura em até 70%, dependendo da espécie, estádio fenológico, condições meteorológicas, tipos de solo e outras.

>> Leia mais: “Como fazer o manejo de herbicida para milho

Qual o ponto ideal de colheita do milho?

Após atingir a maturidade fisiológica o milho pode ser colhido. Para reconhecer o ponto de maturidade fisiológica, você deve se atentar a dois aspectos visuais do grão.

  • O avanço da linha de leite até a ponta do grão;
  • A formação de uma camada negra na inserção do grão no sabugo.

A colheita deve ser realizada quando os grãos atingirem umidade inferior a 16%. Se estiver com dúvidas quanto a umidade dos grãos, retire amostras e leve até um laboratório.

Além disso, vale lembrar que a colheita do milho da safra verão deve ser realizada o mais rápido possível.

planilha de planejamento da safra de milho

Gestão da lavoura de milho

Ser eficiente na agricultura é muito importante para o sucesso do agronegócio. Isso te dá lucros e rendimentos com a atividade.

Quando você pensa em eficiência, pode pensar em produzir certa quantidade de grãos, por exemplo. Mas você sabe ao certo qual é essa quantidade para ser eficiente?

Para chegar a essa quantidade, primeiramente você tem de realizar a gestão da sua lavoura.

Com a gestão da sua propriedade rural, você determina quais foram os gastos com a lavoura. Também descobre o valor de venda do grão e quanto lucro pretende obter.

Dessa forma, você consegue mensurar a quantidade que precisa produzir para pagar todos os gastos e registrar lucro.

Para esse gerenciamento, você pode utilizar planilhas ou softwares agrícolas. Eles te ajudam a analisar as informações da fazenda, melhorando a tomada de decisão!

plantação de milho

Com Aegro você consegue fazer a gestão da sua fazenda e visualizar a rentabilidade da lavoura

Saiba mais sobre o software agrícola aqui

8 materiais gratuitos para te ajudar na plantação de milho

E-books

1. Guia definitivo do planejamento agrícola para milho e soja: veja sobre as principais informações para seu planejamento da safra de milho e soja.

2. Guia de manejo do milho: saiba como melhorar o manejo do milho desde o plantio até a colheita.

Planilhas

3. Estimativa de produtividade do milho: estime a produtividade antes da colheita, apenas coletando algumas plantas.

4. Controle da cigarrinha-do-milho: liste produtos para controle biológico e químico, com suas respectivas recomendações gerais.

5. Manejo Integrado de Pragas: veja o nível de controle para cada praga de soja e milho em relação à sua área, sabendo quando pulverizar.

6. Planejamento da Safra de Milho: monitore e planeje sua lavoura de milho a partir do ciclo da cultivar e da época do plantio. Você também pode obter a previsão das atividades da lavoura, como data de adubação, plantio, aplicação de fungicida e herbicida.

7. Planilha para adubação do milho: adicione os dados da análise de solo e a planilha fará o resto para você!

Webinar

8. Tudo o que você precisa saber sobre plantas daninhas na 2ª safra de Milho: nesse webinar, o Prof. Dr. Pedro Christoffoleti explica as principais boas práticas para manejar as plantas daninhas na safrinha de milho.

Da safra à safrinha de milho, alcance mais produtividade com Aegro. Ao lado do texto, duas mãos seguram grãos crus de milho.

Conclusão

Neste artigo, você viu sobre como ter uma boa produção e lucro com a lavoura de milho.

Fique sempre de olho nas etapas dos 6 passos importantes para sua plantação de milho. Fazer um bom planejamento agrícola é essencial.

Com essas informações, você certamente vai conseguir uma boa produção e rentabilidade em sua lavoura!

>> Leia mais:

Como produzir 211 sacas de milho por hectare com gestão agrícola

Principais e melhores manejos na dessecação para pré-plantio de milho

Qual a época e sistema de cultivo em sua plantação de milho? Você realiza gestão agrícola? Adoraria ver seu comentário abaixo!

redatora Denise Prevedel

Atualizado em 18 de abril de 2022 por Denise Prevedel.

Denise é engenheira-agrônoma e mestra em agronomia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Doutoranda em agronomia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Comentários

  1. João Francisco Ramos Favacho disse:

    Fazemos o plantio do milho, aqui na região norte no municipio de Paragominas Pará, em janeiro e o sitema é Ilp para produção de silagem de planta inteira e grão pra ração pro gado na confinamento.

    1. Maria Cleide disse:

      Que legal.Parabéns.

      1. Gressa Chinelato disse:

        Ola Maria, fico feliz que gostou do texto. Não deixe de acompanhar nossas publicações. Abraço

    2. Maria disse:

      Sou da região de Paragominas, muito interessante esse plantio.

    3. Douglas Assunção disse:

      Muito interessante e didatico o artigo. Apesar de nao se aprofundar nos PT
      problemas relacionados ao plantio do milho, traça um roteiro minimo a ser seguido para a obtençao de exito com a lavoura, tanto de grandes quanto de medido e pequenos lavradores.

  2. Gressa Chinelato disse:

    Olá João, muito interessante o sistema que vocês utilizam! Obrigada por acompanhar o blog e uma boa safra de milho! Abraços

  3. Gostaria de agradecer pelas dicas de produção de milho e maneio integrado de pragas.
    Continue dando este apoio para que possamos melhorar a produtividade e tornar o produtor sustentável.
    Abraço fraterno de Matos – Moçambique

    1. Gressa Chinelato disse:

      Ola Valdemiro, fico muito feliz que tenha gostado do artigo! Não deixe de acompanhar o blog. Abraços

  4. Luiz Santos disse:

    Será se podemos almejar bater os EEUU em produção?

  5. Nogueira Moisés disse:

    Este testo é mais do que uma formação Agronómica. Muito obrigado.

  6. Mequessone Gabriel Faindane disse:

    Este texto é muito importante graças a formação da aegro estou melhorando a produtividade de milho e soja aqui em Moçambique

  7. Hemiterio disse:

    ola sou angolano e gostaria muito de ter uma uma ajuda externa para poder experimentar o vosso nível de plantação.
    preciso urgente de um tutor com desejo e disponibilidade de ajudar-me

    1. Raíssa Natasha Ciccheli disse:

      Olá, Hemiterio
      Sou da comunicação da Aegro.
      Obrigada por nos acompanhar. Além das dicas aqui do blog, o ideal é busque um auxílio de consultor ou engenheiro agrônomo em sua região.
      Abraço!

    1. Reginalda Maria Pereira Silveira disse:

      Somos do semi arido cearense e na maior parte do ano,a plantação de milho será irrigada.Altas temperaturas , ausência de chuvas e baixa umidade são características do clima.Qual o tipo de semente é o.mais indicado para a produção de milho verde?

  8. São Carlos disse:

    Excelente artigo!
    Super informativo e dicas ótimas!
    Gostei bastante!

  9. Marcos de jesus João disse:

    Boa tarde família este artigo foi excelente me ajudou muito em minha primeira plantação de milho, obrigado e Deus abençoe vcs

  10. Daniel Lira disse:

    Nossa, já sofri muito colhendo milho manualmente.

  11. Antônio Silva Cunha Júnior disse:

    Fiquei super entusiasmado com toda está informação, muito esclarecedor, muito obrigado!!!

  12. Vou plantar milho no meu quintal somente para uso doméstico… Resido em Tupi Paulista/SP. Obrigada pelas orientações.

  13. Sandro disse:

    Boa noite! Estarei fazendo meu primeiro plantio de milho, irei seguir essas dicas.

  14. Ótimo texto minha filha fez um trabalho sobre isso e ela tirou 10! Parabéns

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.