Soja precoce: Qual melhor grupo de maturação para sua área, diferentes tecnologias e outras dicas para o sucesso da lavoura.

Soja precoce é muito utilizada quando queremos fazer o milho safrinha, ou mesmo para tentar escapar da ferrugem-asiática.

Porém, quanto menor o ciclo do cultivo, menor sua capacidade de recuperação após a ocorrência de problemas.  

Por isso, a escolha da cultivar e algumas técnicas de manejo são essenciais para plantar soja precoce com segurança. 

Neste artigo, mostraremos algumas cultivares que você pode usar na lavoura e 7 dicas para melhorar sua produtividade. Confira!

Soja precoce: Grupos de maturação

A soja precoce nada mais é que cultivares que se desenvolvem em um menor período de tempo.

Na prática, são materiais que possuem um ciclo entre plantio e colheita menor quando comparados com outros.

As cultivares de ciclo precoce permitem uma colheita antecipada mantendo a qualidade dos grãos!

Mas, no momento da escolha, é preciso se atentar, pois uma mesma cultivar pode apresentar uma variação de 10 a 12 dias em seu ciclo de uma região para a outra.

Porém, com o lançamento de muitas cultivares, características novas foram surgindo e o termo “precoce” acabou ficando muito generalista e confundindo muitos produtores.

Assim, as cultivares de soja chamadas de ciclo super-precoce, precoce, semi-precoce, médio e tardio vêm sendo substituídas pelos “grupos de maturação”.

Mas, para você não ficar na dúvida, abaixo mostramos o que ciclo precoce, por exemplo, corresponde na tabela de grupos de maturação:

  • Número abaixo de 6.0: super-precoces
  • Número entre: 6.0 a 6.5: precoces
  • Números próximos de 7.0: ciclo normal
  • Até o número próximo ou igual a 10: tardias

De acordo com pesquisadores, essa nova nomenclatura ajuda a escolher as cultivares com melhor adaptação para cada região.

soja precoce

(Fonte: Monsoy)

Olhando o mapa, você consegue visualizar qual o grupo de maturação indicado para sua fazenda. Para isso, é levado em conta o fotoperíodo de cada região.

Em seguida, é só consultar na descrição de sua cultivar se o grupo de maturação que ela pertence é indicada para sua região!

Mas você quer entender na prática como isso funciona? 

Abaixo vamos mostrar algumas cultivares de ciclo precoce e você pode observar isso na descrição da cultivar!

Diferentes cultivares de soja precoce

A chave para o sucesso de sua lavoura é o planejamento. E planejar e analisar qual é a melhor cultivar para sua fazenda é essencial!

Planeje sua semeadura de soja pensando na segunda safra.

E não se esqueça: opte sempre por sementes certificadas, que tem qualidade garantida.

Para te ajudar, abaixo separamos algumas cultivares de soja precoce.

BRASMAX GARRA IPRO (63I64RSF IPRO)

É uma cultivar de soja precoce, que permite a antecipação de semeadura, ampliando a janela de plantio para a segunda safra.

Tem excelente potencial produtivo, inclusive em áreas com incidência a Phytophthora.

Além disso, é tolerante a sulfonilureias, contribuindo para o manejo de plantas daninhas.

Como podemos observar na tabela abaixo, algumas empresas, como a Brasmax, ainda disponibilizam ao produtor as duas nomenclaturas “ciclo precoce” e “grupo de maturação”.

soja precoce

(Fonte: Sementes Maua)

BS 2606 IPRO

É uma cultivar precoce, com grande agressividade radicular, o que possibilita tolerância a períodos de estresse hídrico.

Possui alto potencial produtivo e tolerância ao complexo de podridões radiculares.

NA 5909 RG

Possui alta estabilidade em diferentes ambientes, possibilidade de escalonamento de plantio.

Precocidade e alta produtividade. Além disso, possui uma arquitetura favorável ao controle de doenças.

soja precoce

(Fonte: Nidera)

M5917 IPRO

Possui precocidade com alto teto e ciclo excelente para regiões de safrinha, além de estabilidade produtiva.

Registra melhor desempenho nos ambientes de maior potencial produtivo e tem resistência ao acamamento.

Mostramos aqui, algumas variedades e seus pontos fortes! Para mais opções confira o portfólio das empresas!

Soja precoce: 7 dicas para o sucesso da lavoura

Cultivares precoces são bastante exigentes e o manejo é fundamental, principalmente porque essas plantas possuem pouco tempo para absorção e produção de grãos de qualidade.

Vamos mostrar aqui, algumas dicas para você alcançar altas produtividades.

1º Dica: Realize o tratamento de suas sementes

Essa técnica é forte aliada para o estabelecimento do estande adequado da lavoura, refletindo, é claro, em maior produtividade média.

Antes de escolher quais produtos utilizar, tenha em mãos o histórico da área.

2º Dica: Inoculação de sementes

A utilização de inoculantes reduz a necessidade de fertilizantes químicos, particularmente os fertilizantes nitrogenados.

Além disso, pode aumentar em até 15% a produtividade da soja.

3º Dica: Época de semeadura da soja precoce

Observe as indicações da cultivar escolhida e planeje sua semeadura pensando na segunda safra (como o plantio de milho, por exemplo).

Planejamento é fundamental para o sucesso de sua safra!

4º Dica: Adubação

Realize a análise de solos de sua propriedade para definir a adubação. Não economize aqui. Uma boa adubação irá refletir diretamente em seu rendimento.

5º Dica: Manejo de pragas e doenças

Realize o manejo preventivo e o acompanhamento regular de pragas e doenças.

Qualquer descuido poderá acarretar na perda de produtividade. Utilize manejos alternativos!

6º Dica: Manejo de plantas daninhas

Realize o manejo de plantas daninhas com herbicidas pré e pós-emergentes.

Cuidado com herbicidas que possuam residuais. Eles podem influenciar negativamente a emergência da cultura.

7º Dica: Colheita

Realize o planejamento da colheita de forma que não influencie a semeadura de milho.

(Fonte: Revista Globo Rural)

Conclusão

Neste artigo vimos o que são cultivares precoces de soja e quais as alterações na nomenclatura.

Mostramos as principais variedades de soja precoce disponíveis no mercado.

Você conferiu a importância do manejo em cultivares de soja precoce e algumas dicas para melhorá-lo na lavoura.

Espero que com essas dicas você alcance ainda mais sucesso em sua empresa rural!

>> Leia mais:
Soja RR: Tire suas dúvidas e consiga melhores resultados
Soja convencional: Uma saída para aumentar sua rentabilidade

Você utiliza soja precoce? Realiza o manejo adequado? Deixe seu comentário!