Gerenciamento rural: Entenda como ele pode contribuir para uma fazenda mais eficiente e produtiva!

O setor agropecuário é muito competitivo. Não há espaço para amadorismo.

O produtor rural, que já era muito bom da porteira para dentro, agora tem de ajustar seu sistema de acordo com as exigências da porteira para fora.

Para isso, é fundamental que se tenha uma boa gestão das atividades da propriedade rural.

Reuni algumas dicas que vão facilitar o gerenciamento rural, ajudando a tornar seu sistema mais eficiente. Confira comigo!


Gerenciamento rural: Como funciona o sistema

O cenário em que a produção agropecuária está inserida é complexo.

Temos as propriedades rurais em si, o mercado e os recursos que utilizamos para produzir.

Hoje já não adianta apenas conhecer muito bem o que acontece porteira adentro. É preciso saber o que acontece fora dela também!

Fatores externos à propriedade, como a economia global, câmbio e mesmo as leis e impostos, afetam diretamente o agronegócio brasileiro.

Mais que produzir, precisamos gerenciar e administrar bem essas informações para obtermos os melhores resultados em nossa propriedade.

Muitas vezes isso requer grandes mudanças no sistema produtivo.

Esteja aberto a mudar seu ponto de vista para não ficar para trás!

Um bom gerenciamento rural exige que o modo como se encara a atividade agrícola mude: os produtores rurais devem ver sua propriedade como uma empresa rural.

Aplicando o conceito de empresa rural, seremos capazes de gerenciar todas as atividades e ter controle das finanças.

Além disso, podemos analisar melhor o mercado e avaliar o desempenho da empresa, tornando-a mais eficiente e rentável a longo prazo.

Isso requer um bom gerenciamento rural.

Mas antes de falar do gerenciamento propriamente dito, temos que nos familiarizar com alguns conceitos chave: empresa rural, gestão agrícola e administração rural.

Calma, meus amigos! Parece muita coisa, mas não é! Aqui no Lavoura10 temos muito material para te ajudar, como nos dois textos que sugiro abaixo:

>>“O que é administração rural e como usar em sua propriedade”

>>“Como negociar preços mesmo sendo pequeno produtor através da gestão de fazendas”

Isso vai te ajudar a entender a importância de se organizar e gerenciar para melhorar os resultados de sua empresa rural.

gerenciamento rural
Exemplo de gerenciamento rural fácil e ágil do Aegro

5 maneiras para melhorar seu gerenciamento rural

1. Tenha sempre um bom plano

Nossa empresa rural deve ser dinâmica, como se fosse um veículo em movimento fazendo a rota de entrega.

O planejamento são os detalhes dessa viagem: as rotas disponíveis até o destino, as possíveis paradas, o quanto vamos gastar, o que devemos levar na viagem, etc.

No percurso, podemos errar o caminho ou aparecer um obstáculo na pista e termos que desviar. Nessas horas, conhecer rotas diferentes para chegar ao destino final é importante!

Um bom planejamento faz isso: te mostra os melhores caminhos a seguir e como contornar adversidades caso elas apareçam durante o percurso!

Controle de atividades agrícolas no Aegro
Exemplo de cronograma de atividades dentro do planejamento no Aegro

Mas, para decidir qual caminho é o melhor naquele momento, precisamos de um bom motorista… Por isso:

2. Gerenciamento rural: “você no volante”

O gerenciamento rural permite que você assuma o volante deste veículo. Você passa a controlar cada detalhe da sua empresa durante a jornada até a venda da produção.

Gerenciar é controlar as diversas atividades que compõe o dia a dia de nossa empresa. Faz parte disso manter um histórico detalhado de todos os processos que auxiliem na tomada de decisão.

Em outras palavras: sabendo onde estamos, podemos, então, decidir para onde ir.

Como ao dirigirmos, é necessário prestar atenção ao redor antes de tomar as decisões. Ou seja, ficar atento às coisas que estão acontecendo no ambiente em que sua empresa está inserida.

O modo como o mercado funciona, que produto ele exige e quanto paga por esse produto são coisas que o empresário rural deve se perguntar e entender.

Essas perguntas são importantes para avaliarmos o desempenho da nossa empresa e podem definir tudo que acontece dentro da porteira.

gerenciamento rural
(Fonte: Datacoper)

3. Estoque: O “tanque de combustível” da nossa empresa

De maneira simplificada, o estoque é o tanque de combustível do nosso veículo.

O combustível da nossa empresa são os insumos que utilizamos para produzir: sementes, adubos, produtos fitossanitários, diesel, peças de trator, etc.

Ninguém quer parar no meio do caminho porque acabou a gasolina, não é mesmo?  

Quantidades insuficientes de insumos podem atrasar ou inviabilizar o plantio, a cobertura e os tratos culturais.

É necessário mantermos um estoque organizado e um fluxo de entradas e saídas detalhado: de onde compramos, quanto pagamos, quantidade disponível em estoque e onde estão guardados (qual galpão, por exemplo).

Para te ajudar, vou deixar uma planilha gratuita de controle de estoque para você pôr a mão na massa!

Planilha para controle de estoque da fazenda
Baixe a planilha de controle de estoques aqui!

4. Não deixe para última hora

Com o estoque em ordem, podemos agora planejar melhor as atividades da propriedade, buscando maior eficiência nas operações.

Inicialmente programamos e realizamos a revisão e manutenção do maquinário.

Em seguida, detalhamos o que cada operação irá precisar, desde insumos, máquinas, operadores e época correta de realização.

A ideia é planejar cada operação!

Desse modo, as máquinas ficam prontas para o trabalho e, para cada atividade, a quantidade de insumos e pessoal estará ajustada.

Além disso, as operações ficam organizadas ao longo do ano para que não haja problemas.

Com essas medidas, é possível maximizar a qualidade das operações, o uso de insumos e de pessoal. Evitamos contratempos e gastos desnecessários.

5. Fluxo de caixa: será que a conta vai fechar?

O fluxo de caixa consiste no monitoramento das entradas e saídas de dinheiro do empreendimento.

Voltando à analogia do nosso veículo: precisamos manter um registro de todos os custos e despesas para que eles não sejam maiores que o valor que receberemos pelo frete ao chegar no destino.

A ideia é manter um histórico detalhado do que foi gasto com sementes, adubos, serviços de terceiros, fretes, imposto, entre outros; e do que recebemos pelas vendas de nossos produtos.

Assim podemos elaborar um fluxo de caixa e descobrir se estamos realmente obtendo lucro ou mesmo como reduzir custos.

Separei uma planilha gratuita de fluxo de caixa que, com certeza, facilitará seu dia a dia!

Planilha de fluxo de caixa para fazendas
Baixe a planilha de fluxo de caixa aqui! 

Simplifique seu gerenciamento rural

Existem várias maneiras de realizar o gerenciamento rural.

Podemos anotar em cadernos e planilhas, mas são tantas informações que fica difícil manter organizado. E, pior, fica difícil quando o produtor precisa extrair algo de útil para o futuro da empresa.

Além disso, quando queremos um maior nível de detalhamento, talhão a talhão, por exemplo, a coisa se complica.

Mas um software de gestão agrícola, como o Aegro, facilita esse gerenciamento da nossa empresa rural!

Com ele, conseguimos controlar o estoque detalhadamente, planejar as atividades da fazenda, manter um fluxo de caixa automatizado, a ainda obter relatórios de custos e rentabilidade.

gerenciamento rural
Exemplo de análise de rentabilidade em uma fazenda pelo Aegro

Confira algumas opções para começar a gerenciar sua propriedade com o Aegro agora mesmo:

  • Teste grátis do sistema completo por 7 dias (clique aqui);
  • Aplicativo gratuito para celular Android (clique aqui);
  • Aplicativo gratuito para celular iOS (clique aqui);
  • Utilize seus Pontos Bayer para contratar a versão completa do Aegro (clique aqui).

Conclusões

Conferimos como o gerenciamento rural é fundamental para conduzirmos nossa empresa. E ele não precisa ser um bicho de sete cabeças!

Com um bom gerenciamento, conhecemos a fundo nosso sistema e controlamos cada passo para melhorarmos o desempenho e alcançar nosso objetivo.

Nossa empresa passa a ser mais eficiente e dinâmica, pronta para enfrentar as adversidades que possam surgir.

Você pode começar o seu gerenciamento rural com as planilhas de controle de estoque e fluxo de caixa. Mas vale a pena investir em um software de gestão agrícola para agilizar esses processos na sua fazenda.

>>Leia mais: “Como utilizar a entressafra de maneira produtiva em sua fazenda”

Gostou do texto? Se restou alguma dúvida, deixe nos comentários abaixo que estarei pronto para respondê-la! Grande abraço!